Luto em Caicó: Morre Diácono Manoel Cassiano por complicações da covid-19, Diocese lamenta a grande perda!

abril 18, 2021

Morreu nesta madrugada de domingo (18. abril. 2021) em Caicó o diácono permanente da Diocese de Caicó, Manoel Cassiano de Figueiredo Rocha (Padre Manoel Cassiano como era conhecido). Ele estava internado há dias no Hospital Regional do Seridó com diagnóstico positivo de Covid-19.

O sepultamento será restrito no Cemitério do Distrito Palma, comunidade onde Manoel Cassiano nasceu. Antes, as 08:30h Dom Antônio Carlos celebrará missa na Igreja do Rosário, com transmissão pelos meios de comunicação do Sistema Rural, Kurtição e Redes sociais.

A família decidiu que sairá em cortejo as 09 horas com o corpo, passando em  frente a Capela de São Judas Tadeu no bairro Samanau (onde o diácono morava) com destino a Palma, chegando lá o corpo ficará em frente a Capela de Santo Antônio e será feito a encomendação por nosso bispo Dom Antônio e, em seguida segue para sepultamento no cemitério daquela comunidade que ele tanto amou.

Manoel Cassiano tinha 67 anos de idade e era servidor civil aposentado do Exército Brasileiro. De 1972 a 1978 serviu na Unidade de São Gabriel da Cachoeira (AM). De 78 a 1983 vendeu cereais em um ponto no Mercado Público de Caicó, e depois voltou a trabalhar como civil no 1º BEC de Caicó se aposentando.

Padre Manoel Cassiano era conhecido por seu sermões transparente e duros, uma pessoa muita querida em toda região e principalmente em no Bairro Samanaú, Manoel Cassiano ajudou muitas famílias. O padre fazia parte das famílias de nossa comunidade, era comum ele visitar as casas no Bairro, quem nunca foi parado por ele para conversar? Que Deus lhe guie para o paraíso descanse em paz irmão Manoel Cassiano.

Diácono Cassiano deixa esposa e três filhos e pertencia a Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Paróquia São José, ambas em Caicó. A comoção com a morte do pároco é grande, as pessoas estão em suas portas aguardando o cortejo de despedida passar.

 

Leia Também...

0 Comments