sexta-feira, 1 de janeiro de 2021


COVID: Brasil registra 462 óbitos e 24 mil casos nas últimas 24h; Total de 195 mil mortes e 7,7 milhões de infectados


O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (1º):

O país registrou 462 óbitos nas últimas 24h, totalizando 195.411 mortes;

Foram 24.605 novos casos de coronavírus registrados, no total 7.700.578 pessoas já foram infectadas.

O número total de recuperados do coronavírus é 6.756.284, com o registro de mais 9.216 pacientes curados. Outros 748.883 pacientes estão em acompanhamento.

@plantaocaico 


Dr. Tadeu e Toinho tomam posse para administrar Caicó


O prefeito eleito de Caicó, Dr. Tadeu (PSDB) e seu vice Toinho Santiago (PL), tomaram posse na noite desta sexta-feira (01).

A solenidade aconteceu no plenário Prefeito Inácio Bezerra, da Câmara de Vereadores, com a presença dos novos vereadores eleitos e reeleitos e alguns convidados. 

A solenidade foi aberta pelo vereador Preto Costa, edil com mais idade na legislatura que deu posse aos vereadores, ao prefeito e ao vice.

Em seu discurso, Dr Tadeu agradeceu a formação dada pelos pais, Ivo e Rosa, e reiterou o seu compromisso de lutar por dias melhores. Pediu paciência aos caicoenses, pois não se resolvem problemas tão grandes  em um prazo curto de tempo. 

“Seguiremos um planejamento  e eu peço aos caicoenses que aguardem 120 dias para que possam avaliar as primeiras ações do nosso governo, pois em terra mal cuidada é necessário tempo para se ver os frutos da plantação”, destacou.

O evento foi transmitido pelas redes sociais da Câmara de Vereadores, pela TV Kurtição e canal a cabo 175 da Brisa Net.

@plantaocaico 

Ivanildo do Hospital é eleito para presidir a Câmara de Vereadores de Caicó



Com 10 votos, o vereador Ivanildo dos Santos, foi eleito para presidir a Câmara de Caicó no biênio de de 2021/2022.

Votaram em Ivanildo – Alisson Jackson Preto Costa (PSDB), Irmão Renato (PP), Thales Rangel (PDT), Maria Cleide (PDT), Júlio César (MDB), Lobão (MDB) e Mancuso (MDB).

A chapa mesa diretora ficou assim composta: Ivanildo dos Santos - presidente; Lobão Filho 1 º vice-presidente; Mancuso 2° vice-presidente; Júlio César 1° secretário  e 2° secretário Thales Rangel .

Ivanildo do Hospital, como é mais conhecido, se destaca na história política do município de Caicó sendo por três vezes seguidas o vereador eleito mais votado.

@plantaocaico

7 novos casos de Covid-19 confirmados nesta sexta-feira (01) de Janeiro em Caicó



Nesta sexta-feira (01), a Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 07 (SETE) novos casos de COVID-19 no município, sendo TODOS comunitários.

Com relação aos casos de hoje, foram 02 homens e 05 mulheres.
Os casos residem:

01- Barra Nova;
02- Boa Passagem;
02- Centro;
01- João XXIII;
01- Paraíba.

Destes 02 foram confirmados por TR e 05 por RT-PCR.

Reforçamos a importância das medidas preventivas, como distanciamento social, etiqueta respiratória, higienização das mãos e uso de máscara quando precisar sair de casa.

@plantaocaico 

Vereador eleito no interior da Paraíba toma posse na prisão após ser detido acusado de assalto a banco


Fábio de Nego Chico foi eleito vereador de Marizópolis, no Sertão paraibano, nas Eleições Municipais 2020, realizadas em novembro. Mas, para ser empossado no cargo, ele vai participar da posse na prisão. Isso porque ele foi preso, há uma semana, acusado de envolvimento em assalto a banco, as informações são do site ClickPB.

Fábio Júnior Alves de Andrade foi alvo de mandado de prisão temporária. O diretor Charles Martins, da Colônia Penal Agrícola de Sousa, onde Fábio está detido, explicou que ele é apontado como líder de uma quadrilha na região e já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e roubos.

O vereador eleito vai participar da cerimônia de posse virtual da Câmara Municipal de Marizópolis na sala de videoconferência da unidade prisional em Sousa. O diretor explicou que esse é um espaço de uso já frequente na Colônia Penal, quando há audiências, o que dispensa o deslocamento dos presos.

“A Câmara de Marizópolis nos manda um link e abrimos na sala de videoconferência. Depois o preso retorna para a cela”, disse Charles Martins.

O advogado de Fábio de Nego Chico tentou habeas corpus para o cliente, mas não obteve sucesso para a soltura do acusado.

ClickPB - @plantaocaico 


EUA ultrapassam 20 milhões de casos de covid-19


                           Foto: AFP


Os Estados Unidos atingiram na 5ª feira (31.dez.2020) a marca de 20 milhões de casos de covid-19. Foram mais de 228 mil novos registros no último dia do ano passado. Até esta 6ª feira (1º.jan.2021), o país já soma 20.495.533 infectados.

O que chama a atenção é a velocidade em que os EUA bateram esta marca. Levaram 292 dias para chegar a 10 milhões de casos, e apenas mais 54 para dobrar a contagem. Desde o início de novembro, a nação de Donald Trump vem registrando mais de 150 mil casos diários praticamente todos os dias.

A maior potência mundial corresponde a quase 1/4 de todos os registros da doença no planeta (83 milhões).

A situação da pandemia nos EUA é grave, mas em 4 Estados os números impressionam. Califórnia (2,3 milhões), Texas (1,77 milhão), Flórida (1,32 milhão) e Nova York (1 milhão) possuem 7 dígitos de pessoas já infectadas pelo coronavírus. O quarteto estaria no top 20 mundial se fosse considerados países.

No ranking, os norte-americanos têm quase o dobro de casos da Índia, a 2ª colocada com 10,3 milhões de registros da doença. O Brasil esta em 3º lugar com 194.949 infectados.

Poder 360 - @plantaocaico 


Alterações nas regras para se aposentar em 2021 passam a valer a partir de hoje; Veja o que muda


As mudanças nas regras de transição para se aposentar em 2021 passam a valer a partir desta sexta-feira, dia 1º de janeiro. A nova Previdência, que completou um ano em novembro, trouxe quatro regras de transição da aposentadoria por tempo de contribuição e uma da aposentadoria por idade para as pessoas que já contribuíam com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Algumas dessas regras têm alterações anuais. Por isso, quem quiser se aposentar a partir de agora deve observar essas alterações. Uma delas é a da idade mínima, que em 2021 será de 57 anos para as mulheres e 62 anos para os homens, desde que tenham contribuído por 30 anos e 35 anos, respectivamente.

“As regras transitórias são uma espécie de ‘meio termo’ para os segurados que já estavam contribuindo ao INSS, porém ainda não concluíram os requisitos para dar entrada na aposentadoria”, explica o advogado João Badari, especialista em Direito Previdenciário e sócio do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados.

O advogado explica que o segurado que já cumpria os requisitos para se aposentar antes de 13 de novembro de 2019, quando a nova Previdência foi promulgada, e ainda não pediu sou benefício, ou pediu em data posterior a esta data, pode ficar tranquilo, pois o direito será respeitado no momento em que o INSS for conceder a  aposentadoria.

A orientação de Badari é fazer um planejamento adequado da aposentadoria, porque como são vários os fatores que afetam o benefício que será recebido, decidir contribuir alguns meses a mais ou se aposentar pelas novas regras poderá fazer a diferença entre receber mais ou menos de aposentadoria pelo resto da vida. Veja a seguir as mudanças nas regras de transição:

Regra de transição da aposentadoria por idade

A regra da aposentadoria por idade exige idade mínima de 65 anos para homens. Ou seja, no caso deles, nada muda. Para as mulheres, a idade mínima em 2020 é de 60,6 anos, e sobe seis meses a cada ano, até chegar a 62 anos em 2023. Em ambos os casos é exigido tempo de contribuição mínima de 15 anos e carência de 180 meses.

Assim, a partir de 1º de janeiro de 2021 será exigida para a mulher a idade de 61 anos para que possa se aposentar por essa regra.

Regras de transição da aposentadoria por tempo de contribuição

1) Regra de transição por pontos

Essa regra estabelece um critério de pontuação a ser atingido no somatório entre o tempo de contribuição e a idade do segurado. O tempo mínimo de contribuição é de 30 anos para a mulher e de 35 anos para o homem. Em 2020 para se aposentar com essa regra era necessário 87 pontos para as mulheres e 97 pontos para os homens. A cada ano será exigido um ponto a mais, chegando a 105 pontos para os homens, em 2028, e 100 pontos para as mulheres, em 2033.

Dessa forma, em 2021 serão exigidos 88 pontos para a mulher e 98 para o homem.

Para os professores

Os professores da educação básica que comprovarem, exclusivamente, exercício da função de magistério na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio terão redução de cinco pontos. Assim, em 2021 as professoras poderão pedir aposentadoria a partir da soma de 83 pontos, desde que tenham o mínimo de 25 anos de contribuição, e os professores, com 93 pontos e, no mínimo, 30 anos de contribuição. Os pontos subirão ano a ano até 92 pontos, para a mulher, e até 100 pontos, para o homem.

2) Regra de transição por tempo de contribuição e idade mínima

Por essa regra, as mulheres podem se aposentar aos 56,6 anos, desde que tenham pelo menos 30 anos de contribuição, em 2020. Já para os homens, a idade mínima é de 61,6 anos e 35 anos de contribuição.

A idade mínima exigida sobe seis meses a cada ano, até chegar aos 62 anos de idade para elas, em 2031, e aos 65 anos de idade para eles, em 2027. A partir de janeiro de 2021, para se aposentar por essa regra a mulher deverá ter 57 anos e o homem 62 anos.

Para os professores

Já os professores da educação básica que comprovem, exclusivamente, exercício da função de magistério na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio terão redução de cinco anos na idade e no tempo de contribuição, devendo a partir de janeiro de 2021 a mulher ter 52 anos com 25 anos de tempo de contribuição na função de magistério e o homem 57 anos, com 30 anos de tempo de contribuição na função de magistério.

3) Regra de transição com pedágio de 50%

Segundo essa regra, para a mulher que possuía mais de 28 anos de contribuição em 13 de novembro de 2019 e os homens com mais de 33 anos de contribuição, também nessa data, poderão optar pela aposentadoria sem idade mínima, desde que cumpram um pedágio de 50% sobre o tempo mínimo que faltava para se aposentar (30 anos para elas e 35 anos para eles).

Essa regra de transição não se aplica aos professores.

Nessa regra não há nenhuma alteração em 2021.

4) Regra de transição com idade mínima e pedágio de 100%

Essa regra estabelece uma idade mínima e um pedágio de 100% do tempo que faltava para atingir o mínimo exigido de contribuição (30 anos para a mulher e 35 anos para o homem). Para mulheres, a idade mínima será de 57 anos e, para homens, de 60 anos.

Para professores

Professores da educação básica que comprovarem, exclusivamente, exercício da função de magistério na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio terão redução de cinco anos na idade e no tempo de contribuição (52 anos de idade e 25 de contribuição, para mulheres, e 55 anos de idade e 30 de contribuição, para homens).

Para essa regra também não haverá nenhuma alteração em 2021.

R7 - @plantaocaico