Dupla rouba dona de bar na tarde desta quinta-feira na zona norte de Caicó

Na tarde desta quinta-feira (26), dois indivíduos armados com uma arma de fogo roubaram uma mulher quando a mesma seguia de moto em direção ao Centro para pagar um boleto bancário de um fornecedor de bebidas. O crime ocorreu por trás do Supermecado Queiroz e os criminosos fugiram em uma moto bros de cor prata.

ITEP de Mossoró registra 10 assassinatos durante o Carnaval na região Oeste do Rio Grande do Norte



O Carnaval 2020 foi considerado violento na região Oeste do Rio Grande do Norte. De sexta feira (21) até terça feira (25) último dia dos festejos de momo, o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) registrou 9 assassinatos na região.
Os crimes violentos letais intencionais, tiveram início no sábado (22) na Comunidade de Linda Flor, zona rural de Assu, onde o jovem agricultor José Augusto de Paulo Neto de 20 anos foi morto a tiros naquela comunidade.
Ainda em Assu, um agricultor de 56 anos foi morto durante um assalto na mesma comunidade. Francisco Galdino Sobrinho foi baleado por um assaltante e morreu no Hospital Tarcísio Maia em Mossoró.
Em Porto do Mangue, região do Litoral Oeste Potiguar, dois homens foram mortos, durante uma tentativa de assalto, na madrugada do domingo (23), na Praia de Pedra Grande. As vítimas foram identificadas como  Ckleverson Igor Ferreira da Silveira de 33 anos de idade, morava na Rua Horonides Xavier da Silva no Bairro Rosa dos Ventos em Parnamirim RN e Emerson Ferreira do Nascimento de 41 anos, mecânico, residia em São Gonçalo do Amarante RN.
Segundo a Polícia os dois estavam na casa de praia alugada por eles para a temporada de Carnaval, quando dois homens invadiram o imóvel para assaltar, houve reação e os dois acabaram sendo baleados. Emerson Ferreira morreu na hora, enquanto que Ckleverson estava sendo socorrido pela esposa para o Hospital de Areia Branca, quando o carro capotou e o mesmo não resistiu e morreu.
 
Na madrugada de domingo (23), Adailton Dantas de Souza 22 anos, era morador da Rua José Ribamar Barreto, no Conjunto Wilson Rosado em Mossoró, foi assassinado com um tiro, na festa do Carnaval em Tibau. A vítima ainda chegou a ser socorrida mas morreu ao dar entrada no hospital da cidade.
Em Apodi dois irmãos foram mortos, na manhã de domingo (23) durante uma troca de tiros com a Polícia Militar. Francisco Marques de Melo Bezerra, 24 anos e Rivanilson Matheus Melo Santos 18 anos, moradores da Rua Francisco Sena no Bairro Santo Antônio em Mossoró RN. Segundo a PM os dois estavam praticando assaltos aos foliões e reagiram a uma abordagem policial. Com os dois foram apreendidos um revolver calibre e objetos roubados de vítimas.
Em Mossoró na tarde de sábado (23), um homem foi morto com várias cutiladas de faca peixeira. Maciel Pereira da Silva, tinha 26 anos era marceneiro e morava em Parnamirim RN. Ele foi morto em um bar localizado na Rua Vicente leite no Bairro Planalto 13 de Maio. O suspeito do crime já foi identificado, mas encontra-se foragido.
Em Areia Branca um jovem de 23 anos, identificado como Márcio Freire Reis, residente naquela cidade, foi alvejado por disparos de arma de fogo, durante o carnaval e morreu quando era socorrido para o hospital da cidade. A vítima não tinha passagem pela polícia e o crime ainda é um mistério para a Polícia Civil que vai investigar o caso.
Na noite de terça feira (25) último dia de carnaval, um ataque a tiros deixou um morto e outras três pessoas da mesma família feridas. A ção criminosa aconteceu na Rua Maria Clara da Conceição no Loteamento Pousada dos Thermas, região do Abolição IV em Mossoró. Luan Erick do Amaral Costa, 16 anos de idade, foi morto com um tiro de escopeta 12 na cabeça, depois que teve a porta de sua casa arrombada pelo criminoso.
Os 10 corpos foram examinados no Instituto Médico Legal do ITEP unidade de Mossoró e todos já liberados para os familiares. Até o momento apenas dois suspeitos do duplo assassinato ocorrido em Porto do Mangue foram presos e encontram-se na Cadeia Pública de Mossoró. A Polícia Civil vai investigar os assassinatos.

Primeiro caso de coronavírus é registrado no Brasil

O Brasil registrou na terça (25) o primeiro caso de coronavírus após o teste de contraprova de um paciente, que esteve na Itália durante explosão de casos, dar positivo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O Ministério da Saúde deve fazer coletiva nesta quarta-feira (26).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Cantor Baiano pede vaia para PM e acusa de abuso de poder: ‘Agressores’


    Foto: Inácio Teixeira/ Secom


O cantor e deputado Igor Kannário pediu uma vaia para a Polícia Militar da Bahia na tarde desta segunda-feira (24), quando puxava sua pipoca no Campo Grande. De cima do trio, ele viu a PM passando com agressividade para desfazer uma rodinha em meio aos foliões.

“Peço à imprensa, filma isso aí. Isso é abuso de poder, aubuso de autoridade. Quero uma vaia para a Polícia Militar da Bahia”, afirmou, sendo atendido. Os foliões vaiaram e depois gritaram “Uh, é o Kannário”.

Depois, ele retomou a música Embrazando, mas um pouco à frente Kannário falou que a PM pode fazer algo contra ele. “Se acontecer alguma coisa comigo, quem mandou me matar foi alguém da Polícia Militar”, acrescentou.

Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) não quis comentar as declarações do parlamentar. Mais tarde, a Polícia Militar divulgou uma nota de repúdio.

“Além da atitude irresponsável e criminosa o também deputado federal incitou os foliões contra os policiais militares que faziam o policiamento do circuito Osmar.

É inaceitável que qualquer pessoa, ainda mais um parlamentar, tente comprometer a honra da instituição e de policiais militares que estão comprometidos e empenhados na defesa da sociedade baiana. Todas as medidas judiciais cabíveis que o caso requer serão adotadas”, diz a nota.

Kannário não ficou calado e divulgou uma nota para a imprensa dizendo que ‘não irá se calar quando excessos forem cometidos’. Leia a nota divulgada pela assessoria de imprensa do artista:

“O deputado federal Igor Kannário vem a público esclarecer os fatos ocorridos nesta segunda-feira (24) durante a passagem da pipoca do cantor pelo circuito Osmar (Campo Grande). Kannário informa que, ao observar um tratamento agressivo de alguns policiais militares contra foliões, solicitou uma abordagem adequada dos profissionais. O deputado ressalta seu respeito e admiração pela instituição Polícia Militar, que tanto se dedica diariamente aos baianos. Contudo, Kannário enfatiza que não irá se calar quando excessos forem cometidos, como ocorreu nesta segunda”.

Nesta terça-feira (25), no início da tarde, o governador Rui Costa informou que acionou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para que tome as medidas legais cabíveis contra o cantor e deputado federal. Rui comentou a decisão em seu perfil no Twitter, afirmando que é “inaceitável o ato público de desrespeito e agressão contra a Polícia Militar da Bahia registrado ontem no Campo Grande”.

Jornal Correio