Volkswagen inicia produção de caminhão elétrico de pequeno porte para entregas

junho 17, 2021



🚚 Em negociações com grandes redes varejistas e de olho em exportações, a Volkswagen Caminhões e Ônibus iniciou ontem a produção em série de caminhões elétricos de pequeno porte, o e-Delivery. O veículo foi desenvolvido no Brasil, e as primeiras 100 unidades serão entregues para distribuidores de bebidas da Ambev.

Antes, foram feitas em Resende (RJ) apenas unidades para testes. Além da Ambev, que tem contrato de intenção de compra de 1,6 mil e-Delivery até 2023, a VWCO anunciará novos clientes no próximo mês.

Para a fabricação do e-Delivery e a ampliação da linha dos modelos a combustão, a VWCO contratou 500 funcionários. O quadro atual do complexo, que inclui vários fornecedores, é de cerca de 4 mil funcionários.

A produção inicial será de quatro caminhões elétricos por dia (cerca de 1 mil ao ano). A partir de 2023, a intenção é atingir 10 unidades diárias (3 mil ao ano). “De acordo com a demanda, temos capacidade para ampliar mais a oferta”, diz Roberto Cortes, presidente da companhia.

O executivo informa que, por ser a única fabricante de caminhões leves elétricos do Grupo Volkswagen, as chances de exportação são grandes, principalmente para países da América Latina e da África, para onde já fornece veículos a combustão.

 Segundo Cortes, o e-Delivery custa 2,7 vezes a mais do que o caminhão a combustão. O principal custo é a bateria, que é importada e tem valor equivalente à metade do preço do veículo em sua versão elétrica. Ele ressalta, porém, que além do efeito ambiental (emissão zero e sem ruídos), os custos de manutenção e de rodagem são menos da metade da versão a diesel. “O investimento se paga em quatro a cinco anos.”

🔵 @plantaocaico 🔵

🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵🔵


Leia Também...

0 Comments