quarta-feira, 6 de janeiro de 2021


78 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira (06), em Caicó


Boletim COVID-19:

A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 78 (77 são Comunitários  e 1 Institucional), novos casos de COVID-19 no município.
Com relação aos casos de hoje, foram 27 homens e 51 mulheres, Destes 01 é criança.
Os casos residem: 
01 Acampamento
01- Alto da Boa Vista;
08- Barra Nova;
13- Boa Passagem;
08- Centro;
01- Canutos e Filhos;
04- Castelo Branco;
01- Itans;
01- João Paulo II;
04- João XXIII;
04-Maynard;
04- Nova Descoberta;
02- Nova Caicó;
09- Paraíba;
03- Paulo VI;
01- Presídio
03- Samanau;
04- Serrote Branco;
01- Vila Altiva;
03- Vila do Príncipe;
01- Walfredo Gurgel;
01- Zona Rural.                                                                                                                                           
01 foi confirmado por TR,  02 por sorologia e 75 por RT-PCR.
INFORMAMOS a recuperação de 22 pessoas na comunidade.
Comunicamos o 61º (SEXAGÉSIMO PRIMEIRO), 62º (SEXAGÉSIMO SEGUNDO) e 63º (SEXAGÉSIMO TERCEIRO) ÓBITOS do município de Caicó. O sexagésimo primeiro ocorreu no dia 31 de Dezembro de 2020,  no Hospital Regional do Seridó e trata-se de uma mulher de  82 anos com comorbidade, residente no bairro Centro. O sexagésimo segundo ocorreu no dia 03 de janeiro de 2021,  no Hospital Regional do Seridó e refere-se  a um homem de  93 anos com comorbidade, residente no bairro Paulo VI. Já o sexagésimo terceiro ocorreu hoje, dia 06 de janeiro de 2021,  no Hospital Regional do Seridó, e trata-se de uma mulher de 89  anos com comorbidade, residente no bairro Recreio.

@plantaocaico 


Sargento do 6° BPM em Caicó morre nesta quarta-feira (06)

Morreu no inicio da tarde desta quarta-feira (06), o Sargento Aparecido, pertencente ao do 6° Batalhão de Polícia Militar em Caicó. 

Aparecido vinha enfrentando problemas de saúde há alguns dias e foi transferido do Hospital Regional do Seridó para o Hospital da Polícia Militar em Natal, aonde o mesmo veio a óbito.

@plantaocaico 


Idosa natural de Caicó é assassinada na manhã desta quarta-feira (06), em Brejo do Cruz/PB


A caicoense Ana Melo de Souza de 83 foi executada quando estava sentada em uma cadeira na calçada de uma residência na manhã desta quarta-feira (06), no Município de Brejo do Cruz-PB.

A Polícia foi acionada e está no local isolando a cena do crime até a chegada da perícia.

Não há informações sobre motivações nem suspeitos. O crime será investigado pelo Polícia Civil.

@plantaocaico 


Braço para fora do porta-malas entrega criminosos em sequestro em Fortaleza



Três adultos foram presos e um adolescente de 17 anos detido acusados de envolvimento em sequestro ocorrido na tarde desta terça-feira (5/1), em Fortaleza (CE). A vítima, uma adolescente não identificada, foi agredida e mantida refém dentro do porta-malas do carro. Os criminosos fecharam o compartimento parcialmente e deixaram uma das mãos da vítima à mostra. O braço para fora do carro chamou a atenção de uma motorista que vinha logo atrás e denunciou o ocorrido à Polícia Civil. Segundo os investigadores, a intenção da quadrilha era levar a vítima para o Bairro Pici, onde ela seria executada. Para coagirem a jovem a entrar no veículo, os criminosos utilizaram um revólver. Resgatada, a adolescente apresentava lesões nas pernas, costas e braços. Ela não corre risco de vida. 

#Metropoles - @plantaocaico 

PCC incendeia caminhões para pressionar empresas a transportarem armas e drogas


                 Foto: reprodução/Band


Uma investigação feita pela polícia de Minas Gerais que aponta que o PCC está incendiando caminhões cegonha, que transportam carros zero km. O Jornal da Band teve acesso com exclusividade ao inquérito.

Os ataques seriam uma maneira de intimidar as empresas estabelecidas e também enfraquecer o mercado, facilitando a entrada de transportadoras ligadas ao crime organizado, que levariam armas e drogas escondidas nos carros zero. O motivo é que esses veículos dificilmente são revistados em bloqueios da polícia nas estradas.

Além de enfraquecer a concorrência, os crimes provocam um grande prejuízo, já que os carros transportados também são destruídos pelo fogo.

Foram pelo menos 40 caminhões-cegonha incendiados no ano passado em todo o país. Em novembro, quatro suspeitos de São Paulo foram detidos logo após o incêndio que aconteceu no centro do estado de Minas Gerais. Um dos presos é Anderson dos Santos Silva, conhecido como Nando, ex-presidente da torcida organizada do Palmeiras, Mancha Alviverde. Há quase 3 anos, ele deixou o cargo após o assassinato de um fundador da organizada que se mostrava contrário à indicação de um integrante do crime organizado para a diretoria da torcida.

Assassinato na torcida organizada

Moacir Bianchi foi vítima de uma emboscada, em março de 2017, na zona sul de São Paulo. A polícia paulista apurou que, horas antes de ser assassinado, Moacir participou de uma reunião na sede da Mancha Alviverde e discutiu com o então presidente da agremiação, o Nando, e o acusou de indicar um integrante do crime organizado para a diretoria da torcida. Essa pessoa era Marcelo Ventola, que inclusive estava naquela reunião. Ventola pertence ao PCC e está preso acusado de ser o autor do assassinato.

O ex-presidente da mancha sempre negou envolvimento com o crime organizado, já a polícia mineira tem indícios de que Nando agiu a mando do PCC, que estaria interessado em entrar no setor logístico.

Band/UOL - @plantaocaico