Coronavírus: Brasil registra 751 óbitos nas últimas 24h




O Brasil registrou nas últimas 24h um total de 751 óbitos e 10.222 novos casos confirmados.

O Brasil acumula 9.897 mortes e 145.328 casos confirmados de covid-19, desde o primeiro registro oficial da doença em fevereiro.

A taxa de letalidade, que é o percentual de mortes entre indivíduos doentes, permaneceu em 6,8%.

@plantaocaico 


RN tem 81 óbitos por Covid-19 e 1.821 casos confirmados da infecção



Por Agora RN — O número de mortos por coronavírus no Rio Grande do Norte soma 81 até o momento, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap) nesta sexta-feira (8). São cinco novos óbitos desde a última atualização, nesta quinta-feira (7), quando o RN tinha 76 mortes. Ainda há 25 casos de fatalidades em investigação por causa da doença.

Os óbitos recentes foram registradas nos municípios de Natal, Parnamirim, Encanto, Assu e Serra Negra do Norte. Todas essas cidades já haviam contabilizado mortes anteriormente em decorrência da infecção.

O RN tem ainda 1.821 casos confirmados de Covid-19, além de 6.188 suspeitos e 5.277 descartados. Até o momento, são 662 pacientes recuperados no estado.

Mortes

As mortes ocorridas no RN até o momento foram registradas nas seguintes cidades:

Mossoró: 19 óbitos
Natal: 17 óbitos
Canguaretama: 4 óbitos
Parnamirim: 5 óbitos
Assu: 3 óbitos
Macaíba: 3 óbitos
São Gonçalo do Amarante: 3 óbitos
Ceará-Mirim: 2 óbitos
Encanto: 2 óbitos
Ipanguaçu: 2 óbitos
Serra Negra do Norte: 2 óbitos
Tenente Ananias: 2 óbitos
Alexandria: 1 óbito
Alto do Rodrigues: 1 óbito
Apodi: 1 óbito
Areia Branca: 1 óbito
Carnaúba dos Dantas: 1 óbito
Cerro Corá: 1 óbito
Lagoa de Pedras: 1 óbito
Montanhas: 1 óbito
Nísia Floresta: 1 óbito
São José de Mipibu: 1 óbito
São Rafael: 1 óbito
São Tomé: 1 óbito
Taboleiro Grande: 1 óbito
Taipu: 1 óbito
Touros: 1 óbito
Outras localidades: 2 óbitos
Total: 81 óbitos


BRASIL É O SÉTIMO NO MUNDO EM MORTES OCASIONADAS POR RAIOS



A cada 50 mortes por raios no mundo, uma ocorre no Brasil, revela estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O País ocupa a sétima posição mundial em mortes provocadas pelo fenômeno, tornando-se ainda o líder em incidência de raios, com cerca de 77,8 milhões de descargas para o solo a cada ano. De acordo com o levantamento do Inpe, elaborado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), neste século já foram registrados 2.194 óbitos ocasionados por raios, uma média de 110 óbitos no período de 2000 a 2019.

Conforme o estudo do Inpe, a probabilidade de uma pessoa morrer atingida por um raio no Brasil ao longo de sua vida é de um em 25.000. No entanto, embora a estimativa pareça pequena, a chance disso acontecer é maior do que aquela de ser mordido por um cachorro (um em 100.000). Apesar do levantamento indicar 110 mortes anuais decorrentes do fenômeno, o Elat destaca que nem sempre um incidente provocado por um raio é fatal. Nesse caso, anualmente, cerca de 300 pessoas sobrevivem após serem atingidas por um raio.

PM PRENDE HOMEM COM COVID-19 EM FILA DA CAIXA EM ASSU


A Agência da Caixa de Assu foi interditada na manhã desta sexta-feira (08), após uma guarnição da polícia militar deter um homem infectado com o coronavírus.
.
O paciente infectado recebeu voz de prisão e foi conduzido para à delegacia da polícia civil, onde estão sendo feito os procedimentos cabíveis diante da situação.
.
A vigilância sanitária do município também participou da ação de condução do paciente para a delegacia.
.
Diante do ocorrido  a agência da caixa foi interditada por tempo indeterminado.

Tv Assu - @plantaocaico 

MPF ampara divulgação Testes da covid-19 feitos por Bolsonaro







O Ministério Público Federal (MPF) protegeu o direito de o jornal O Estado de S. Paulo ter acesso aos laudos de todos os exames realizados pelo presidente Jair Bolsonaro, após o parecer encaminhado, nesta quinta-feira (8) ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).
Os órgãos federais, Justiça Federal de São Paulo e o TRF-3,  já asseguraram ao jornal o direito de ter acesso aos exames por conta do interesse público sobre a saúde do presidente da República.

"Embora existam aspectos da vida da pessoa que exerce o cargo de presidente da República que podem ficar fora do escrutínio da sociedade, tradicionalmente a condição médica dos presidentes é de interesse geral, uma vez que pode impactar o exercício de suas relevantes funções públicas",  disse Geisa de Assis Rodrigues .  O interesse público "milita em favor do acesso à informação", disse MPF.

 Bolsonaro durante entrevista no Palácio da Alvorada, disse que vai recorrer da decisão. “Se perdermos na última instância, (mostro os exames) sem problema”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Uol - @plantaocaico 



Polícia Civil prende suspeito por tentativa de feminicídio em Serra Negra do Norte



Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRP), com apoio de policiais militares de Serra Negra, cumpriram um mandado de prisão preventiva, nesta quinta-feira (07), contra Jonas Pereira de Araújo, conhecido como “Pepê”, 24 anos. Ele foi preso no sítio Várzea Redonda, localizado na Zona Rural do município de Serra Negra do Norte, pela suspeita da prática do crime de tentativa de feminicídio.

De acordo com investigações, no dia 09 de abril, Jonas Pereira teria tentado assassinar a ex-companheira de 17 anos, com o auxílio de uma uma arma branca. Ao todo foram deferidos 15 golpes contra a vítima. O crime teria sido motivado pelo fato de o suspeito não aceitar o fim do relacionamento. Foi constatado também que ele teria ameaçado a ex-companheira e a mãe dela após o crime. Ele chegou a ser visto rondando a casa da família.

A vítima foi socorrida ao Hospital Regional do Seridó, em razão dos ferimentos. Ela recebeu alta médica dias depois e segue se recuperando. Durante a realização das diligências, Jonas Pereira tentou fugir, mas foi capturado em seguida. 

Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil.



Ocupação de leitos públicos de UTI chega a 90% em Mossoró e 80% em Natal



Apesar do Rio Grande do Norte estar em 6º lugar no Nordeste no que diz respeito à letalidade e incidência do novo coronavírus, os leitos públicos gerais disponíveis de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nas regiões de saúde que concentram o maior número de casos no Estado preocupam as autoridades de saúde. Em Natal, onde está concentrada a maior quantidade de casos confirmados, os leitos gerais já apresentam 84,3% de ocupação. Já em Mossoró, outra cidade que concentra um grande número de casos e óbitos, 92,5% dos leitos gerais disponíveis para tratamento de Covid-19 estão ocupados.

De acordo com o mais recente Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN), a rede assistencial pública encontra-se com 63,4% de ocupação, enquanto a rede privada apresenta uma taxa de 36,6%. Ao todo, 109 pacientes encontravam-se internados em leitos clínicos até a esta quinta-feira, 7; outros 60 em leitos de cuidados semi-intensivos; e outros 77 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

Conforme a Sesap/RN, até as 7h desta quinta-feira, dos 32 leitos gerais disponíveis em Natal, 27 estavam ocupados. A cidade dispõe, ainda, de leitos específicos de obstetrícia, ortopedia e pacientes cardiovasculares, esses com taxas de ocupação inferiores aos gerais. Na obstetrícia, de um total de cinco leitos, um está ocupado, enquanto os leitos cardiovasculares, que também são cinco, não possuíam pacientes. O mesmo acontece com os leitos destinados à ortopedia, que são sete no total, e também não possuem pacientes em tratamento.

@plantaocaico