Prefeitura, BID e MDR avançam com projeto de melhoria da mobilidade urbana em Natal

10:51:00


Grupo de Trabalho da Prefeitura de Natal responsável pelo Projeto

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciaram, no dia 26 de outubro, uma iniciativa conjunta para melhorar a mobilidade nas cidades brasileiras. O projeto será implantado em Teresina (PI), Natal (RN), Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF), com base em estratégias de Desenvolvimento Orientado ao Transporte (DOT) pela conexão com corredores de transporte público.

Projeto avança em Natal:

Em Natal coube a Prefeitura Municipal através das equipes da STTU, SEMPLA, SEMURB e SMG elaborar as diretrizes técnicas com as justificativas e áreas integrantes do projeto que em seguida foi remetido ao Ministério do Desenvolvimento Regional onde recebeu parecer favorável no final do mês de novembro e retornou para o grupo de trabalho dá continuidade nas ações com a construção do termo de referência que será encaminhado ao Ministério do Desenvolvimento Regional e ao Banco Interamericano de Desenvolvimento para aprovação final . 

O projeto que tem foco na mobilidade urbana também visa a realização de um investimento público para tornar as áreas mais interessantes, e assim posteriormente receber o investimento privado e desenvolver estas regiões economicamente, além de promover bairros com maior circulação de pessoas, mais segurança e assim mais qualidade de vida

Grupo de Trabalho discute próximas etapas do Projeto.

DOT

O Desenvolvimento Orientado ao Transporte (DOT), também chamado de TOD (Transit Oriented Development), têm como objetivo tornar cidades compactas, conectadas e coordenadas, de modo que o planejamento da cidade e o desenvolvimento do sistema de transporte andem juntos.

Outra característica dos projetos focados no DOT é reverter os prejuízos da ocupação desordenada das cidades que causa um déficit em infraestrutura. A estratégia é fundamentada em projetos urbanísticos que visam articular componentes urbanos com os sistemas de mobilidade, estimulando a concentração de moradias, comércio e serviços próximos a corredores e estações de transporte público de massa.

A atração de moradores e atividades se dá principalmente pela diversificação dos usos nas próprias estações de transporte coletivo, pela promoção da integração do transporte coletivo a outros modos de deslocamento, pela melhoria da urbanização no entorno das estações e pela ampliação dos espaços públicos.

@plantaocaico 

Leia Também...

0 comentários