Emergência climática: extinção em massa e terra pior do que se imagina, alerta ciência

fevereiro 20, 2021


O planeta vai enfrentar um “futuro horrível de extinção em massa, saúde decadente e transtornos climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana, tudo por causa da ignorância e da falta de ação. A afirmação é de um grupo internacional de cientistas, que alertam sobre as pessoas ainda não terem percebido a urgência do cuidado com a biodiversidade e com as mudanças climáticas. Os 17 especialistas, incluindo o professor Paul Ehrlich da Universidade de Stanford, autor de The Population Bomb, além de cientistas do México, Austrália e Estados Unidos, dizem que o planeta está em um estado muito pior do que a maioria das pessoas – até mesmo dentro da área científica – entende. “A escalada das ameaças à biosfera e todas as suas formas de vida – incluindo a humanidade – é de fato tão grande que é difícil de entender até mesmo para especialistas bem informados”, escrevem eles em um relatório na Frontiers in Conservation Science que faz referência a mais de 150 estudos detalhando os principais desafios ambientais do mundo. O relatório alerta que migrações em massa induzidas pelo clima, mais pandemias e conflitos por recursos serão inevitáveis, a menos que ações urgentes sejam tomadas. Ele vem meses depois que o mundo falhou em cumprir as Metas de Aichi para a Biodiversidade da ONU, criada para conter a destruição do mundo natural. Esta é a segunda vez consecutiva que os governos falharam em cumprir suas metas de 10 anos de biodiversidade. Estima-se que um milhão de espécies estão em risco de extinção, muitas em décadas, de acordo com um relatório recente da ONU. “Nosso ponto principal é que, ao perceber a escala e a iminência do problema, fica claro que precisamos muito mais do que ações individuais, como usar menos plástico, comer menos carne ou voar menos. Precisamos de grandes mudanças sistemáticas e rápidas”, disse o professor Daniel Blumstein, da Universidade da Califórnia. Desmatamento e consumo de carne são alguns dos principais problemas. 

#DesafioMeioAmbiente - @plantaocaico 

Leia Também...

0 Comments