MEC estuda descartar 2,9 milhões de livros didáticos nunca usados

10:38:00


O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do Ministério da Educação (MEC), quer descartar livros didáticos considerados sem utilidade, que nunca foram entregues a alunos das escolas públicas do País. Com isso, ao menos 2,9 milhões de exemplares, comprados em gestões anteriores, podem ser descartados.

Contando só os 2,9 milhões de livros nunca usados, o gasto estimado é de mais de R$ 20,3 milhões - em média, a compra de cada unidade custa R$ 7. Segundo o Estadão apurou, servidores calculam que o estoque possa ser até três vezes maior.

Fonte: Estadão


Leia Também...

0 comentários