segunda-feira, 30 de novembro de 2020


Promotorias de justiça de Caicó suspende expediente presencial


A Procuradoria-geral de Justiça comunica aos integrantes deste Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, e à população em geral, que, considerando a identificação de vários casos confirmados de Covid-19 entre a equipe de apoio das Promotorias de Justiça de Caicó nesta semana, ficará suspenso o expediente presencial na referida sede até dia 04 de Dezembro de 2020.

@plantaocaico 

Com bandeira vermelha, conta de luz ficará mais cara a partir desta terça-feira (01)



Com a falta de chuvas na região dos reservatórios de algumas das principais usinas hidrelétricas do país, as contas de luz ficarão mais caras a partir desta terça-feira. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, na noite desta segunda, retomar a cobrança das bandeiras tarifárias nas contas de energia.

Em reunião extraordinária, os diretores da agência também já decidiram acionar a bandeira vermelha no segundo patamar, a mais alta categoria desse sistema. A taxa extra será de R$ 6,243 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

A cobrança da taxa extra estava suspensa desde maio deste ano, por conta da crise econômica causada pelo coronavírus.

— A diretoria da Aneel resolve reativar a sistemática do sistema de acionamento das bandeiras a partir de 1º de dezembro de 2020 e operará no país a bandeira vermelha patamar dois — disse o diretor-geral da Aneel, André Pepitone.

A decisão ocorre porque o nível dos reservatórias de algumas usinas hidrelétricas está muito baixo. Isso obriga o governo a acionar usinas térmicas, que têm custo mais alto. Esse custo extra é repassado ao consumidor.

— Se mostra necessário reativarmos a bandeira para conscientizarmos a população do uso racional e eficiente da energia elétrica — disse o diretor da Aneel Efrain Cruz.

Segundo Cruz, além do baixo nível dos reservatórios, há uma tendência de recuperação de carga da energia aos patamares pré-crise, o que demonstra a necessidade de reestabelecer as bandeiras tarifárias no curto prazo.

Os valores das bandeiras tarifárias são atualizados todos os anos e levam em consideração parâmetros como estimativas de mercado, inflação, projeção de volume de usinas hidrelétricas, histórico de operação do Sistema Interligado Nacional.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela Aneel como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia gerada por meio de usinas térmicas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade.

Quando chove menos os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais térmicas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

Fonte: O Globo - @plantaocaico 


Confirmado 59 novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (30), em Caicó



📶 Nesta segunda-feira (30), a Secretaria Municipal de Saúde informa mais 59 novos casos confirmados de COVID-19, positivos (29 homens e 30 mulheres) e 37 recuperados. 

CASOS POR BAIRROS:
 ✔11 - Centro;
✔12 - Paraíba;
✔01 - Samanaú;
✔03 - Boa Passagem 
✔02 - Walfredo Gurgel;
✔04 - Paulo VI;
✔01 - IPE
✔01 - Serrote Branco;
✔01 - Acampamento;
✔02 - Maynard;
✔04 - Alto da Boa Vista;
✔02 - Vila Altiva;
✔01 - Barra Nova;
✔04 - Penedo;
✔01 - Adjuto Dias;
✔01 - Nova Caico;
✔01 - Frei Damião;
✔01 - João Paulo II;
✔01 - Canutos e Filhos;
✔01 - Recreio;
✔04 - Darcy Fonseca.

TIPOS DE TESTES:
Sorologia-> 01
TR-> 01
RT-PCR -> 57

@plantaocaico 

COVID: Brasil registra 287 óbitos e 21 mil casos nas últimas 24h


O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta segunda-feira (30):

Registro de 287 óbitos nas últimas 24h, totalizando 173.120 mortes;

Foram 21.138 novos casos de coronavírus registrados, no total 6.335.878 pessoas já foram infectadas.

O número total de recuperados do coronavírus é 5.601.804, com o registro de mais 22.993 pacientes curados. Outros 560.954 pacientes estão em acompanhamento.

@plantaocaico 

Rússia anuncia que começou a vacinar população contra Covid-19 com imunizante em testes


A Rússia anunciou nesta segunda-feira que começou a vacinar a população com a vacina Sputnik V, que foi registrada no país em setembro a despeito dos ensaios clínicos ainda não terem sido concluídos. O país entregou o primeiro lote conhecido do imunizante a um hospital de Moscou. O Hospital Central de Domodedovo informou que a imunização começou na semana passada. 

O site da instituição informa que residentes interessados em serem vacinados devem se registrar em uma plataforma do governo com antecedência. Outro pré-requisito é apresentar um teste de Covid-19 atestando que não houve contágio pelo novo coronavírus e documentos de identificação.

Os casos da Covid-19 na Rússia cresceram de forma expressiva a partir de setembro, mas o governo tem resistido a adotar um lockdown rígido, como alguns países da Europa Ocidental que enfrentam uma segunda onda da doença. Autoridades têm defendido que medidas pontuais são suficientes para contornar a crise. 

Segundo números oficiais do governo russo, 26.338 novos casos foram registrados nesta segunda-feira, incluindo 6.511 na capital e 3.691 em São Petersburgo, segunda cidade mais importante da Rússia, além de 368 óbitos nas últimas 24 horas. Ao todo, o país já soma 2.295.654 infectados e 39.895 vítimas fatais desde o início da pandemia.

No Brasil, os estados do Paraná e da Bahia formalizaram acordos com a Rússia visando a encomenda de doses e a produção da Sputnik V no país. No entanto, o laboratório Nikolai Gamaleya não formalizou pedido de testes ou de registro da vacina junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no momento.

Na China, cambistas atuam na vacinação

De acordo com o New York Times, a China, primeiro país afetado pelo novo coronavírus, no fim de 2019, também tem disponibilizado vacinas candidatas contra a Covid-19 de forma ampla sem garantias de segurança e eficácia destes imunizantes ao longo dos últimos meses.

As ressalvas não têm sido um problema para boa parte dos chineses, que já disputam doses e pressionam estoques de laboratórios com a crescente demanda.

A reportagem do Times mostrou que cidades já limitam a aplicação de doses, enquanto outras regiões exigem a comprovação de viagens rotineiras para autorizar a imunização.

A demanda além da capacidade de laboratórios levou inclusive à negociação de indicações para vacinação por cambistas, conhecidos como "vacas amarelas" na China, por até US$ 1.500 (mais de R$ 8.100). Antes da nova oportunidade, esses indivíduos negociavam novos modelos de celulares como o iPhone e passagens vantajosas de trem.

Especialistas alertam que a adesão voluntária a imunizantes sem comprovação científica pode representar grandes riscos por diferentes razões. Pessoas que receberam vacinas que posteriormente se demonstrarão ineficazes contra o Sars-CoV-2 podem acreditar que estão seguras e se expor em situações de contágio em potencial. Esses indivíduos também podem ser impedidos de receber doses de uma fórmula eficaz por já terem sido imunizados, além de possíveis efeitos colaterais não serem descartados. 

Fonte: O Globo - @plantaocaico 


Mulher ganha R$ 60 mil em doações ao fingir ter câncer para fazer casamento



Toni Standen, de 29 anos, ganhou mais de 8 mil libras esterlinas (cerca de R$ 60 mil) em doações após fingir ter câncer no ovário. A farsa teria acontecido porque a mulher queria realizar o “casamento dos sonhos”. Além disso, a inglesa ainda reforçava o discurso dizendo que o pai também estava com a doença e sonhava que ele pudesse levá-la ao altar. Na última semana, Toni se considerou culpada por fraude e falsa representação durante audiência, e agora aguarda julgamento. Se condenada, o juiz pode determinar que ela devolva o dinheiro das doações.

Durante a farsa, a noiva raspou a cabeça e ainda concedeu entrevistas para jornais locais nos quais afirmava que o câncer no ovário tinha se tornado terminal pois passou “para o cérebro, ossos e estava em toda a parte”.

A mulher ainda afirmava que o pai dela, Derek, também estava com a doença e que sonhava que ele a levasse até o altar, mas não tinha condições financeiras de arcar com os custos do casamento. Diante do caso, os amigos de Toni fizeram uma campanha de financiamento coletivo para conseguir arrecadar fundos para que a mulher e o parceiro dela, James, pudessem ter um “casamento que eles merecem” e ainda ter o pai dela no evento.

Segundo o site Mirror, o pai de Toni morreu antes do casamento — não foi informada a causa da morte dele —, mas ele teria gravado um vídeo para ser reproduzido no evento. Convidados informaram que depois do vídeo emocionante, a noiva começou a fazer piadas e dar risadas, como se não tivesse lamentando a perda paterna. Após o casamento com 150 convidados no condado de Cheshire, na Inglaterra, o casal foi até um hotel e depois seguiram para a lua de mel na Turquia.

A colega de faculdade da mulher, Cheryl Aston, doou 595 libras esterlinas (mais de R$ 4 mil) para Toni e disse que a atuação da suspeita com a mentira foi “muito boa”.

“Ela [Toni] poderia ter ganhado um Oscar, sua atuação foi muito boa. Ela enganou a todos nós. Estávamos todos completamente absorvidos [pela história que ela contava]. Ela me disse que estava morrendo e eu caí nessa”, explicou.

Os amigos começaram a achar o discurso da doença estranho quando Toni contou que estava com coronavírus, em abril deste ano, e levantou a suspeita dos colegas que decidiram questioná-la sobre a veracidade da doença.

“Telefonamos para ela para uma conversa a três e gravamos. Perguntamos diretamente: ‘Você realmente tem câncer?’. Ela começou a chorar e admitiu que era tudo mentira [sobre o câncer]. Encerramos a ligação e ligamos imediatamente para a polícia”, disse uma pessoa.

Na última semana, Toni se considerou culpada por fraude e falsa representação entre fevereiro de 2019 e abril de 2020. Segundo o site Liverpool Echo UK, diante do Tribunal de Magistrados de Chester, o marido de Toni apoiou a mulher, enquanto o juiz distrital Nicholas Sanders afirmou que ela cometeu uma “terrível quebra de confiança”.

Agora, o juiz pode determinar que Toni devolva o dinheiro obtido com as doações. A mulher ainda passará por julgamento, que ainda não possui data para acontecer.


Foto: Reprodução/Liverpool Echo UK - UOL - BG - @plantaocaico 


Brasil registra 5.578.118 pacientes curados do coronavírus


O Brasil registrou neste domingo (29), mais 15.579 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 5.578.118 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas já representa 88,3% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é vezes superior ao número de casos ativos (563.789), que são os pacientes em acompanhamento médico.

@plantaocaico