segunda-feira, 28 de dezembro de 2020


Agricultora caicoense está precisando de ajuda

Essa é ANA SANTANA esposa de Carlindo Sertanejo, eles moram no Sítio Inês Velha, na Zona Rural de Caicó.

A Ana Santana sofreu um AVC há uns 4 meses e está em tratamento, precisando da nossa ajuda. 

De acordo com sua irmã Ana Santana a Família que não tem quase nenhuma condição financeira está tendo que arcar com os custos da fisioterapia já que o SUS ainda não liberou o procedimento, além de comprar fraldas e vários suprimentos, como os da foto abaixo.

Quem quiser doar suprimentos pode ligar para o contato (84) 99936-9293 e falar com Aparecida (irmã da Ana Santana), ou quem desejar doar em dinheiro segue a conta:

MARIA APARECIDA ALVES DE ARAUJO

Agência: 0758
Operação: 013
Conta: 45508-7
Caixa Econômica Federal
CPF da Titular: 063.344.674-25

#MarcosDantas - @plantaocaico 


Lancha explode no litoral de São Paulo


Uma lancha de grande porte explodiu na manhã desta segunda (28) em Bertioga, no litoral de São Paulo, e causou um incêndio na marina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, três pessoas que estavam na embarcação ficaram feridas. As causas não foram divulgadas.

@plantaocaico 

104 novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (28), em Caicó

Nesta segunda-feira (28), a Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 104 (CENTO e QUATRO) novos casos de COVID-19 no município, sendo TODOS comunitários.

Com relação aos casos de hoje, foram 48 homens e 56 mulheres. Deste 04 são crianças.

Os casos residem:

04- Acampamento;
05- Alto da Boa Vista;
07- Barra Nova;
06- Boa Passagem;
24- Centro;
05- Castelo Branco;
01- Canutos e Filhos;
04- João XXIII;
01- Itans;
05- Maynard;
02- Nova Descoberta;
01- Nova Caicó;
11- Paraíba;
07- Penedo;
06- Paulo VI;
01-Recreio;
01- Soledade;
01- Santa Costa;
02- Samanaú;
02- Serrote Branco;
02- Vila Altiva;
06- Walfredo Gurgel.

Destes 20 foram confirmados por TR e 84 foram confirmado por RT-PCR.

Informamos a RECUPERAÇÃO de 10 pessoas na comunidade.

@plantaocaico 

Visitas presenciais são suspensas na Cadeia Pública de Ceará-Mirim após preso testar positivo para Covid-19

As visitas presenciais na Cadeia Pública Dinorá Simas Deodato, em Ceará-Mirim, na Grande Natal, foram suspensas nesta segunda-feira (28) após um preso testar positivo para a Covid-19 - ele está isolado e apresenta sintomas leves da doença. Essa é a sétima unidade do estado a voltar a suspender as visitas em dezembro. Com isso, as visitas virtuais serão mantidas e em janeiro serão ampliadas, segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap). De acordo com a pasta, o sistema prisional do RN tem 10.700 internos e 18 casos confirmados de Covid-19. Desde o dia 10 de dezembro, as visitas estão suspensas em outras cinco unidades prisionais das regiões Oeste, Alto Oeste e Seridó potiguar. O motivo foi o aumento no número de casos e na ocupação dos leitos críticos nessas localidades. No dia 16, foi a vez da Penitenciária de Alcaçuz, a maior do estado, também fechar para visitação após um interno se contaminar com o coronavírus. Segundo o comitê de crise da Seap, a suspensão das visitas na Cadeia Pública de Ceará-Mirim atende uma resolução interadministrativa. O artigo 16 da resolução aponta que as visitas devem ser suspensas caso a taxa de ocupação de leitos de UTI esteja superior a 80%, se houver decreto de lockdown, se houver porcentagem de servidores contaminados igual a 20% do efetivo da unidade ou se houver registro de contaminação de algum detento nos últimos 15 dias. Após a confirmação do caso do preso, as celas e ambientes de uso comum da Cadeia de Ceará-Mirim passam por um processo de desinfecção. A Seap também informou que reforçou a fiscalização do uso de equipamentos de proteção individual por servidores e internos, além dos protocolos de segurança sanitária contra o Covid-19. Segundo a Seap, o programa de visita remota foi 100% ampliado após as suspensões nas unidades. A pasta reforçou que vai aumentar a oferta em janeiro, com mais computadores. A televista garante o direito, por exemplo, ao grupo de risco do Covid-19 poder falar com o parente encarcerado.

Detran-RN divulga calendário 2021 de licenciamento de veículos


O Calendário de Licenciamento de Veículos 2021 foi divulgado pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) no Diário Oficial do Estado (DOE) da quinta-feira (24). O valor da taxa não sofreu reajuste permanecendo R$ 90,00 independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte. A medida é disciplinada através da Portaria 997/2020-GADIR, que estabelece um calendário que separa os períodos de pagamento pelo final da placa correspondente a cada veículo. A tabela indica que o primeiro grupo a efetuar o pagamento é o dos veículos com finais de placas 1 e 2, com datas de quitação da taxa para os dias 17 e 18 de fevereiro, respectivamente. O calendário tem seu término no mês de junho, no caso dos carros com final de placa 9 e 0, com vencimento programado para os dias 09 e 10 do mês citado anteriormente. Logo os boletos estarão disponíveis no site do Detran para impressão e pagamento da guia. Para ter acesso à página de emissão de boletos é simples, basta que o usuário vá até o endereço eletrônico da instituição digitando www.detran.rn.gov.br. Com a página aberta, o cidadão clica no botão “Veículos”. Logo em seguida é mostrada uma página onde é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do automóvel a ser consultado. Dessa forma é possível ter acesso ao ambiente online onde fica disponível o boleto referente a taxa de licenciamento, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado. Segundo dados do setor de Estatística do Detran, há no Rio Grande do Norte 1.384.510 veículos registrados e aptos a quitar o licenciamento 2021. Natal (424.513) e Mossoró (176.316) são os dois primeiros municípios no ranking de maior quantidade absoluta de automóveis, correspondendo a 30,66% e 12,73% do total da frota do Estado, respectivamente.
 
#Detran_RN  - @plantaocaico 

Covid-19 pode diminuir tamanho do pênis, diz estudo

Um estudo que investiga as sequelas de longo prazo da covid-19, publicado neste domingo na plataforma científica MedRxiv, concluiu que a covid-19 pode diminuir o tamanho do pênis. O estudo começou a investigar as consequências que o vírus pode deixar no corpo das pessoas há sete meses, e foi conduzido com mais de 3 mil pacientes de 56 países. Além de 3% dos homens terem relatado uma diminuição no tamanho de seu órgão genital, 15% deles relataram algum tipo de disfunção sexual e 11% relataram dor nos testículos. Já em relação às mulheres, 26% das que menstruam relataram irregularidade nos ciclos, e 36% relataram algum tipo de problema menstrual. Algum tipo de disfunção sexual também foi relatado por 8% delas. No entanto, as sequelas no sistema reprodutivo estão longe de ser as mais presentes nos voluntários que participaram do estudo. A maior parte deles, mesmo após sete meses de recuperação, relatou ainda sentir fadiga (de 75% a 80%, dependendo da idade), mal-estar pós-esforço (até 75%) e algum tipo de disfunção cognitiva (de 52% a 59%). Dentre as sequelas neurológicas mais relatadas, estão a dificuldade de concentração (75%) e dificuldade de raciocínio (65%). Além disso, 73% dos pacientes relataram também algum tipo de problema de memória. Dentre estes, a maioria (65%) relatou problemas com a memória de curto-prazo e 35% teve problemas com memórias mais antigas. “Uma das maiores descobertas para mim foi que não houve diferença na idade para a disfunção cognitiva, perda de memória ou impacto disso na vida diária! Isso aconteceu com tanta frequência no grupo de 18 a 29 anos quanto no grupo com mais de 70 anos”, escreveu a pesquisadora Hannah Davis, uma das autoras do estudo. O estudo foi feito por voluntários e membros de um grupo de apoio que, desde abril, se dedica a investigar os efeitos a longo prazo da covid-19, e ainda precisa ser revisto por pares. 

O Dia - @plantaocaico 

Petrobras eleva diesel em 4% e gasolina em 5% a partir de terça-feira


A Petrobras elevará em 4% o preço médio do diesel em suas refinarias e em 5% o da gasolina a partir de terça-feira (29), informou a companhia nesta segunda-feira, por meio da assessoria de imprensa.

Este é o segundo aumento deste mês, após uma redução de 2% no preço da gasolina da Petrobras, anunciada no início de dezembro. Naquela oportunidade, o diesel ficou estável.

No dia 15 de dezembro, no entanto, a Petrobras informou que o preço do diesel em suas refinarias aumentaria 4% em média, e a cotação da gasolina teria alta de 3%. Agora, a empresa parte para o segundo aumento.

Em novembro, o preço da gasolina também teve duas altas seguidas, de 4% e 6%.

Fonte: Reuters - @plantaocaico 


Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital




Os cartórios brasileiros já podem autenticar documentos por meio eletrônico. O novo serviço possibilitará a certificação de cópias de forma online pelo site oficial da CNAD. A proposta visar contemplar a digitalização de outros serviços que já estavam sendo prestados na plataforma de atos notoriais eletrônicos chamada e-Notoriado. Entre eles, assinaturas digitais de escrituras, procurações por videoconferência, atas notariais e testamentos, bem como separações e divórcios extrajudiciais. Segundo o Colégio Notarial do Brasil (CNB), órgão responsável por gerir o módulo da Central Notarial de Autenticação Digital (Cenad), o novo recurso permite “a materialização e a desmaterialização” de autenticações em diferentes cartórios, registra a Agência Brasil. Dessa forma, torna mais rápido o envio do documento certificado para pessoas ou órgãos, além de verificar de forma segura a autenticidade do arquivo digital. A Cenad foi é o único meio nacional válido para a autenticação digital de documentos. Para tanto, será necessária a apresentação de um documento originalmente físico, junto a algum cartório de notas, para que ele seja digitalizado para, então, ser enviado para autenticação. Segundo a presidente do CNB, Giselle Oliveira de Barros, o novo procedimento permite ao usuário trabalhar com o documento eletrônico, mas com segurança jurídica. “Após o documento ser autenticado pela Cenad, ele pode ser enviado eletronicamente (email, whatsapp ou qualquer outra ferramenta) a órgãos públicos ou pessoas físicas e jurídicas para a concretização de negócios, tendo o mesmo valor que o documento original, físico ou digital, apresentado pelo cidadão”, informou.

@plantaocaico 

Após suspensão de reajuste, planos de saúde ficarão mais caros em 2021


Os planos de saúde ficarão mais caros a partir de janeiro de 2021. O aumento se deve à suspensão do reajuste em 2020 por causa da pandemia. Os boletos deverão trazer as cobranças de valores que deixaram de ser pagos neste ano, de forma parcelada em até 12 vezes, além da mensalidade. A informação é do Globo.

O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) tentou impedir a cobrança retroativa na Justiça, até que a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) criasse uma câmara técnica para discutir o tema. No entanto, o pedido foi negado.

O Brasil tem 47,2 milhões de usuários de planos de saúde, segundo a ANS. Para 20 milhões, a correção do valor chegará em janeiro. Desses, 5,3 milhões trocaram de faixa de etária e tiveram o aumento no plano referente à mudança de idade suspenso de setembro a dezembro deste ano.

No caso dos planos familiares ou individuais, o percentual máximo de reajuste (para os que foram contratados a partir de 1999 e os antigos adaptados) é de 8,14%.

Eis os tipos de contrato que tiveram o reajuste suspenso em 2020:

– planos individuais;

– planos coletivos;

– planos empresariais com até 29 usuários.

Os contratos que tiveram reajustes suspensos de setembro a dezembro terão a recomposição desses 4 meses aplicada a partir de janeiro de 2021, em 12 parcelas iguais. No caso dos planos individuais, a ANS adiou a divulgação do percentual máximo de correção que deveria seria aplicado a partir da mensalidade de maio.

Com isso, não houve reajuste em 2020, sendo necessário recompor 8 meses, não apenas 4, como nos demais planos. A diferença desses 8 meses sem reajuste será cobrada a partir de janeiro, também diluída em 12 parcelas iguais.

Poder 360 - @plantaocaico 


Ministério da Infrastrutura estuda construção de super Porto no RN no valor de 6 bilhões


O Rio Grande do Norte poderá ter, num prazo mínimo de 3 anos, caso o projeto seja aprovado e financiado, um novo porto às margens do Rio Potengi, em Natal. Chamado de Terminal Oceânico do Rio Grande do Norte – Complexo Portuário “Porto Potengi”, o empreendimento deverá custar R$ 6,380 bilhões, incluindo um ramal ferroviário saindo de Natal e passando por Assu, Macau, Mossoró,Jucurutu e Caicó além de uma terceira ponte ligando o novo Porto ao Bairro do Alecrim em Natal.

@plantaocaico