segunda-feira, 2 de março de 2020


Distribuidora de medicamentos oferece oportunidade de emprego em Caicó


Estamos buscando talentos para o nosso setor de ALMOXARIFADO!
ATIVIDADES E DESAFIOS DESTA VAGA:
Espírito de equipe, relacionamento interpessoal, organização,
responsabilidade, agilidade, proatividade, disciplina, boa leitura e comunicação.
COMPETÊNCIAS PARA ESTA VAGA:
- Recepcionar e conferir os produtos entregues pelos fornecedores;
- Distribuir e organizar os produtos no estoque;
- Separar pedidos e embalar os produtos a serem expedidos;
- Auxiliar no processo de logística;
- Controlar o nível de estoque.
Entre no nosso site, "www.grupodistrifarma.com.br" vai lá no menu de "CADASTRE SEU CURRÍCULO" e cadastra o seu.
Não esqueça de no campo "CARGO PRETENDIDO" colocar "ALMOXARIFADO"
Estamos recebendo currículos até sexta-feira dia 06/03/2020
Aguardamos seu currículo!

Casa da Moeda deu prejuízo de R$ 304 milhões ao país desde 2017


Desde 2017, a Casa da Moeda acumula um prejuízo de R$ 304 milhões. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Balanços na Casa da Moeda revelam prejuízo de R$117,6 milhões em 2017, R$93 milhões em 2018 e R$92,5 milhões até setembro de 2019.

Na Europa, quase não há órgãos públicos imprimindo dinheiro. Empresas especializadas são contratadas por longos períodos. No Reino Unido, uma empresa francesa venceu licitação para imprimir o novo passaporte pós-Brexit. Design alemão e impressão polonesa. Além do Brasil, só países mais atrasados imprimem o próprio dinheiro, tipo Afeganistão, Bulgária, Cazaquistão, Cuba etc.

Fonte: Diário do Poder


Redução de 30% de assaltos e tentativas de assaltos a agências bancárias no Brasil em 2019


Em 2019, foram identificados 119 assaltos e tentativas de assaltos a agências bancárias no Brasil, de acordo com levantamento feito pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O número representa redução de 30% em relação ao ano de 2018, quando foram registradas 171 ocorrências, e é ainda menor comparativamente ao ano 2000, quando houve 1.903 ocorrências no País. A listagem foi feita junto a 17 instituições financeiras, que atualmente respondem por mais de 90% do mercado bancário brasileiro. De acordo com a Febrabran, a redução expressiva ao longo dos últimos 20 anos deve-se ao "investimento maciço do sistema financeiro no aprimoramento da segurança bancária". A federação aponta ainda como contribuição para esse resultado a cooperação intensa entre os bancos brasileiros e as autoridades encarregadas da segurança pública. As instituições financeiras do país contam com 68 mil vigilantes profissionais, uma média de três profissionais por agência bancária. Os serviços de segurança são fornecidos por empresas especializadas com autorização de funcionamento expedida pela Polícia Federal.

Declaração de imposto de renda começa nesta segunda


Começa nesta segunda-feira (2), o período para a entrega da declaração do IRPF 2020, do ano-calendário 2019 (Imposto de Renda da Pessoa Física referente ao ano passado).O prazo se estende até 30 de abril, e a multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor limite para a cobrança da penalidade é de 20% do imposto devido.

As declarações que forem enviadas no início do prazo e não tiverem erros ou inconsistências poderão receber as restituições, caso devidas, mais cedo. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade no recebimento.

São obrigados a declarar o Imposto de Renda todos aqueles que, em 2019, tiveram renda tributável superior a R$ 28.559,70 ou renda isenta não tributada ou tributada na fonte acima de R$ 40 mil.

Aqueles que tiveram ganho de capital no ano passado —seja com operações na Bolsa de Valores ou na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência do imposto— também precisarão entregar o IRPF.

Em relação à atividade rural, precisarão prestar contas à Receita Federal aqueles que obtiveram, em 2019, renda bruta anual acima de R$ 142.798,50 com produção agrícola ou que queira compensar prejuízos de anos-calendário anteriores.

Quem passou a ser residente no Brasil em 2019 ou que tinha, em 31 de dezembro, bens acima de R$ 300 mil, também terá que entregar seu IRPF.

Segundo especialistas, os principais pontos de atenção para os contribuintes estão nas mudanças trazidas pela Receita para o novo ano fiscal —que não foram muitas.

Destacam-se mudanças no programa, como a criação de abas para facilitar a navegação no sistema, a possibilidade de inserção de uma conta bancária para débito automático e a possibilidade de doar para os fundos da criança e do adolescente e também do idoso diretamente na declaração.

Outros pontos novos também são destaque. São exemplos a obrigatoriedade do preenchimento de a quem pertencem determinados bens e direitos, fornecendo CPF ou CNPJ, e a não dedução do imposto para as contribuições previdenciárias pagas pelo empregador doméstico —esta última, criada em 2006, era válida só até 2019.

Os especialistas destacam que a primeira tarefa é reunir o maior número de documentos possíveis que possam dar suporte às declarações de rendimentos e despesas em 2019.

FOLHAPRESS