🎙 O contrato de Galvão Bueno com a TV Globo termina em 2022, mas, ele não vai se aposentar. A ideia inicial é que ele narre os jogos os jogos do Brasil pela Copa do Mundo de 2002, porém, o narrador também quer as Olimpíadas de Paris, e 2024.

Ao Notícias da TV, ele garantiu que fica ao menos até o próximo clico olímpico. “Paris será minha décima Olimpíada. Essa Copa do Mundo do Catar vai ser minha 13ª. Eu amo Olimpíada. O esporte é a grande celebração da vida, e a e a Olimpíada é a grande celebração do esporte. E casa que, exatamente em 2024 [na Olimpíada de Paris], vou completar 50 anos de profissão”, disse Galvão.

Mas, seu contrato com a Globo vai até 2022. Então, ele deixou claro que estaria, mas se será na emissora dos Marinhos, ainda é necessário algumas conversas. “Como espectador não. Trabalhando de alguma forma. Quando digo espectador é o seguinte: se eu tiver que criar alguma coisa para me comunicar. Posso muito bem comprar meus ingressos, estar em todos os lugares, assistir tudo e escrever sobre isso. Falar com algum lugar [veículo]. Não sei. Mas espero que seja como venho fazendo nesses últimos 40 anos: na Globo. Acredito que assim será. Mas que estarei lá [em Paris], estarei”, disse Galvão.

Além disso, a Globo prepara o setor esportivo da emissora para a saída de Galvão. Por mais que ele fique até 2024, mais que isso seria difícil. Sendo assim, a emissora olha com bons olhos para os narradores do SporTV, que cada vez mais ganham espaço na TV aberta.

RECADO

Além disso, Galvão ainda destacou que ama trabalhar e para aquelas pessoas que não gostam dele, resta aceitar. “Sempre fui criticado. Sempre fui odiado por uma parte e amado por outra. Mas ninguém é obrigado a gostar de mim”, disse ele.

▶️ TV Foco

▶️ @plantaocaico