domingo, 18 de abril de 2021


Vacina contra o HIV apresenta anticorpos em 97% dos voluntários

A vacina conseguiu gerar anticorpos em 97% dos 48 participantes durante a Fase I dos testes clínicos; cientistas acreditam que mesma abordagem pode ser usada para combater malária, gripe, Zika e dengue.

O Instituto de Pesquisa Scripps, na Califórnia, em conjunto com a IAVI, organização de pesquisa científica sem fins lucrativos, divulgaram os resultados da fase 1 de testes em humanos de uma vacina contra o HIV.

As descobertas, até então, são extremamente positivas: a vacina conseguiu estimular a produção das células raras e necessárias para gerar anticorpos contra a HIV em 97% dos participantes. Na fase 1 dos testes clínicos, 48 voluntários adultos e saudáveis receberam placebo ou duas doses do imunizante, junto com um adjuvante desenvolvido pela GlaxoSmithKline, empresa farmacêutica britânica.

Vale ressaltar que o ensaio clínico foi pequeno e os resultados ainda não foram publicados em qualquer periódico científico. Ainda em fase 1, muitos mais testes terão que ser realizados até conseguir a vacina final. Mesmo assim, as novidades divulgadas soam promissoras, tanto para o público quanto para os cientistas que participaram do estudo.

De acordo com dados da IAVI, em 2019, 38 milhões de pessoas no mundo viviam com HIV ou aids e 1,7 milhão foram contaminadas só naquele ano. Desse total, 33% não têm acesso ao tratamento necessário e podem, consequentemente, infectar outras pessoas.

➡️ Exame - @plantaocaico 

Pizzas são entregues por carro-robô no EUA


O que parecia um futuro distante, já é presente na Domino’s Pizzas. A companhia iniciou suas entregas com carros autônomos em Houston (EUA).

O serviço é realizado em parceria com a Nuro, que disponibiliza o veículo R2, único veículo do tipo a ter liberação do Departamento de Transporte americano para operar. A entrega ainda é feita por uma única pizzaria.

➡️ Istoe - @plantaocaico