segunda-feira, 14 de dezembro de 2020


Covid : Paulinho, vocalista do grupo Roupa Nova morre no Rio de Janeiro


O cantor Paulo César Santos, Paulinho do grupo Roupa Nova, morreu na noite desta segunda-feira (14) aos 68 anos. ⠀ Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D'or, na Zona Sul do Rio. No início de novembro, Paulinho foi internado com Covid-19.

@plantaocaico 

36 novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (14), em Caicó



BOLETIM COVID-19: Caicó       

A Secretaria Municipal de Saúde informa mais 36 novos casos confirmados de COVID-19, positivos (17 homens e 19 mulheres) e 80 recuperados neste 14 de Dezembro de 2020.

Comunicamos o QUINQUAGÉSIMO e QUINQUAGÉSIMO PRIMEIRO ÓBITOS do município de Caicó ocorridos hoje, 14 de Dezembro de 2020, no Hospital Regional do Seridó.

O quinquagésimo trata-se de uma mulher de 84 anos com comorbidades, residente no bairro Paraíba.
O quinquagésimo primeiro refere-se a um homem de 53 anos com comorbidades, residente no bairro João XXIII.

CASOS POR BAIRROS:
* 02 - Centro;
* 04 - Paraíba;
* 05 - Paulo VI;
* 01 - Barra Nova;
* 02 - Recreio;
* 02 - João XXIII;
* 02 - Boa Passagem ;
* 01 - Acampamento ;
* 01 - Adjuto Dias;
* 02 - Nova Descoberta;
* 01 - Canutos e Filhos;
* 02 - João Paulo II;
* 01 - Nova Caicó;
* 02 - Serrote Branco;
* 01 - Zona Rural;
* 01 - Samanaó;
* 01 - Vila di Príncipe;
* 01 - Maynard;
* 02 - Castelo Branco;
* 01 - Vila Altiva;
* 01 - Penedo.

TIPOS DE TESTES:
* Sorologia-> 00
* TR-> 16
* RT-PCR -> 20

@plantaocaico 

Clínicas privadas querem oferecer vacina contra covid-19 no início de 2021

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou ao Poder360 que assim que um imunizante contra a covid-19 for autorizado para o sistema público, ele poderá também ser aplicado por hospitais e clínicas particulares. Isso deverá valer já no começo de 2021 –quase ao mesmo tempo em que a vacina começar a ser aplicada pelo serviço público de saúde nos Estados.

O presidente da ABCvac (Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas), Geraldo Barbosa, disse que foi informado de que a permissão será simultânea para a rede particular e o setor público no fim da semana passada. Antes, a interpretação era de que essa autorização viria só mais tarde.

A associação não contestava a ideia de que o setor privado ficasse para depois. Ofereceu a estrutura das clínicas para treinamento de equipes de saúde pública e até mesmo como espaços para a aplicação das vacinas. A remuneração seria pelo custo. Não houve resposta do governo a essa proposta.

Barbosa afirma que a opção de iniciar a vacinação simultânea poderá ser vantajosa para o governo. As pessoas que se dispuserem a pagar pela vacina livrarão o governo do custo e contribuirão para acelerar a imunização. “São as que têm maior preocupação em voltar a trabalhar normalmente, portanto isso também ajudará na recuperação da economia”, disse Barbosa.

O presidente da ABCvac disse que as clínicas e hospitais só importarão vacinas quando tiverem permissão definitiva. Não podem contar apenas com uma interpretação das regras. “Precisaremos de uma resposta oficial, que ainda não existe”, afirmou.

A associação conversa com os 4 laboratórios que fornecerão imunizantes a governos: Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Sinovac. Eles informaram que poderão ter estoques disponíveis para venda nos primeiros meses de 2021.

A associação também procurou laboratórios que não estão em negociação com governos, cujos nomes são mantidos em segredo. Desses, 2 estão na fase 2 de testes, e, 7, na fase 3 (última fase). Barbosa afirma que se esses fabricantes conseguirem autorização nas agências reguladoras de seus países, o processo no Brasil poderá ser acelerado.

Ainda não está claro quanto vai custar a dose de vacina na iniciativa privada. Hoje, há informações de compras governamentais com os seguintes custos:

AstraZeneca – de US$ 4 a US$ 30;

Pfizer e Moderna – de US$ 10 a US$ 50;

CoronaVac – de US$ 10,30 a US$ 30;

Sputnik V – US$ 10;

Janssen – US$ 10;

Novavax – US$ 16.

As clínicas de vacinação faturam R$ 1 bilhão por ano no Brasil. Em 2021, Barbosa espera o dobro disso. E não só pela covid-19. “O debate sobre vacinas ampliou o interesse pela imunização.”

Poder 360 - @plantaocaico 

O Hospital Regional do Seridó comemora mais de 600 altas hospitalares


Com muita alegria mais 04 pacientes confirmados COVID-19 tiveram alta hospitalar nesta segunda-feira (14) do Hospital Regional Telecila Freitas Fontes.

Município de residência dos pacientes:
📍Caicó - 01
📍Cruzeta - 02
📍Ouro Branco - 01

Os pacientes ficarão em isolamento domiciliar monitorados pela secretaria de saúde do seu município.

#HRS - @plantaocaico 


Emancipação política: Quarta-feira será feriado municipal em Caicó



Na próxima quarta-feira (16), a cidade de Caicó comemora a sua Emancipação Política (152 anos). A prefeitura de Caicó confirma que através da Lei Municipal Nº 3148, de 19 de julho de 1988 é decretado feriado municipal neste dia. 

Em relação as atividades comerciais da cidade, há uma recomendação da Casa do Empresário para que o comércio abra nesta quarta-feira (16) em virtude também da importância do período natalino para o aquecimento das vendas e que a folga dos comerciários seja transferida para o dia 02 de janeiro de 2021.

@plantaocaico 

Conta de energia 8% mais cara no mês de Dezembro


A Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu reativar o sistema de acionamento das bandeiras tarifárias desde do último dia 1º de dezembro, diante da deterioração do nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas. A bandeira que está vigorando é a vermelha patamar 2, que representa um adicional tarifário de R$6,243 a cada 100 kWh consumido por mês. 

Isso acontece quando os reservatórios estão sem água suficiente e o Operador Nacional do Sistema Elétrico precisa acionar mais usinas termelétricas, para garantir a eletricidade aos consumidores. No Estado do Rio Grande do Norte, a bandeira tarifária vermelha representará um aumento médio de 8% na tarifa de energia dos consumidores residenciais e comerciais! Fuja da Bandeira tarifária vermelha e invista em Energia solar! 

Uma oportunidade única para quem quer ter previsibilidade nos gastos e economizar até 95% na conta de luz! 

Faça um orçamento com a empresa que mais cresce no mercado de energia solar.

84 : 9.9104-6111 ou 9.9931-2295
Ou visite o nosso escritório : Av. Dr. Pires Ferreira - 445, Centro de Caicó/RN.



Corpo de Bombeiros de Caicó inicia campanha de doação para familia


Corpo de Bombeiros de Caicó inicia campanha de doação para a mãe e recém-nascido Os bombeiros de Caicó iniciaram, nesta segunda-feira (14), uma campanha para ajudar a família da gestante, que contou com a ajuda de dois militares neste final de semana, durante um parto de emergência. O Soldado Thiago Araújo relatou que a família enfrenta diversas dificuldades no dia a dia. As doações em alimentos e roupas podem ser deixadas no Quartel dos Bombeiros, no bairro Samanaú, em Caicó.

@plantaocaico 

Ocupação de leitos covid no RN cai para 60%


Após a reativação de leitos críticos específicos para Covid-19 no RN, a taxa de ocupação caiu para 63,76% (139 pacientes internados). Há 71 (32,5%) leitos disponíveis para novas regulações. Até esta manhã, o Estado contava com 218 leitos para o tratamento da doença.

A região Oeste do Estado permanece com o maior percentual de leitos, 74,2%. Já na região metropolitana, a ocupação é de 67%; Seridó tem 48,6% dos seus leitos críticos ocupados.

@plantaocaico 


Com 1,3 milhão de registros, 2020 já bate recorde de mortes anuais no País

O ano ainda não terminou, mas já se sabe que 2020 baterá recorde no número de mortes no Brasil. Impulsionado pelos óbitos causados pela covid-19, até novembro foram emitidos 1.314.097 registros de óbitos, segundo dados dos cartórios disponibilizados pela Arpen Brasil (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais). Mesmo faltando um mês para fechar a contabilidade do ano, o número de mortes computadas já supera o total de 2019, quando foram 1,25 milhão de registros no país —era o maior número contabilizado entre todos os anos até aqui. A covid-19 é a principal causa de morte dos brasileiros este ano: entre março e novembro foram 167 mil declarações de óbito da doença causada pelo novo coronavírus. 

Estadão - @plantaocaico