domingo, 4 de outubro de 2020


Caicó: População forma carreata para acompanhar Artur e Roberto



Na tarde deste sábado (03) a agenda do candidato a prefeito Artur Maynard e do seu vice Roberto Germano, era comícios relâmpagos pela cidade de Caicó.

Os candidatos saíram e, espontaneamente, a população começou a segui-los,  transformando-se numa grande carreata.

Por onde os candidatos passaram, a população foi às  calçadas, acenar e afirmar que já decidiram e vão votar em Artur e Roberto.

“Foi algo surpreendente, nunca imaginei que meus conterrâneos, de forma espontânea, fossem nos seguindo pelas ruas de Caicó. Estou emocionado e extremamente feliz”. Disse Artur Maynard.

Já o candidato a vice, Roberto Germano, disse não ter recordação de algo tão grande ser feito de forma espontânea.  
“Acho que só vi isso uma única vez na minha vida pública. Íamos realizar comícios relâmpagos pela cidade, e de repente, a população começou a nos seguir nos seus carros e motos. Foi uma grande carreata feita pelo povo”. Afirmou Roberto.

Assessoria de imprensa do Candidato Arthur Maynard - @plantaocaico 



Confirmado 10 novos casos de Covid-19 neste domingo (04), em Caicó



Neste domingo (04), a Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de DEZ novos casos de COVID-19 no município, sendo TODOS comunitários.

Com relação aos casos de hoje, 07 são do sexo feminino e 03 masculinos.

Os casos residem:
01 -Walfredo Gurgel;
01- Nova Descoberta
04- Paraíba;
01- João XXIII;
01- Canutos e Filhos;
02- Centro;

Destes 10 foram confirmados por RT-PCR.

@plantaocaico 

885 crianças foram atendidas em agosto na urgência pediátrica do Hospital do Seridó



A Urgência Pediátrica do Hospital do Seridó, um dos serviços de maior importância implantados nas últimas décadas do Município de Caicó tem trazido resultados impressionantes em números que beneficiam diretamente crianças e adolescentes de todas as classes sociais da zona urbana e rural.

De acordo com o último levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde de Caicó somente no último mês de agosto foram atendidos 885 crianças e adolescentes no serviço de plantão 24h mantido pela administração pública municipal. 

O perfil dos atendimentos apontam crianças recém nascidas até adolescentes de 18 anos de idade que procuram o Hospital do Seridó e recebem toda assistência necessária para o pronto restabelecimento da saúde.

@plantaocaico 

União planeja arrecadar R$ 30 bilhões com a venda de 3,8 mil imóveis vagos ou fora do padrão para a administração pública



Dona de um patrimônio imobiliário de mais de 750 mil imóveis cadastrados, o governo federal pretende arrecadar até R$ 30 bilhões até 2022 com vendas. A Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), do Ministério da Economia, pretende se desfazer de 3,8 mil imóveis para arrecadar o valor.

São apartamentos, salas e lojas, entre outros, que estão vagos e muitos são considerados fora do padrão adequado para o funcionamento da administração pública.

Atualmente, a União tem 53 mil imóveis reservados para uso do governo. Os dados fazem parte de um levantamento exclusivo da SPU, feito a pedido do Metrópoles.

A “esteira de desinvestimento”, como o governo chama o processo, tem dois lados: um, de arrecadação; o outro, de economia. A União tem gastos elevados com manutenção de imóveis desocupados, totalmente sem uso.

O mais recente exemplo é o Edifício Joseph Gire, mais conhecido como A Noite, arranha-céu localizado na Praça Mauá, no centro do Rio de Janeiro, que foi colocado à venda pelo Ministério da Economia.

Com custo mensal de manutenção que chega a R$ 300 mil, o governo pretende arrecadar R$ 90 milhões. O prédio já figurou como o mais alto da América Latina, abrigou o jornal vespertino A Noite — de onde surgiu o apelido — e foi sede da Rádio Nacional. Empresas e órgãos públicos também funcionaram no local.

Segundo a SPU, em 2019 o governo teve um gasto de R$ 3,2 milhões com manutenção de imóveis desocupados. A manutenção do Edifício A Noite não está incluído no valor, pois o imóvel só foi transferido para a SPU neste ano de 2020.

Metrópoles - @plantaocaico 

Multas em rodovias federais caem 22% na pandemia



Com a pandemia de coronavírus, as multas de trânsito aplicadas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) despencaram nos primeiros seis meses deste ano. Foram registradas 2,4 milhões de infrações nas rodovias federais em todo o país, de janeiro a junho, uma média de 562 multas por hora.

A redução chegou a 22% em relação ao mesmo período de 2019, quando os motoristas receberam 3,1 milhões de autuações, média de 727 por hora. O ranking das infrações teve poucas alterações em relação ao ano passado.

A campeã disparada continua sendo a multa por dirigir com a velocidade superior à máxima permitida em 20%, com 1,05 milhão, média de 240 infrações por hora. Mas também teve uma queda de 39%, considerando o 1,7 milhão registrado no ano passado. Neste caso, a infração é considerada média, com valor de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH.

A redução de autuações já era esperada, não só nas rodovias como nas cidades, por causa das medidas de restrição para o enfrentar a pandemia de coronavírus. “O que houve foi uma redução de fluxo de veículos. Diminuíram os deslocamentos, as viagens, as pessoas saíram menos de casa, houve menos transporte de carga. A sociedade inteira diminui o ritmo que havia antes. O número de caminhões e veículos em circulação é que reduziu como nunca havia ocorrido”, avalia Eduardo Biavati, especialista em educação e segurança no trânsito.

Em segundo lugar vem a autuação por deixar de manter acesa luz baixa durante o dia nas estradas, com 241.514, um pequeno aumento (1%) em relação ao ano passado, desbancando a de velocidade superior em mais de 20% até 50% da máxima permitida, que ficou em terceiro, com 188.895. A autuação também é considerada média, com valor de R$ 130,16 e mais 4 pontos na carteira de habilitação.

Mas, nesse período, os motoristas também relaxaram as regras de segurança. As multas que mais aumentaram este ano foram a falta de uso de capacete e de cinto de segurança. Conduzir passageiro de motocicleta sem capacete aumentou 69%, seguida de dirigir moto sem capacete (59%) e condutor deixar de usar cinto de segurança (54%), passando de 67.089 para 103.487.

R7 - BG - @plantaocaico 


Situação de Trump é 'preocupante' e ele recebeu oxigênio na sexta, diz jornal


A situação do presidente Donald Trump, que está com Covid-19, é "preocupante", e ele chegou a receber oxigênio na sexta-feira, quando teve dificuldades para respirar, afirma o jornal New York Times, citando fontes da Casa Branca. 

Mais cedo, repórteres credenciados da Casa Branca receberam informações de uma fonte anônima próxima ao presidente que seus sinais vitais nas últimas 24 horas são "muito preocupantes" e que as próximas 48 horas serão "críticas" para a sua recuperação. 

Segundo o NYT, o presidente teve dificuldades para respirar na sexta-feira e sua taxa de oxigenação caiu, motivando a equipe médica a iniciar um tratamento com oxigênio e transferi-lo para o hospital naval Walter Reed, para que pudesse ser monitorado mais de perto. 

Apesar disso, as informações oficiais que vêm do governo americano e da equipe médica aumentam a incerteza sobre o estado de Trump. Em uma entrevista coletiva na manhã deste sábado, o médico do presidente, Sean Conley, disse que Trump não tem febre e "passa muito bem". 

Conley, no entanto, se esquivou de fornecer maiores detalhes sobre o estado de saúde do presidente.

@plantaocaico