domingo, 9 de agosto de 2020


Brasil registra 2.118.460 pacientes recuperados da covid-19


O Brasil registrou neste domingo (9) mais 24.167 pessoas curadas do coronavírus, totalizando 2.094.293 de recuperados da Covid-19.

No mundo, estima-se que pelo menos 13 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram.

O número de pessoas curadas no Brasil é superior ao dobro da quantidade de casos ativos (815.913), que são pacientes que estão em acompanhamento médico.

O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (69,7%).

@plantaocaico 


RN-118 E RN-288 SERÃO FECHADAS EM CAICÓ E ACESSO AO MUNICÍPIO SÓ PELA BR-427



A partir desta segunda-feira (10), a Secretaria Municipal de Saude de Caicó, juntamente com a Polícia Militar , Corpo de Bombeiros , Polícia de Trânsito, PRF entre outros parceiros , dará início às barreiras sanitarias no município.


As barreiras sanitárias ira fiscalizar para que as medidas que constam no último decreto municipal sejam cumpridas : Só poderá entrar no município de Caicó aqueles que vierem realizar serviços essenciais ( consta na publicação) .

Importante comunicar que as RN 118 vindo de Jucurutu e a 288 vindo de São José do Seridó,serão interditadas logo após o anel viário, o acesso a cidade de Caicó só se dará será pela Br 427, entradas vindas de jardim de piranhas e Jardim do Seridó.
Tais medidas foram necessárias diante o aumento de incidência e crescimento da taxa de transmissibilidade de contágio do novo coronavírus.
@plantaocaico 

Covid-19 derruba fertas que dariam pelo menos R$ 101 milhões ao RN


A chegada da pandemia de coronavírus e a transmissibilidade entre as pessoas impôs uma medida rígida e até os dias atuais preconizadas pelos órgãos de saúde: aglomerações e grandes multidões devem ser evitadas. Um dos primeiros setores afetados com a medida foi a indústria de eventos. No Rio Grande do Norte, vários eventos já foram cancelados no primeiro semestre e outras grandes festas previstas para o resto do ano já foram adiadas ou suspensas. No Estado, seis grandes festas previstas para os próximos meses, que movimentaram pelo menos R$ 101 milhões no ano passado, já cancelaram suas edições ou fecham os últimos detalhes para oficializarem o adiamento ou a realização virtual.⠀
Tribuna do Norte - @plantaocaico 

Governo estuda manter auxílio emergencial com valor menor até março


A ala política do governo estuda prorrogar o pagamento do auxílio emergencial até março de 2021. A ideia é que o benefício, atualmente em R$ 600, seja reduzido para um valor entre R$ 200 ou R$ 300. A medida, entretanto, é vista com ressalvas pelo Ministério da Economia e precisa ser votada pelo Congresso.

O pagamento do auxílio emergencial está garantido até agosto, e o governo avalia eventuais consequências políticas na popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caso ele seja extinto, sem uma alternativa viável. Sem a clareza sobre a duração da pandemia, estudos para definir a extensão do auxílio já estão em curso.

Atraso no Renda Brasil é motivo

A extensão do auxílio emergencial seria uma forma de compensar um atraso no Renda Brasil, o grande programa social do governo Bolsonaro. O governo não deve concluir tão rapidamente quando gostaria os projetos e adequações de sistemas para criar o Renda Brasil, que deve unificar o Bolsa-Família, o abono salarial, o salário-família e o seguro defeso. A ideia é criar uma marca social para Bolsonaro porque o Bolsa-Família é uma herança do PT.

Para realizar seus planos, no entanto, o governo depende de outros fatores. A redução do valor do auxílio depende de aprovação do Congresso porque o valor de R$ 600 está previsto em lei. Além disso, para ser estendido até março, o decreto que definiu o estado de calamidade precisaria ser renovado. A norma vence em dezembro e seria necessária uma nova votação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

A extensão da validade do decreto é necessária para que o governo não descumpra o teto de gastos e a lei de responsabilidade fiscal. Se as normas forem violadas, o Executivo pode cometer um crime de responsabilidade.

UOL - @plantaocaico