WhatsApp é o aplicativo mais usado pelos brasileiros durante pandemia; Instagram e YouTube vem em seguida

07:35:00




WhatsApp é o aplicativo mais usado pelos brasileiros durante a pandemia; Instagram e YouTube fecham as três primeiras posições
A pandemia provocou um aumento no uso de aplicativos de celulares no Brasil, e um estudo da ESPM aponta quais são os serviços mais populares entre os brasileiros durante o período. Como de costume, redes sociais estão em alta, assim como o consumo de vídeos online.

O WhatsApp foi apontado por 97% dos entrevistados como uma ferramenta fundamental para as atividades diárias durante a pandemia. O aplicativo sempre foi muito popular no Brasil, então a liderança não chega a surpreender. Ainda assim, os números mostram que é muito difícil encontrar alguém que não tenha uma conta no mensageiro.

Em segundo lugar aparece outro serviço pertencente ao Facebook: o Instagram, citado por 88% dos entrevistados. A rede social de fotos vem ganhando diversos novos recursos por aqui nos últimos meses, incluindo uma recém-aberta loja chamada Instagram Shop.

O consumo de vídeo no celular também está em alta na pandemia, com o YouTube sendo citado por 75% dos entrevistados, e a Netflix por 68%. De acordo com o estudo, 77% dos brasileiros assistem vídeos no smartphone como forma de se distrair. Outro serviço de vídeo citado é o Amazon Prime, citado por 24% dos entrevistados.

O estudo ainda mostra que diferentes faixas etárias fazem usos diferentes do celular. Para usuários acima dos 45 anos, a principal função dos aplicativos é manter contato com amigos e parentes, enquanto aqueles entre 25 e 34 anos são os que mais usam o aparelho para pedir comida. Os mais jovens, com até 17 anos, gostam mais de apps para assistir filmes, séries e vídeos em geral.

Os aplicativos mais usados pelos brasileiros na pandemia, segundo a ESPM:

WhatsApp (97%)

Instagram (88%)

YouTube (75%)

Netflix (68%)

Zoom (52%)

iFood (41%)

Amazon Prime Video (24%)

TikTok (23%)

Microsoft Teams (16%)

Olha Digital - @plantaocaico 

Leia Também...

0 comentários