CAICÓ : ARQUITETO PROPÕE INTERVENÇÃO DO CASTELO DE ENGADY

fevereiro 20, 2021

Em seu trabalho de conclusão de curso, o arquiteto cruzetense Giovani Soares, apresentou a proposta do Centro de Cultura, Capacitação e Empreendedorismo Castelo de Engady, a partir da reconstrução do imóvel localizado na zona oeste de Caicó. O Castelo de Engady foi construído na década de 1970, pelo Monsenhor Antenor Salvino de Araújo, e logo tornou-se um cartão-postal da região do Seridó, mas, nos últimos anos, após aquisição do imóvel pelo Governo do Estado, vem sofrendo com um processo acelerado de arruinamento. “A proposta do projeto consistiu em resgatar este patrimônio caicoense, por meio de uma delicada intervenção arquitetônica, devolvendo-o à sociedade a partir da implantação de um uso social, dinâmico e sustentavelmente econômico”, destaca Giovani ao propor um equipamento de uso público, abrigando atividades de ensino profissionalizante e cultura com base nos preceitos da Economia Criativa. O projeto de intervenção defende que o Castelo receba uma nova estrutura interna para abrigar um uso museológico, um café, salas de aula, sala de artes plásticas, ateliê de bordado, laboratório de informática, midiateca e administração, toda estruturada dotada de acessibilidade. “O contraste entre o novo e o preexistente é elucidado a partir da aplicação de novos materiais: estrutura metálica, couro, madeira, vidro. A paleta de cores foi cuidadosamente pensada de forma a harmonizar com as ruínas. A cobertura do castelo também recebeu um uso específico, abrigando diferentes patamares de mirantes”, explica o arquiteto. Em contraste à paleta de cores claras nas fachadas, que vão do branco ao tom de areia, internamente o conjunto recebeu tons terrosos que remetem ao próprio Castelo, promovendo um link direto com a preexistência. 

#ArquitetoGiovani - @caicocriativo - @plantaocaico 

Leia Também...

1 Comments