8,6 milhões de pessoas foram excluídas do auxílio emergencial prorrogado de R$ 300

10:20:00


Prorrogado até o fim do ano com menor valor, o auxílio emergencial residual de R$ 300 (R$ 600 para mães monoparentais, deixará de ser pago a cerca de 8,5 milhões de pessoas que tiveram acesso à primeira fase do benefício. São 2,9 milhões que voltarão a receber o Bolsa Família e outras 5,7 milhões que ficaram de fora da base de beneficiário por conta de regras mais rígidas da nova fase. A partir desta quarta-feira, 30, 27 milhões de brasileiros começam a receber o novo valor.⠀
O remanejamento de pessoas para retornarem a receber o Bolsa Família se dá pelo fato de que vários beneficiários receberam normalmente mais do R$ 300 mensais, segundo explicou Pedro Guimarães, presidente da Caixa, durante coletiva nesta terça-feira, 29. O corte de quem passou pelo pente-fino das novas regras do auxílio deve-se ao processo de evolução do benefício, que foi definido durante uma situação emergencial e precisa ser aperfeiçoado para evitar que pessoas não precisam continuem recebendo.

Agência Brasil - @plantaocaico 



Leia Também...

0 comentários