Policlínica Regional: AMSO participa de reunião que trata do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Seridó

agosto 04, 2021


🏪 A Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental e o Consórcio Intermunicipal de Saúde participaram na manhã desta terça-feira (3) de uma reunião promovida pelo Governo do Estado, na cidade de Currais Novos. O encontro tratou sobre o processo de implantação de consórcios interfederativos de saúde na região do Seridó. Estiveram presentes os presidentes da AMSO, Fernando Bezerra (Acari) e da AMS (Associação dos Municípios do Seridó) Ivanildo Filho (Timbaúba dos Batistas), além dos prefeitos Odon Júnior (Currais Novos), Luciano Santos (Lagoa Nova), Joaquim Medeiros (Cruzeta), Galo (Florânia), Samuel (Ouro Branco), Jane Maria (São Vicente), Inácio (Tenente Laurentino) e Novinho (Cerro Corá).

A perspectiva de Currais Novos receber a unidade de uma policlínica regional, que acolherá demandas dos municípios, têm estruturado o debate. Ainda no mês de julho gestores realizaram visita técnica à cidade de Russas no Ceará para ver de perto o funcionamento do Consórcio Interfederativo de Saúde daquela região.
 
O presidente da AMSO, Fernando Bezerra, que é prefeito de Acari, contou da importância do projeto. “A ideia é muito boa. Estamos nas tratativas dos ajustes. Evidentemente é algo novo e precisamos fazer as contas. Isso só será possível após o Governo apresentar o projeto com riquezas de detalhes. A ideia é criar duas policlínicas no Seridó, uma em Currais Novos e outra em Caicó, com um objeto bem definido de especialidades para receber as demandas desses municípios. Como fazer isso? Estamos aqui em um diálogo franco com a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde Pública, para construirmos este caminho”, contou.
 
Para o Secretário Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia, que participou do evento, a proposta vem preencher uma lacuna no SUS e atender de forma mais resolutiva as necessidades de saúde da população da região. “Esta é uma iniciativa estratégica para a regionalização da saúde no estado, porque como o consórcio é interfederativo teremos uma agência regional que vai gerenciar as ações de saúde. No caso mais concreto, teremos a possibilidade de uma policlínica mais integrada, nos municípios de Currais Novos e Caicó, para que todas as demandas por atenção laboratorial especializada, encaminhada da atenção primária, sejam resolvidos na região. 

O vice-presidente da FEMURN (Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte), Luciano Santos, que é prefeito de Lagoa Nova, disse que o momento é de união para que se possa fortalecer uma política de saúde em benefício dos usuários. “Viemos ouvir e também apresentar nossa proposta. Ouvindo do Estado esta iniciativa isso faz com que acima de tudo estejamos preservando o interesse dos munícipes. O momento é oportuno e é necessário a união de forças”, explicou.

▶️ @plantaocaico 

Leia Também...

0 Comments