domingo, 6 de setembro de 2020


Inversão: Polícia Militar reforça segurança nos presídios e Policiais Penais vão trabalhar nas ruas do Rio Grande do Norte



Mais de 100 policiais penais ocupam comunidade do Japão, em Natal, e acabam com “torneio de futebol do crime”.

Ação foi realizada neste domingo (06). Segundo a PM, objetivo foi monitorar pessoas com restrição de liberdade que usam tornozeleira eletrônica.


Blogger - Nada contra o trabalho dos policiais penais, agora bem que o governo do RN poderia retirar os policiais militares que trabalham nos presídios do RN e colocar esse pessoal nas ruas do Estado.

@plantaocaico 

Mais de 200 mil veículos descem para litoral de São Paulo e número supera feriado do ano passado

O feriado prolongado de 7 de setembro levou centenas de milhares de veículos para o litoral paulista. Cerca de 200,2 mil automóveis passaram pelas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes e já foi registrado um alto número de turistas nas praias no sábado (5).

Segundo a Ecovias, concessionária que administra o trecho, mais de 200 mil veículos desceram a Serra do Mar entre 00h de sexta-feira (4) e 9h deste domingo (6). Mesmo levando em conta o cenário de pandemia de Covid-19, os números deste ano superam os de 2019, quando pouco mais de 187 mil automóveis fizeram o trajeto com destino ao litoral paulista no mesmo feriado.

Na manhã de hoje, as rodovias Imigrantes e Anchieta registraram até oito quilômetros de congestionamento devido ao excesso de veículos.

O número de veículos se aproxima ao registrado no último final de semana, quando mais de 202 mil automóveis desceram a Serra com destino a Baixada Santista, entre sexta (28) e domingo (30). Na ocasião, houve aglomerações nas praias, além do não uso das máscaras de proteção, o que levou as autoridades a se preocuparem.

Como forma de combater as irregularidades, que vão desde a falta de uso de máscaras, até a comercialização de bebidas alcoólicas na areia, ao menos 400 policiais foram direcionados à região pelas autoridades sanitárias e de segurança.

UOL - @plantaocaico 

Leilão da Receita Federal tem iPhone por R$ 1 mil e notebook por R$ 250


Um leilão realizado pela Receita Federal pode ser a oportunidade que o consumidor estava esperando para adquirir produtos eletrônicos. Entre os 169 lotes que estarão disponíveis para lances a partir do dia 9 de setembro estão notebooks a partir de 250 reais e modelos do iPhone com lance inicial de 1.000 reais.

Os produtos foram apreendidos em operações realizadas na região Nordeste e estão armazenados em depósitos em Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas. Alguns produtos pode ser adquiridos apenas por pessoas jurídicas. É preciso verificar as restrições de cada lote.

Entre os destaques do leilão estão alguns produtos da Apple. O MacBook Pro (lote 10), por exemplo, está sendo ofertado inicialmente por 1.000 reais, mesmo preço do iPhone X do lote 15. O lote 11 conta com três unidades do iPhone X por 4.500 reais. Há mais lotes com produtos da empresa da maçã com smartwatches, AirPods, entre outros gadgets.

É preciso lembrar que os lances são dados por lote e não é possível separar os produtos. Ou seja, valor de 4.500 reais no lote 11 corresponde às três unidades do iPhone X.

Há também outros produtos eletrônicos ofertados, como notebooks de marcas como Lenovo e HP, alguns por 250 reais, como no lote 57, smartphones da Xiaomi, componentes como placas de vídeo e processadores, videogames e fones de ouvido. Há ainda lotes que contam com itens como perfumes, lentes de câmeras fotográficas, antenas, entre outros.

Para conferir todos os lotes basta acessar o site oficial do leilão. É importante que o interessado leia o edital de participação e fique atento às datas. O início das propostas foi feito no dia 25 de agosto e a sessão de lances começa no dia 9 de setembro, às 14h.

Fonte: Exame - @plantaocaico 


Banco Central deverá autorizar pagamento pelo WhatsApp


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que a instituição deverá autorizar o funcionamento do recurso de pagamentos e transferências pelo Whatsapp. “Projetos como estes devem passar por um processo de aprovação. Quando o Whatsapp propôs o arranjo, entendemos que era um arranjo grande. Dissemos que como era grande e tinha várias dimensões, pedimos que entrassem no rito de aprovação como ocorre normalmente. E será aprovado”, afirmou o presidente do BC, em entrevista à rede de TV estadunidense Bloomberg. Segundo ele, a análise do banco envolve a identificação de eventuais problemas que a operação possa trazer em sua implantação no país, tanto no aspecto concorrencial quanto nos direitos dos usuários.

@plantaocaico