quinta-feira, 15 de outubro de 2020


Confirmado 23 novos casos de Covid-19 nesta quinta-feira (15), em Caicó



Nesta quinta-feira (15), a Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de VINTE E TRÊS novos casos de COVID-19 no município, sendo TODOS comunitários. Também comunicamos a recuperação de TRINTA E CINCO pessoas na comunidade.

Com relação aos casos de hoje são 11 homens e 12 mulheres.

Os casos residem:

03- Paraíba;
01-Soledade;
01- João XXIII;
01- Zona Rural;
01- Barra Nova;
03- Castelo Branco;
02- Alto da Boa Vista;
01- Paulo VI;
02- Samanaú;
02- Walfredo Gurgel;
01- Maynard;
03- Centro;
01- Serrote Branco;
01- Acampamento.

Destes, 11 foram confirmados por TR e 12 por RT-PCR.

@plantaocaico 

Polícia Civil deflagra operação na Zona Rural de Jucurutu e prende quatro suspeitos



Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó deram cumprimento, na manhã desta quinta-feira (15), a dois mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão na Zona Rural de Jucurutu.

Ao longo das diligências, quatro homens foram presos, sendo dois em razão de mandados de prisão preventiva e dois em flagrante por posse de armas de fogo, pois foram encontradas armas com cada um dos suspeitos em suas residências.

A Operação “Fidalgo” foi deflagrada após investigações de um crime de homicídio que vitimou Benedito Isaac Sanderson de Araújo Tomaz, no dia 05 de abril deste ano, nas imediações da Barragem Oiticicas, Zona Rural de Jucurutu.

Em cumprimento a mandados de prisão preventiva, foram presos: José Alberto de Brito Oliveira, 29 anos, e Fransuélio Bezerra dos Santos, 29 anos, que também foi flagranteado por porte ilegal de arma de fogo. 

Foram presos em flagrante: Julimar Avelino de Brito, 49 anos, pela suspeita da prática do crime de porte ilegal de arma de fogo; e Almoniz Alves de Araújo, 47 anos, também por porte ilegal de arma de fogo. 

Todos eles foram conduzidos até a delegacia; Julimar Avelino e Almoniz Alves foram liberados após o pagamento de fiança; José Alberto e Fransuélio Bezerra foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. 

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.
@plantaocaico 

Policia Federal faz operação contra pagamento de propina a policiais no Rio de Janeiro



A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (15), uma operação contra esquema de pagamento de propina por empresários a policiais corruptos em troca de proteção em investigações.

Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e 33 mandados de busca e apreensão.

Essa é a segunda fase da operação Tergiversação, desencadeada em 2019, que investigou a cobrança por policiais federais de propinas a investigados nos inquéritos Titanium (de fraudes envolvendo o plano de saúde dos Correios) e Viupostalis/Recomeço (de fraudes envolvendo o Postalis, fundo de pensão dos Correios).

O esquema de corrupção envolvia um delegado e um escrivão do Núcleo de Repressão a Crimes Postais da Delegacia Federal de Repressão a Crimes contra o Patrimônio (Delepat) do Rio de Janeiro.

Na operação de hoje (15), os alvos são outros empresários que participaram do esquema de pagamento de propinas aos agentes públicos e advogados que atuaram como intermediários das cobranças das propinas.

De acordo com a PF, também são alvos servidores públicos federais e estaduais.

Ainda segundo a corporação, as vantagens indevidas recebidas pelos integrantes da organização criminosa giram em torno de R$ 10 milhões.

@plantaocaico

Jovem vence câncer e faz vídeo com 316 fotos pra comemorar



O jovem Artur Pacheco, de 19 anos, fez um vídeo incrível para comemorar a melhor notícia que poderia receber: o linfoma, tipo grave de câncer no sangue, descoberto no ano passado, entrou em remissão.

O rapaz de Franca, no interior de São Paulo, pegou 1 ano de fotos que tirava todo dia e fez uma espécie de time-lapse mostrando rapidamente como ficou durante e depois do tratamento, pra motivar as pessoas.

“São mais de 365 fotos. Como eu tinha um cabelo grande e gostava do cabelo, eu fiz o vídeo pra motivar as pessoas, mostrando que você vai perder o cabelo durante o tratamento, mas depois ele vai crescer e você vai ficar bem”, contou Artur Pacheco (@turpacheco ) em entrevista ao SóNotíciaBoa.

O vídeo viralizou nas redes sociais e Artur disse que conseguiu o que queria: levar uma mensagem de esperança pra quem passa pelo problema. Hoje ele tem mais de 150 mil seguidores no Instagram.

“Até hoje eu compartilho, mesmo fazendo 7 meses que eu terminei o tratamento. Hoje já estou em remissão, faço acompanhamento a cada 3 meses e sempre tento compartilhar esse tipo de assunto pra tentar mudar a cabeça das pessoas, mostrando que tem cura, que é um tratamento agressivo, mas que vale a pena lutar pela vida, ser forte, porque nada na vida da gente vem pronto, a gente tem que batalhar”, afirmou.

@plantaocaico 


Brasil investiga pelo menos possíveis 93 casos de reinfecção pela Covid-19



Levantamento da CNN junto a hospitais, governos estaduais e prefeitura identificou ao menos 93 casos investigados para a possibilidade de uma reinfecção pela Covid-19.

O Ministério da Saúde não confirma nenhum caso até o momento. Em nota, a pasta afirma que ser infectado novamente pelo novo coronavírus é “um evento raríssimo, que precisa ser investigado com a máxima cautela”.

Estão sendo tratados dessa forma casos em que um paciente testou positivo para o novo coronavírus em alguma oportunidade, chegou a testar negativo — estando, em tese, curado — e em um segundo momento veio a ser diagnosticado com a doença novamente.

Há, entre todos os citados no Brasil, casos com diferentes graus de documentação. Em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, um estudo da USP identificou o caso de uma técnica de enfermagem de 24 anos que teria testado positivo duas vezes em momentos diferentes.

Em outra cidade do interior paulista, Santa Bárbara d’Oeste (SP), a possível reinfectada é a própria secretária da Saúde, Lucimeire Rocha. Segundo a Prefeitura, Lucimeire contraiu a Covid-19 em maio, teve alta e voltou a ser diagnosticada para a doença no final de julho.

O estado do Ceará anota seis casos, todos em profissionais da saúde. Segundo o governo, os diagnósticos foram feitos com uma diferença de 47 a 75 dias e estavam baseados em amostras do teste RT-PCR.

O local que mais investiga casos no momento é o Hospital das Clínicas de São Paulo, onde 28 possíveis reinfecções são acompanhadas.

CNN BRASIL - @plantaocaico