sexta-feira, 5 de junho de 2020


Confirmado 3 novos casos de Covid-19 nesta sexta-feira (05), em Caicó



A Secretaria Municipal de Saúde, divulga o Boletim Epidemiológico de Casos de Covid-19 no Município.
Mais TRÊS novos casos confirmados no dia de hoje (05.06.2020).

105- Mulher de 42 anos, Residente no bairro Paraíba, PCR, em isolamento domiciliar.

106-Homem de 41 anos, Residente no bairro centro, TR particular, em isolamento domiciliar.

107- Homem de 41 anos, Residente no bairro boa passagem, TR, em isolamento domiciliar.

@plantaocaico 



Polícia Civil prende servidor suspeito de desviar mais de 1000 litros de gasolina em Natal




Policiais civis do Departamento de Combate a Corrupção e a Lavagem de Dinheiro (DECCOR-L) cumpriram três mandados de busca e apreensão, nesta sexta-feira (05), contra João Medeiros de Oliveira, 52 anos. Ele foi preso no município de Natal, pela suspeita da prática do crime de peculato. 

De acordo com investigações, João Medeiros é policial militar e estava desviando combustível destinado ao abastecimento das viaturas oficiais da Polícia Militar para o carro pessoal dele, utilizando três unidades veiculares para controle de abastecimento (UVE) há aproximadamente um ano.

Foi constatado também que o suspeito transformou o próprio carro em uma viatura para facilitar o procedimento. Durante a realização das diligências, os policiais apreenderam o veículo utilizado por ele e uma unidade de autorização de abastecimento das viaturas oficiais da PM.  Ao todo, ele desviou aproximadamente 1000 litros de gasolina  no mês de maio.

João Medeiros foi encaminhado ao sistema prisional e permanecerá à disposição da Justiça.

@plantaocaico 




Caixa libera auxílio emergencial para 200 mil pessoas



Cerca de 200 mil brasileiros que estavam com o auxílio emergencial em análise ou reanálise tiveram o benefício liberado, informou hoje (5) a Caixa Econômica Federal. O banco recebeu da Dataprev, estatal de tecnologia responsável pelo processamento dos cadastros, o resultado da análise de 700 mil pedidos, dos quais 500 mil foram negados e 200 mil aprovados.

O calendário de pagamento para os novos beneficiários ainda será divulgado. Nos últimos dias, a Caixa esclareceu que quem tiver o auxílio liberado receberá as parcelas com intervalo de 30 dias entre elas.

Com a nova lista de processamento, o número de pessoas com o pedido de auxílio emergencial processado subiu de 101,2 milhões para 101,9 milhões. Desse total, 59,2 milhões foram considerados elegíveis, tendo o benefício liberado, e 42,7 milhões tiveram o benefício negado. Até ontem, o total de benefícios liberados estava em 59 milhões, e os negados somavam 42,2 milhões.

O número de pedidos em análise caiu para 10,2 milhões nesta sexta-feira. Desse total, 5,2 milhões de cadastros estão em primeira análise e 5 milhões em segunda ou terceira análise, quando o cadastro foi considerado inconsistente, e a Caixa permitiu a contestação da resposta ou a correção de informações. O cadastro no programa pode ser feito no aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou no site auxilio.caixa.gov.br.

Segundo o balanço acumulado apresentado até agora, a instituição desembolsou R$ 76,6 bilhões, somadas ambas as parcelas. No total, 58,6 milhões de pessoas receberam alguma parcela do benefício desde que o programa foi criado, em abril, para ajudar as pessoas a enfrentar os impactos da crise causada pela pandemia de covid-19.

Do total pago até agora, R$ 30,3 bilhões foram para beneficiários do Bolsa Família, R$ 14 bilhões para aqueles inscritos no Cadastro Único para os Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e R$ 32,3 bilhões para trabalhadores informais que se cadastraram pelo site ou pelo aplicativo. Considerando apenas a segunda parcela, 19,50 milhões de brasileiros receberam R$ 35,5 bilhões.

O pagamento da segunda parcela acabou no último dia 29. De 30 de maio até 13 de junho, os beneficiários estão sacando o dinheiro do lote, conforme um cronograma baseado no mês de aniversário. Hoje, cerca de 2,6 milhões de pessoas nascidas em junho foram às agências da Caixa retirar o auxílio.

Neste sábado (6), a Caixa abrirá 680 agências em todo o país para que os nascidos em julho possam sacar a segunda parcela. A lista das agências que vão abrir está disponível no site www.caixa.gov.br/agenciasabado.

QR Code
A Caixa também divulgou o balanço do pagamento de compras com o auxílio emergencial por meio da câmera do celular. Uma semana depois do lançamento da ferramenta, 63,3 milhões de transações foram realizadas com o novo recurso, num total de R$ 60 milhões. O pagamento com o cartão de débito virtual, que pode ser usado para compras em sites parceiros da Caixa, somou 2,1 bilhões de transações desde o início do pagamento do auxílio emergencial, em abril, totalizando R$ 2,13 bilhões.

O pagamento com a câmera do celular usa a tecnologia QR code (forma avançada de código de barras). Primeiramente, o usuário poderá acessar o aplicativo Caixa Tem, usado para movimentar as contas poupança digitais criadas pelo banco, e escolher a opção 'pagar na maquininha'. Em seguida, a câmera do celular automaticamente abrirá. O usuário deverá apontá-la para o código QR que aparecerá na maquininha, conferir o valor da compra a apertar o botão confirmar na tela do celular.

A tecnologia está disponível em cerca de 3 milhões de estabelecimentos comerciais em todo o país que operam maquininhas com a bandeira Elo. Ontem (4), o diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, disse que o banco estuda formas de estimular a utilização do QR code por maquininhas de outras bandeiras.

Fonte: Agência Brasil - @plantaocaico 

Mais dois com covid-19 recebem alta do Hospital Regional do Seridó



Com muita alegria mais dois pacientes confirmados COVID-19 tiveram alta hospitalar nesta sexta-feira (05) do Hospital Regional do Seridó.

Trata-se de um homem,87 anos,internado desde 28/05/20,residente em Currais Novos e de uma mulher, 68 anos, internada desde 24/05/20, residente em Caicó.

Os pacientes ficarão em isolamento domiciliar monitorados pela secretaria municipal de saúde.

@plantaocaico 


Polícia Civil prende suspeito por tráfico de drogas e apreende dois adolescente em Jardim do Seridó




Policiais civis da Delegacia Municipal de Jardim do Seridó, com apoio da Polícia Militar, prenderam João Carlos Fernandes Silva, 33 anos, nesta quinta-feira (04), no município de Jardim do Seridó, pela suspeita da prática do crime de tráfico de drogas. 

Durante a realização das diligências, dois adolescentes também foram apreendidos pelos policiais. Foram encontrados com os suspeitos aproximadamente 100 gramas de cocaína pura e apetrechos usados na distribuição das drogas. 

Os três suspeitos foram conduzidos até a delegacia. Os adolescentes foram autuados pela prática de ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas e ficaram internados provisoriamente. João Carlos foi encaminhado ao sistema prisional e permanecerá à disposição da Justiça. 
@plantaocaico 

Governo Federal transfere R$ 83,9 milhões do Bolsa Família previsto para o Nordeste para investir em propaganda


A CNN Brasil informa que o governo federal retirou R$ 83,9 milhões que seriam usados no programa Bolsa Família para destinar à Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) da Presidência. A medida atinge os recursos previstos para a região nordeste do país e gerou críticas no Congresso por ocorrer durante a pandemia do novo coronavírus, quando muitas famílias estão sem fonte de renda.

O dinheiro será utilizado para comunicação institucional, ou seja, para fazer publicidade das ações da gestão de Jair Bolsonaro (sem partido).

A portaria que prevê a transferência dos recursos do Orçamento foi publicada na edição desta terça-feira (2), no DOU (Diário Oficial da União). O ato foi assinado pelo secretário executivo do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. Segundo técnicos do Congresso, como não há recurso extra, apenas realocação dentro do Orçamento, não é preciso de aval dos parlamentares. O valor total destinado ao Bolsa Família no ano inteiro é de R$ 32,5 bilhões.

Procurado, o Ministério da Cidadania informou que o pagamento do benefício está garantido, mas não esclareceu o motivo da realocação dos recursos.

A Secom já havia aumentado para R$ 17,8 milhões suas despesas com propaganda durante a pandemia do novo coronavírus. Os recursos estão sendo utilizados para divulgar peças publicitárias com o mote de que é preciso “proteger vidas e empregos”. Depois do fracasso com a campanha “O Brasil não pode parar”, vetada judicialmente, a secretaria e o presidente também adotaram a frase “ninguém fica para trás”.

A campanha institucional da Secom é diferente da produzida pelo Ministério da Saúde para fins de utilidade pública, que tem objetivo de passar orientações sobre a Covid-19 e o novo coronavírus, bem como recomendações de higiene, etiqueta e distanciamento social e até convocar estudantes de medicina, enfermagem, fisioterapia e farmácia. O ministério já gastou R$ 61 milhões e deve ampliar a despesa com produção de mais conteúdo.

O dinheiro para bancar a publicidade institucional do governo Bolsonaro tem saído do orçamento de “Enfrentamento da Emergência de Saúde Nacional”, de dois dos ministérios mais envolvidos em ações diretas para atendimento à população, Saúde e Cidadania. A Secom centralizou a produção das peças publicitárias.

CNN BRASIL - @plantaocaico