Caicó registra 11 novos casos de Covid-19 e mais um óbito neste sábado (16).


A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 11 ( ONZE) novos casos de COVID-19 no município.
Com relação aos casos de hoje, foram  05 homens e  06 mulheres, destes 01 criança.
Os casos residem: 

01 - Boa Passagem;
05 - Centro;
01- Castelo Branco;
01- Dracy Fonseca;
01- Maynard;
01- Penedo;
01-Vila Altiva.                                                                                                                                
 Destes 01 foi confirmado por TR e 10  por RT-PCR.

Comunicamos o 72º (SEPTUAGÉSIMO SEGUNDO) ÓBITO  do município de Caicó ocorrido no dia 16 de janeiro de 2021, na Casa de Saúde São Lucas, Natal - RN. Trata-se de um homem de 77 anos com comorbidade, residente no bairro Penedo.
Reforçamos a importância das medidas preventivas, como distanciamento social, etiqueta respiratória, higienização das mãos e uso de máscara quando precisar sair de casa.

@plantaocaico 

Butantan vai cancelar acordo com mais de 180 cidades para fornecer Coronavac


butantan vai cancelar acordo com mais de 180 cidades para fornecer coronavac 6001bde5ec692 Butantan vai cancelar acordo com mais de 180 cidades para fornecer Coronavac

O Instituto Butantan deve comunicar na próxima segunda-feira (18) que todos os acordos com cidades estão cancelados. Segundo o presidente do instituto, Dimas Covas, todas as doses da Coronavac serão entregues ao Ministério da Saúde assim que a Anvisa aprovar o uso emergencial ou o registro da vacina.

Segundo noticiou a CNN, a agência discute neste domingo (17) o pedido para que as 6 milhões de doses já prontas do imunizante sejam autorizadas para o uso de grupos específicos no país.

Cerca de 184 municípios estavam interessado em adquirir diretamente a Coronavac, dentre eles Curitiba, Belo Horizonte e o Rio de Janeiro. Na Bahia, cidades como Amargosa, Itaberaba, Vera Cruz e Mutuípe anunciaram a assinatutra de acordos junto ao instituto paulista. Estas doses agora serão distriuídas por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

“O critério é populacional. Todos os estados vão receber da mesma maneira. O acordo com os municípios era para o caso de o Ministério se recusar a comprar a vacina, mas como firmamos a parceria isso não vai acontecer”, disse Dimas Covas.

🔵 @plantaocaico 🔵


Morre em Natal o médico caicoense João Tarcísio



Faleceu neste sábado (16), no Hospital São Lucas, em Natal, onde estava internado na UTI com Covid-19, o médico João Tarcísio de Sena.

Era ortopedista e médico do trabalho e trabalhou por muitos anos no Cerest em Caicó.


@plantaocaico 



Gustavo Lima freta avião cargueiro para enviar oxigênio para Manaus


Um avião cargueiro foi enviado para Manaus com 150 cilindros de oxigênio, cada um com 50 litros de oxigênios doados pelo cantor sertanejo Gustavo Lima. Ele fretou um Boeing, que saiu de Goiânia (GO), para levar a carga para Manaus. Gustavo é apenas um dos artistas que está fazendo uma intensa mobilização para tentar ajudar o Amazonas na crise pela falta de oxigênio. Também estão fazendo doações os humoristas Whindersson Nunes, Tirulipa, Tom Cavalcante, Tatá Wernek, a apresentadora Xuxa Meneghel, o ator Bruno Gagliasso, dentre muitos outros. Em stories no seu perfil do Instagram, Gustavo disse que mandou para Manaus a quantidade de cililndros que coube dentro do boeing. Ele disse ainda que a distribuição dos cilindros em Manaus será feita pela empresária Bete Dezembro, a quem agradeceu pelo apoio e parceria. Na última quinta-feira (14), o oxigênio acabou em várias unidades de saúde da capital, levando à morte muitos pacientes que estavam internados.
🔴 @plantaocaico 🔴


Energia solar cresce 70% no Brasil apesar da pandemia e espera 2021 positivo


A indústria de energia solar está radiante. Ela conseguiu bater recordes em 2020, enquanto alguns setores da economia tiveram dificuldades por causa da pandemia. A instalação de painéis solares cresceu 70% no ano passado, gerando 7,5 gigawatts –o que representa quase metade da hidrelétrica de Itaipu.

Tanto o comércio como casas estão optando pela instalação de placas de captação de energia solar para reduzir a conta de luz. Um exemplo: o Cadeg, mercado municipal do Rio de Janeiro, instalou 5.000 placas fotovoltaicas no telhado em 2018, o que permitiu poupar R$ 900 mil na conta de luz.

Por mais que 2020 tenha sido um ano bom para a indústria, vale dizer que foi só a cereja de um bolo que vem crescendo há 10 anos. Isso porque o preço dos equipamentos caiu quase 90% por causa de facilidades dadas pelos governos, deixando essa tecnologia cada vez mais acessível aos consumidores em geral.

A incidência de raios solares no território brasileiro também favorece a produção. Enquanto a Europa conta com uma capacidade limitada a 10% de produção, aqui no Brasil esse número triplica graças à posição geográfica do país. Isso sem contar facilidade econômicas: há 70 linhas de crédito (públicas e privadas) para quem quer investir nesse tipo de energia.

Perspectiva de crescimento em 2021

Embora tanto especialistas como a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) estejam evitando projeções para 2021, a expectativa é de que o sol há de brilhar mais uma vez neste ano.

Em outubro de 2020, a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) divulgou um comunicado dizendo que muitos países pretendem diminuir a emissão de carbono na próxima década e, por ser uma fonte de energia renovável (ou seja, que é naturalmente abastecida), a geração solar deve se firmar como a “rainha da eletricidade” graças ao crescimento global de 12% ao ano. Aqui no Brasil, a tendência é acompanhar esse crescimento.

Está tramitando em carácter de urgência na Câmara dos Deputados o projeto de lei 5829/19, que beneficia consumidores que geram a própria energia elétrica, sobretudo a partir de fontes renováveis (solar, eólica, biomassa), e injetam o excedente na rede de distribuição local.

Além disso, as casas do programa federal Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa, Minha Vida) também devem contar com o sistema de energia solar.

CNN Brasil - @plantaocaico 


Covid-19: vacina russa Sputnik V começou a ser produzida no Distrito Federal


crédito: NATALIA KOLESNIKOVA / AFP


A produção industrial da vacina russa contra a covid-19, a Sputnik V, teve início nesta sexta-feira (15/1) no Distrito Federal. A informação foi confirmada pela farmacêutica União Química, responsável pelo imunizante na América Latina.

Apesar da produção local, inicialmente, as doses serão exportadas para países que já registraram o imunizante, como Argentina e Bolívia. Para a distribuição e uso em território nacional, é necessário que a empresa tenha autorização da Anvisa, que recebeu o pedido de realização de testes em 29 de dezembro.

Além da russa, no DF, a Universidade de Brasília (UnB) foi responsável pelos testes da vacina chinesa Coronavac.

Antes de pedir o uso emergencial da vacina no Brasil, primeiramente é necessária a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para início do estudo clínico. Autoridades russas anunciaram que entrariam, nesta semana, com solicitação para aplicação da Sputnik V no país, mas, até o momento, a Anvisa não liberou a etapa anterior.

“Assim que tivermos a autorização da fase 3, entraremos com pedido emergencial. Negociamos com RDIF (sigla em inglês para Fundo Russo de Investimento Direto) 10 milhões de doses da Sputnik V para o Brasil no primeiro trimestre deste ano”, disse Rogério Rosso.

Metrópoles - BG 

Governo Federal ameaça romper contrato se Butantan não entregar todas as vacinas

O ministério da saúde encaminhou um novo ofício nesta sexta-feira (15/1) ao Instituto Butantan no qual exige todas as 6 milhões de doses da Coronavac disponíveis na instituição para aplicação imediata. A pasta alega que a não entrega do estoque total fere uma cláusula do acordo e pode levar ao rompimento do contrato. Mais cedo, o governo federal havia feito o pedido de entrega imediata das doses, e o instituto respondeu que entregaria, mas que queria saber qual o plano do ministério e quantas doses ficariam em São Paulo. 

🔵 @plantaocaico 🔵

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021


”Primeiro decreto que vamos publicar sobre Covid-19 é para não deixar que Caicó seja um retrato de Manaus”, diz Dr Tadeu em coletiva à imprensa

                 Imagem : Ilmo Gomes

O prefeito de Caicó, Dr. Tadeu, reuniu a imprensa na tarde desta sexta-feira (15), para anunciar medidas de contenção de despesas e para evitar o aumento de casos de Covid-19 na cidade.

Em relação à pandemia do novo coronavírus, o gestor foi informado pela Sesap RN que o município está se tornando o epicentro de contaminação da Covid-19 no Rio Grande do Norte.

“Recebemos a informação da secretária adjunta da Sesap, Maura Sobreira, que Caicó está se tornando o epicentro de contaminação do Covid no estado. Então, a partir da próxima segunda-feira, vai ser realizado um trabalho articulado entre a Prefeitura, a Vigilância Sanitária e a Polícia Militar. As forças policiais dão apoio nos municípios dentro das ações do Pacto Pela Vida. A gente quer evitar que Caicó seja o retrato de Manaus”, disse.

Outra orientação que vai constar no Decreto que será divulgado na segunda-feira (18), é direcionada à população para que evite aglomerações e os donos de estabelecimentos comerciais voltem a usar medidas para evitar contaminação.

“É preciso orientar as pessoas a não se aglomerarem, a retornarem a usar máscaras, álcool em gel, lavagem de mãos e pedir aos comerciantes, feirantes, donos de estabelecimentos como bares, restaurantes, que orientem seus clientes a não aglomerar”, orienta.

*O decreto não vai fechar bares, mas vai suspender, temporariamente, eventos ao vivo que aglomerem nesses locais*

Dr. Tadeu disse ainda que o decreto em vigor, assinado pela antiga gestão, “recomenda” a não realização de eventos de aglomeração: “o novo documento que vamos assinar, suspende, principalmente, os  eventos que tenham música ao vivo e pede que as pessoas que estão nos bares, mantenham distanciamento”, afirmou. O prefeito também assinalou que os supermercados e outros estabelecimentos comerciais, devem voltar a fazer o controle de fluxo de pessoas na entrada. Sobre as pessoas que viajaram e estão nas praias, o prefeito afirmou que elas devem ter a mesma preocupação das que estão em Caicó: “manter o distanciamento social, usar máscara, álcool, água e sabão”.

*Prefeito Dr Tadeu diz que, até a próxima semana, Caicó estará com seu plano de vacinação pronto*

Um dos assuntos abordados na entrevista coletiva foi sobre a vacinação contra o novo coronavírus. A população de Caicó receberá o imunizante dentro de uma estratégia que está sendo montada pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Sesap.

“Nossa equipe técnica está trabalhando na elaboração do plano municipal de vacinação para saber onde e de que forma a vacina vai ser distribuída. Nós tivemos a informação que o Governo do Estado vai disponibilizar as seringas e agulhas e nós enquanto município, vamos ficar com a responsabilidade da aplicação”, revelou Dr Tadeu. Ele confirmou que, na próxima semana, o município já terá o plano de vacinação pronto: “será detalhado onde e como vamos vacinar”, afirmou o Dr. Tadeu.

A vacinação, em Caicó, deve acontecer em 4 locais, sendo um em cada zona da cidade, norte, leste, oeste e centro. Falta definir os locais. O prefeito disse ainda que está sendo elaborada uma estratégia para as pessoas que moram na zona rural.

Sobre a segurança com as vacinas, o Dr. Tadeu informou que o Governo do Estado, desenvolveu um aplicativo chamado RN + Vacina, que vai monitorar a o translado do imunizante desde Natal até Caicó e, ainda, nos locais de vacinação. Nos prédios será necessário o funcionamento de internet para que quando a pessoa for vacinada, o profissional informe os detalhes.

*”Já descobrimos 40 milhões de dívidas deixadas e 5 renegociações de dívidas de INSS não cumpridas”, declarou o prefeito Tadeu*

Quanto a contenção de despesas, o prefeito Dr. Tadeu disse que manteve novo contato com o ministro Rogério Marinho a respeito do apelo que fez para tentar junto ao presidente do INSS uma renegociação da dívida do Município com o órgão e, apesar do ministro ser sensível à causa, não escondeu do prefeito que a maior dificuldade é que renegociar uma dívida que já foi renegociada cinco vezes. 

🔵 @plantaocaico 🔵

Caicó registra 50 novos casos de Covid-19 e mais um óbito nesta sexta-feira (15)


A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 50 (CINQUENTA) novos casos de COVID-19 no município.

Com relação aos casos de hoje, foram 20 homens e 30 mulheres, destes 01 criança.

Os casos residem: 

02- Alto da Boa Vista;
07- Barra Nova;
09- Boa Passagem;
05- Centro;
02- Canutos e Filhos;
01- Dracy Fonseca;
02- Itans;
01- João XXIII;
02- Paraíba;
02- Recreio;
01- Serrote Branco;
07-Vila Altiva;
01- Vila do Príncipe;
01- Walfredo Gurgel;
07- Zona Rural.                                                                                                                                    Destes 12 foram confirmados por TR e 38  por RT-PCR.

INFORMAMOS a recuperação de 93 pessoas na comunidade.

Comunicamos o SEPTUAGESIMO PRIMEIRO ÓBITO  do município de Caicó ocorrido ontem, dia 14 de janeiro de 2021, no Hospital Promater. Trata-se de uma mulher de 81 anos com comorbidade, residente no bairro Centro.

🔵 @plantaocaico 🔵

Caminhoneiros se mobilizam por paralisação em 1° de fevereiro

Cerca de 50 lideranças dos caminhoneiros se reuniram na noite de ontem para discutir uma pauta de reivindicações para a categoria. 

Entre as principais reclamações estão o piso mínimo do frete, a política de preços de combustíveis e o projeto BR do Mar – que incentiva a navegação pela costa brasileira como alternativa ao transporte rodoviário de cargas.

🔵 @plantaocaico 🔵

Cosern doa refrigeradores científicos para vacinas a 95 cidades do RN

A Neoenergia, empresa controladora da Cosern, será a primeira empresa do setor elétrico brasileiro a contribuir com as prefeituras das áreas de concessão das suas distribuidoras na campanha de imunização contra a Covid-19. A empresa fará a doação de refrigeradores científicos para armazenar as vacinas em 658 municípios atendidos pela Cosern (RN), Coelba (BA), Celpe (PE), e Elektro (SP/MS).

No Rio Grande do Norte, a doação da Cosern vai beneficiar 95 municípios. A iniciativa levou em consideração as cidades com os menores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE), regulado pela Agência Nacional de Eficiência Energética (Aneel).

A doação desses equipamentos totaliza R$ 6 milhões, que se somam às outras ações já realizadas pela Neoenergia voltadas ao combate da pandemia como a compra de testes em parceria com a Fiocruz e doação de respiradores, num montante que já alcança R$ 20 milhões.

Os novos refrigeradores serão destinados aos municípios atendidos pelas distribuidoras do Nordeste que têm IDHM até 0,61 e, de São Paulo, com o índice até 0,74. Serão beneficiados, além dos 95 municípios potiguares, outros 296 na área de concessão da Coelba, 136 em Pernambuco e 131 em São Paulo.

Responsáveis pela gestão dos programas de imunização, os governos estaduais do Rio Grande do Norte, Bahia e São Paulo, parceiros na ação, receberão, cada um, dois refrigeradores com capacidade de 280 litros e 420 litros respectivamente. Serão entregues à Secretaria de Saúde de São Paulo sete equipamentos de 280 litros.

A instalação de cada refrigerador cientifico deve injetar no sistema elétrico uma carga de 89 kW e consumo anual de 781 MWh, que será compensado com o recolhimento, em cada município, de dois equipamentos de refrigeração antigos e doação de lâmpadas eficientes para postos de saúde, hospitais e para consumidores residenciais baixa renda.

Os refrigeradores científicos têm temperatura programável e constante entre 2oC e 8oC, além de alarmes para avisar a em caso de interrupção de energia e baterias recarregáveis para suprir o frio caso ocorra eventual intercorrência no fornecimento, com autonomia de até 12 horas. Os equipamentos possuem sensores e de um sistema de alarme remoto a distância, que realiza chamadas telefônicas se houver uma queda de temperatura ou a bateria estiver em um nível baixo.

As câmaras de conservação que serão doados pela Neoenergia são de fabricação nacional e têm capacidade de 280 litros, suficientes para armazenar cerca de 18 mil doses de 0,5 ml.

🔵 @plantaocaico 🔵


Moradores de outras cidades poderão tomar vacina contra a Covid em Natal, diz Prefeito Álvaro Dias


O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), afirmou nesta quinta-feira 14 que moradores de outras cidades poderão receber a vacina contra a Covid-19 na capital potiguar. De acordo com o gestor municipal, não será exigida dos pacientes a apresentação de comprovante de residência em Natal no ato da vacinação. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal, para tomar a vacina, deverão ser apresentados pelos pacientes um documento com foto, cartão do SUS e comprovante de endereço. Apesar disso, o prefeito declarou que não será necessário residir em Natal para tomar a 1ª dose da vacina e que não será pedido nenhum termo de consentimento. “A prefeitura não irá pedir assinatura de termo de consentimento, apenas dados de identificação e endereço dos vacinados para monitorar e reportar informações ao Ministério da Saúde em caso de efeitos colaterais. Também não é necessário morar em Natal para tomar a vacina. Pessoas de outros municípios podem vir a tomar a dose na capital” informou o prefeito. De acordo com a prefeitura, o objetivo é iniciar a campanha de vacinação contra a Covid-19 na semana que vem. As doses serão encaminhadas pelo Ministério da Saúde. 

#Agora RN - @plantaocaico 

Brasil registra 7.339.703 recuperados da Covid-19


O Brasil registrou nesta quinta feira (14) mais 22.759 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 7.339.703 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas já representa 88,2% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é quase dez vezes superior ao número de casos ativos (777.496), que são os pacientes em acompanhamento médico.

No mundo, estima-se que pelo menos 66,2 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram, de acordo com o site Wolrdometers.

🔵 @plantaocaico 🔵

COVID: Brasil registra 1.131 óbitos e 67 mil casos nas últimas 24h



O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (14):

– O país registrou 1.131 óbitos nas últimas 24h, totalizando 207.095 mortes;

– Foram 67.758 novos casos de coronavírus registrados, no total 8.324.294 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 7.339.703, com o registro de mais 22.759 pacientes curados. Outros 777.496 pacientes estão em acompanhamento.

@plantaocaico 

Adjuto Dias será o novo secretário da SEMTAS de Natal


O competente delegado Adjuto Dias será nomeado nesta sexta-feira (15) para o cargo de Secretário de Ação Social do Município de Natal.

Adjuto tem vontade de atuar junto as comunidades mais carentes de Natal e a partir de agora terá a oportunidade, contando com uma equipe técnica que vai lhe auxiliar.


🔵 @plantaocaico 🔵


quinta-feira, 14 de janeiro de 2021


Com hospitais superlotados, Amazonas enviará pacientes com Covid-19 para o RN


O Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL-UFRN), em Natal, receberá pacientes do Amazonas, onde ocorre um colapso no sistema de saúde e os hospitais estão sem oxigênio para os pacientes, segundo informou o governador amazonense Wilson Lima, nesta quinta-feira (14). De acordo com o jornal Agora RN, a transferência foi confirmada pela Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap).

Manaus, capital do Amazonas, está passando por um grave aumento no número de casos, internações e mortes por covid-19: a média móvel de mortes subiu 183% nos últimos 7 dias.

Esta semana, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, visitou o Amazonas disse que Manaus é “prioridade nacional neste momento”.

Segundo o governador Wilson Lima, além do Rio Grande do Norte, Goiás, Piauí, Maranhão, Paraíba e Distrito Federal também devem atender pacientes amazonenses. 

Representante do Ministério da Saúde, o Coronel Franco Duarte, declarou que serão transportados pacientes com estado de saúde considerado em fase moderada da covid-19.

“Todos estamos voltados para o foco no paciente, para que a gente tenha sucesso e que chegue no destino com toda a segurança e o acolhimento que o nosso doente tem que ter, que é o acolhimento de excelência”, afirmou.

Um dos primeiros estados a receber pacientes do Amazonas foi o Piauí. Na manhã de hoje (14), 30 pacientes de Manaus foram encaminhados para a capital, Teresina.

Fonte: Portal Grande Ponto - @plantaocaico