sábado, 30 de novembro de 2019


Gabigol teria recusado proposta do Flamengo e pedido valor astronômico


                           Foto: AFP

A diretoria do Flamengo já começou a se planejar para a temporada 2020. Um dos objetivos é contar com os principais jogadores que participaram da conquista do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. No entanto, o clube ainda não se definiu com Gabigol.

Emprestado pela Inter de Milão ao clube carioca, até o fim deste ano, o artilheiro do Brasil na temporada ainda não está confirmado para o ano seguinte. De acordo com o jornal italiano “La Gazzeta dello Sport”, o atacante recusou a proposta de 4 milhões de euros por ano, feita pelo Flamengo. O valor daria algo em torno de R$ 18,6 milhões anual e R$ 1,5 milhão mensal. Em contraproposta, o portal afirma que Gabigol teria pedido 6 milhões de euros por temporada, o que daria R$ 28 milhões por ano e R$ 2,3 de salário.

O jornal também informou que a Inter de Milão, donas dos direitos econômicos do atleta, pretende adquirir 25 milhões de euros (cerca de R$ 116 na cotação atual) com o artilheiro do Flamengo. A possibilidade de um acordo positivo é pouco provável.

O Dia


Gilmar Mendes libera investigação sobre Flávio Bolsonaro


Em setembro, o ministro teria mandado parar a investigação com base em liminar de Dias Toffoli — Foto: Reprodução


Gilmar Mendes autorizou a retomada da investigação do Ministério Público sobre a suspeita de rachadinha no antigo gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, informa Mariana Oliveira, no G1.

Em setembro, o ministro mandou parar a investigação com base na liminar de Dias Toffoli, de julho, que paralisou todos os inquéritos e processos abertos com base em dados do Coaf — atual UIF — sem prévia autorização judicial.


Com a revogação da liminar de Toffoli ontem, no plenário do STF, cai também a decisão de Gilmar Mendes — foi o que formalizou o ministro em despacho assinado hoje.

“Considerando que a decisão paradigma que estaria sendo descumprida pelo ato reclamado não mais subsiste, não há que se falar em violação à autoridade desta Corte, apta a ensejar o cabimento da presente reclamação”, diz o documento.

O Antagonista.

Governo Federal empenha R$ 50 milhões para Barragem de Oiticica


O Governo Federal empenhou ontem (28), ou seja, garantiu o pagamento de R$ 50 milhões para as obras da Barragem de Oiticica. Os recursos são referentes a emendas parlamentares da bancada federal do Rio Grande do Norte.

A construção do terceiro maior reservatório do estado irá beneficiar aproximadamente 800 mil pessoas em 43 municípios do estado.

“A bancada federal e o governo do Estado estão trabalhando em conjunto para a conclusão dessa obra que irá garantir segurança hídrica. É um empreendimento que sempre esteve como prioridade nas nossas emendas coletivas”, comemorou Rafael Motta, coordenador da bancada.

Fonte: Portal Grande Ponto / Plantão Caicó.



LK MULTIMARCAS



Kit Polo Vip

Camiseta + Bermuda + Necessarie só R$ 99,00 a vista ou vencimento do cartão.

LK MULTIMARCAS
9.9927-8030

Ministério da Saúde: 135 mil convivem com HIV no país e não sabem


As vésperas do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado no domingo (1) o Ministério da Saúde fez um alerta: 135 mil pessoas no Brasil convivem com o vírus HIV e não sabem.

Na avaliação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, houve ganhos importantes nos últimos anos, mas ainda há uma série de desafios. ”Temos uma epidemia estabilizada em torno de 900 mil pessoas com casos de Aids, e podemos observar uma epidemia, principalmente em homens jovens, na faixa etária de 25 a 39 anos. É com essa população que precisamos trabalhar prioritariamente”, disse.

De acordo com os dados apresentados hoje (29), das 900 mil pessoas com HIV, 766 mil foram diagnosticadas, 594 mil fazem tratamento com antirretroviral e 554 mil não transmitem o HIV.


Caso Renata Ranyelle: Jovem baleada com tiro no rosto morre em UTI do HRTM



A vendedora Renata Ranyelle Maciel de Almeida, 23 anos, baleada na cabeça no último sábado (23), em São Miguel, não resistiu e morreu na noite desta sexta-feira (28) na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. 

O caso

Renata Ranyelle foi baleada dentro da loja em que trabalhava no centro de São Miguel, região Oeste do Rio Grande do Norte. Baleada no rosto, a vítima foi levada para o hospital local e depois transferida em estado grave para Mossoró. 

No HRTM, a jovem foi entubada e permaneceu alguns dias aguardando uma vaga na unidade de terapia intensiva (UTI), do hospital. 

Principal suspeito

Apesar do caso ter sido tratado inicialmente por tentativa de latrocínio – roubo seguido de morte –, a polícia mudou a versão após analisar o sistema de segurança da loja. Em um vídeo gravado pelas câmeras de segurança é possível ver que o homem atira na vítima mesmo sem ela ter esboçado reação depois de ter entregado o dinheiro. O criminoso foge sem levar o dinheiro. 

Para polícia, o principal suspeito é o ex-namorado da vítima identificado com Paulo Roberto da Silva. Segundo a investigação, o acusado não teria aceitado o fim do relacionamento.