Cristiano Ronaldo afasta garrafas de Coca-Cola e provoca queda de US$ 4 bilhões nas ações da empresa

junho 15, 2021


O gesto de Cristiano Ronaldo durante uma coletiva de imprensa pode ter custado cifras milionárias à Coca-Cola. Em uma entrevista na segunda-feira, 14, antes da partida entre Portugal e Hungria, pela Eurocopa, ele removeu duas garrafas do refrigerante da sua frente e trouxe a de água mais para perto, fazendo uma referência para que as pessoas bebessem mais água.

A atitude do jogador, que sempre enalteceu uma alimentação saudável, pode ter desencadeado uma queda de 1,6% da Coca-Cola na Bolsa de Valores. Segundo o periódico espanhol 'Marca', em termos econômicos, a empresa perdeu US$ 4 bilhões com isso, saindo de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões.

📲 Estadão 
📲 @plantaocaico 

Leia Também...

0 Comments