Coronavírus: Prefeitura de Caicó abre Unidade de Referência de Sintomáticos Respiratórios

10:49:00

Na segunda-feira (06), o município de Caicó inaugurou uma Unidade de Referência de Sintomáticos Respiratórios no Centro da cidade. A unidade conta com médicos, enfermeiras e técnicos de enfermagem, um profissional de apoio e um ASG com atendimentos de segunda a sexta das 7h às 17h e já está funcionando no prédio que já funcionou a UNIMED, na Rua Otávio Lamartine.

Nessa unidade serão realizados Testes rápidos, Atendimentos a pacientes sintomáticos respiratórios, Notificações de casos e orientações sobre Covid-19.

De acordo a Técnica da secretaria municipal de Saúde, Redianne Medeiros, o Centro de Referência para o Enfrentamento da Covid-19 é mais um serviço que vem se somar as unidades básicas de Saúde e ao Hospital Regional do Seridó para o atendimento de pacientes com sintomas respiratórios suspeitos de Covid-19. 

O Centro de Referência é do tipo 1, segundo a portaria do Ministério da Saúde e vai funcionar de segunda a sábado, no município de Caicó, sendo que de segunda a sexta, o horário será das 7 às 19 horas, com intervalo entre meio-dia e 14 horas e no sábado, o funcionamento será das 7 às 19 horas. 

O intuito do Centro de Referência de Covid-19 é dar uma retaguarda e reforçar o atendimento com pacientes de sintomas respiratórios leves que já são atendidos nas UBS. A estrutura conta com uma sala de acolhimento, um consultório médico, um consultório de enfermagem, uma sala de coleta de SWAB (serão 60 testes por semana para quem se enquadra no protocolo de teste de SWAB), sala de isolamento com três poltronas para oxigênio e terapia e monitoramento do paciente e uma sala para realização de testagem rápida. 

Em entrevista à imprensa, a secretária municipal de Saúde, Débora Costa, falou sobre o projeto do Centro de Referência de Covid-19. 

“Quando nós pensamos no Centro de Referência foi para tentar tirar um pouco a lotação das nossas unidades de saúde para que elas voltassem a ter os atendimentos normais que a população precisa. O prefeito Batata aceitou custear o projeto com recursos do Município de Caicó e para a nossa surpresa, o Ministério da Saúde passou a custear os centros de Covid-19. Colocamos o projeto no Ministério da Saúde e em menos de uma semana, o projeto foi credenciado e o Município vai receber 60 mil reais mensais para ajudar na viabilidade do Centro e a prefeitura dará sua contrapartida, pois as despesas ultrapassam o montante que será repassado pelo Ministério”, disse a secretária Débora Costa. 

“Queremos agradecer a todos que estão engajados nesse projeto do Centro de Referência de Covid-19, sendo mais uma ação concreta da gestão no enfrentamento ao Coronavírus e que trará um atendimento de qualidade para a nossa população”, afirmou o prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata).
@plantaocaico 

Leia Também...

0 comentários