terça-feira, 8 de setembro de 2020


Confirmado 48 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira (08), em Caicó

Nesta terça-feira (08), a Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 48 novos casos de COVID-19 no município, sendo todos casos comunitários.

Com relação aos casos de hoje, são 26 homens e 22 mulheres. Destes 02 são crianças. Os casos residem:

07- Centro; 
03- Maynard;
05-Walfredo Gurgel;
01-Adjuto Dias ;
03- João XXII;
03- Barra Nova;
01- Paraíba;
02-Soledade;
02- Canutos e Filhos;
01-Vila Altiva;
01-Zona Rural;
01-Sabugi;
05-Boa Passagem; 
01-Alto da Boa Vista;
01- Nova Descoberta;
05- Paulo VI;   
03- Penedo;    
01-Serrote Branco;    
02- Recreio.

Destes 13 foram confirmados por TR e 35 por RT-PCR.

Comunicamos o VIGÉSIMO OITAVO ÓBITO do município de Caicó ocorrido no dia 07 de setembro de 2020, no Hospital Regional do Seridó. Trata-se de um mulher de 75 anos, com comorbidades, residente no bairro Centro.

@plantaocaico 

PF e Receita deflagram operação Super Trunfo

A Polícia Federal, deflagrou, hoje, em conjunto com a Receita Federal do Brasil, a fase ostensiva da OPERAÇÃO SUPER TRUNFO, na qual são investigados crimes de contrabando de veículos de luxo superesportivos, evasão de divisas, crimes fiscais e lavagem de dinheiro.

Estão sendo cumpridos 1 mandado de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 3 mandados de busca e apreensão nas cidades de Maringá/PR e Cândido de Abreu/PR.
Além disso, foi deferido judicialmente o bloqueio de veículos, bens imóveis e contas bancárias vinculadas aos investigados, no montante de R$ 15 milhões.

Durante aproximadamente dois anos de investigações detectou-se que os investigados internaram ilegalmente no Brasil automóveis superesportivos, alguns deles com indícios de fraude quando de sua exportação da Europa.

Tais veículos, com valores individuais que chegam a ultrapassar R$ 2 milhões, foram licenciados no Paraguai e eram mantidos e utilizados no Brasil com placas daquele país vizinho.

Também se constatou a aquisição de outros automóveis de luxo adquiridos no Brasil e diversos bens imóveis pagos mediante operações ilegais de câmbio conhecidas como dólar-cabo ou euro-cabo, nas quais são realizadas transferências internacionais de valores mediante compensações, sem observância das normas do sistema financeiro nacional.

A ocultação do real proprietário de bens, a dissimulação de sua origem ilícita e a conversão de valores ilegais em ativos lícitos, por sua vez, configuram atos de lavagem de dinheiro.

#PF - @plantaocaico 

SBT encaminha acordo e deve transmitir a libertadores com exclusividade na TV aberta

O SBT encaminhou um acordo com a ‘Conmebol’ para transmitir a Libertadores com exclusividade na TV aberta até 2022.

De acordo com o portal Uol, as conversas já estão avançadas e as partes já chegaram a um acordo sobre valores, horários dos jogos e número de partidas.

Com isso, a emissora de Silvio Santos passaria a assumir o lugar da Globo, que não obteve sucesso nas negociações.

Vale destacar que recentemente, em uma atitude ousada, o SBT estabeleceu um acordo com o Flamengo e transmitiu a decisão do Campeonato Carioca, contra o Fluminense.

Os números foram surpreendentes, fazendo o SBT conquistar a liderança absoluta — derrotando a Globo com ampla margem de diferença.

UOL  - @plantaocaico 

FGTS emergencial é depositado nas contas de trabalhadores nascidos em Outubro

O pagamento está sendo feito por meio da conta poupança digital da Caixa Econômica Federal; Nesta fase, o dinheiro poderá ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem. O dinheiro só será liberado para saque ou transferência para outra conta bancária a partir de 31 de outubro, para os trabalhadores nascidos nesse mês.

@plantaocaico 

Recuperados da Covid-19 relatam sintomas até três meses depois de terem sido infectados


Um estudo do Centro de Controle de Doenças Americano (CDC) aponta que nove em cada dez infectados pela covid-19 ainda sentem reflexos da contaminação. O trabalho é confirmado por relatos de pelo menos cinco médicos paulistas, que tratam pessoas que contraíram o novo coronavírus, ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo. Eles apontam a ida ao consultório de pacientes que tiveram a doença nesse período de seis meses de pandemia e permanecem com sintomas como fadiga, dores no corpo, perturbação visual e perda de olfato e também do paladar por até três meses.

@plantaocaico