“Corredor parece um matadouro”: Vereador visita Hospital Walfredo Gurgel e relata drama de pacientes e servidores

novembro 18, 2021

😱 O vereador de Natal Robson Carvalho (PDT) fez um relato emocionado nesta quinta-feira (18) sobre a situação do hospital Walfredo Gurgel, o maior da rede estadual de saúde. Em pronunciamento na Câmara Municipal, o parlamentar disse ter visitado o Walfredo nesta quarta (17) e encontrado corredores lotados e infraestrutura precária, além de funcionários sobrecarregados e submetidos a más condições de trabalho.

“Uma situação lamentável, desumana, calamitosa. Os corredores parecem um matadouro. São filas e filas para cirurgias. Só de cirurgias ortopédicas, são 112. São bons profissionais, capacitados, profissionais que se esforçam, mas profissionais sobrecarregados. Há uma saturação no Walfredo Gurgel. Vários municípios não têm condições de atender, e a carga cai toda no Walfredo Gurgel”, destacou Robson.

Segundo o vereador, a estrutura do hospital também deixa a desejar. “Vá lá fazer uma visita e veja com os próprios olhos. Funcionários de terceirizadas estão há cinco meses sem receber vale-alimentação”, relatou o parlamentar.

Pelas redes sociais, Robson Carvalho detalhou o que apurou durante a visita. O vereador disse que conversou com funcionários de empresas terceirizadas que relatam estar com salários atrasados e sem receber vale-alimentação. Além disso, ele identificou servidores exaustos com a carga de trabalho e falta de insumos básicos, como gaze e material de limpeza.

Ele observou também “leitos sucateados, pacientes com atendimento negado, lotação nos corredores e macas no corredor para manutenção”. A falta de estrutura é tão grande que servidores até se juntaram, segundo ele, para fazer uma reforma no 2º andar.

“Em fiscalização, averiguamos a situação calamitosa no Walfredo Gurgel. Vamos agir, governadora Fátima Bezerra, secretário Cipriano Maia e MP (Ministério Público). O povo não aguenta mais tanto sofrimento”, escreveu nas redes sociais.

▶️ 98 FM Natal

▶️ @plantaocaico 


Leia Também...

0 Comments