“Fique em casa” despenca e apoio a volta ao trabalho com máscara atinge 51% entre os jovens

09:05:00


Levantamento do DataPoder360 mostra que mais da metade (51%) dos brasileiros são a favor do retorno dos mais jovens ao trabalho, desde que estejam usando máscaras. É o maior percentual desde abril, quando a divisão de pesquisas do Poder360 começou a série de levantamentos quinzenais sobre a pandemia.

Os que acham que o melhor no momento ainda é que todos fiquem em casa são 40%. Há duas semanas, eram 47%. A taxa se manteve estável de meados de maio até agora, quando houve 1 recuo de 7 pontos percentuais.

A pesquisa foi realizada de 20 a 22 de julho de 2020 pelo DataPoder360divisão de estudos estatísticos do Poder360, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 560 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Conheça mais sobre a metodologia lendo este texto.

ESTRATIFICAÇÃO

Eis os estratos mais e menos favoráveis ao retorno dos mais jovens ao trabalho com máscaras:

  • Quem mais apoia o retorno dos mais jovens ao trabalho: homens (56%); os que têm de 16 a 24 anos (57%); os que estudaram até o ensino fundamental (57%); os moradores da região Sul (67%); e os que ganham até 2 salários mínimos (55%);
  • Quem menos apoia o retorno dos mais jovens ao trabalho: mulheres (46%); os que têm de 25 a 44 anos e os que tem 45 a 59 anos (49% em ambos os casos); os têm ensino superior (35%); nordestinos (43%); e os que ganham mais de 10 salários mínimos (43%).

PODER 360 - @plantaocaico 


Leia Também...

0 comentários