Criminosos invadiram uma fazenda, mataram um homem de 44 anos, o filho dele, de 21, e balearam um neto de 6 anos na cabeça, na tarde deste domingo (17), em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Os criminosos ainda levaram um carro, dinheiro, armas e outros bens da família. Não houve prisão de nenhum suspeito.

A fazenda fica na comunidade Olho D’água do Chapéu, zona rural da cidade. As vítimas foram identificadas como José Maria Monteiro e Deilson Cassimiro Monteiro. O menino de 6 anos, criado pelo avô José Maria, está em uma UTI no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

Mais três pessoas que estavam no local do crime e foram poupadas pelos criminosos: a esposa de José Maria e dois filhos do casal, de 5 e 15 anos. Ao menos quatro bandidos participaram do crime.

Segundo testemunhas, José Maria tinha ido ao curral soltar o gado, quando retornava para casa com o neto de 6 anos e o filho de 5. Os garotos perceberam os criminosos se aproximando e disseram a ele. Rapidamente, os 3 entraram na casa e os adultos ainda tentaram segurar a porta, porém não conseguiram.

De acordo com a esposa de José, o marido tinha duas armas de fogo em casa e tentou reagir, mas não conseguiu. Os assaltantes mataram as vítimas a tiros de espingarda calibre 12, balearam a criança e fugiram no carro da família levando pouco mais de R$ 1000 em espécie, um revólver, uma espingarda, celulares e chaves de motocicletas.

"Eu quero dizer para vocês (criminosos) que vocês tiraram minha família, vocês acabaram com minha vida. Mas eu não quero nada de mau com vocês. Que Deus olhe vocês e faça com que vocês mudem esses pensamentos ruins. Eu não conheço vocês nem quero conhecer. Meu marido foi embora, meu filho foi embora, meu neto está mau no hospital, mas quero que Deus abençoe vocês", disse a mulher.

Fonte: G1 - Portal Grande Ponto - @plantaocaico