A Polícia Federal, até então comandada por Maurício Valeixo - demitido nesta sexta-feira (24) pelo presidente Jair Bolsonaro -, investiga o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), o filho 02 de Jair Bolsonaro, como mentor das fake news contra o Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do Correio Braziliense. Um processo foi aberto pela Corte, no dia 14 de março de 2019, para investigar a disseminação das notícias falsas e a PF chegou ao chamado Gabinete do Ódio, comandado pelo vereador.

Além da investigação sobre as fake news, a mesma equipe deverá apurar os responsáveis pelas manifestações a favor da ditadura, apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: Jornal do Comércio - Portal Grande Ponto - @plantaocaico