Bolsonaro diz que Brasil pode romper com a OMS

10:27:00




O presidente da República Jair Bolsonaro fez críticas ao trabalho da Organização Mundial da Saúde (OMS) na pandemia e disse que o governo pode deixar a organização, que atuaria, segundo ele, "com viés ideológico". No fim de maio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a saída do país da OMS, congelando repasses que o governo norte-americano faria à entidade. "E adianto aqui, os Estados Unidos saíram da OMS, e a gente estuda, no futuro, ou a OMS trabalha sem viés ideológico, ou vamos estar fora também. Não precisamos de ninguém de lá de fora para dar palpite na saúde aqui dentro", disse Bolsonaro a jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada, na noite desta sexta-feira, 5. O Brasil é visto internacionalmente como exemplo negativo de combate ao coronavírus. Aliado de Bolsonaro, Donald Trump criticou as decisões do país nesta sexta-feira.

@plantaocaico 

Leia Também...

0 comentários