quarta-feira, 13 de janeiro de 2021


Prefeitos do Seridó se reúnem para eleger nova Diretoria da AMS



Por aclamação e unanimidade, o prefeito da cidade de Timbaúba dos Batistas, Ivanildo Filho foi eleito presidente da Associação dos Municípios do Seridó. A reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira (13), na sede da instituição. 

A nova composição da diretoria dos municípios associados ficou composta pelos prefeitos: Presidente Ivanildinho (Timbauba dos Batistas), Vice-Presidente Dr. Tadeu (Caicó), 1° Secretário Iogo Queiroz (Jucurutu), 2° Secretário Genilson Maia(São Fernando).

No Conselho Fiscal, foram eleitos como membros os prefeitos de Jardim de Piranhas, Rogério Couro Fino; São José, Jackson Dantas; Serra Negra do Norte, Serginho; de São João do Sabugi Anibal Pereira e Galego de Ipueira. 

O presidente da instituição, Ivanildinho, agradeceu a todos os associados pela confiança e aproveitou para falar sobre uma série de inovações que serão implementadas na sua gestão, dentre elas, a criação do Consórcio Intermunicipal de Saúde, que permitirá aos municípios ampliar os serviços de saúde ofertados aos cidadãos.

“A união dos prefeitos é de suma importância para conseguir benefícios para a região”, destacou Ivanildinho.

@plantaocaico 

Caicó registra 35 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira (13).



A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de  35 (TRINTA e CINCO), novos casos de COVID-19 no município.

Com relação aos casos de hoje, foram 13 homens e 22 mulheres, destes 01 é criança.

Os casos residem: 

01- Alto da Boa Vista;
01- Barra Nova;
01- Boa Passagem;
06- Centro;
03- Castelo Branco;
01- Itans;
01- João XXIII;
01- Maynard;
03- Nova Descoberta;
04- Paraíba;
01- Penedo;
03- Paulo VI;
01- Recreio;
01-Soledade;
02- Serrote Branco;
02- Vila Altiva;
03- Walfredo Gurgel.                                                                                                                                     
Destes 35 foram confirmado por RT-PCR.
INFORMAMAOSa recuperação de 120 pessoas na comunidade.

Comunicamos o 69º (SEXAGÉSIMO NONO) ÓBITO  do município de Caicó ocorrido no dia 10 de janeiro de 2021, em domicílio. Trata-se de um homem de 97 anos com comorbidade, residente no bairro Centro.

@plantaocaico 

Meteorologia da EMPARN prevê boas chuvas no RN em 2021



O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – SAPE e da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN – EMPARN, realizaram nessa terça-feira (12), a apresentação do balanço das chuvas em 2020 e perspectivas para o período chuvoso no Rio Grande do Norte em 2021. O evento realizado de forma híbrida, virtual pela plataforma Google Meet, e presencial no Auditório Governador Iberê Ferreira de Souza, localizado na sede da Emparn, reuniu representantes públicos e privados de diversos setores ligados a agropecuária e segurança hídrica potiguares, bem como veículos de imprensa.

Sobre o balaço das chuvas no ano passado, o Rio Grande do Norte apresentou chuvas entre as categorias de normal a acima do normal com volume médio de 910,1 mm, superando os volumes esperados nas regiões Oeste, Leste e Agreste. Em termos numéricos, a região Leste foi a que registrou o maior volume acumulado médio observado com 1.313,3 mm, enquanto que o esperado foi de 1.252,1mm; seguida da região Oeste, com 919,7mm, enquanto 790,6 era o esperado. O Agreste acumulou 710mm e o esperado era de 714,5mm. E por fim a região Central acumulou 697,1mm e o esperado era de 627,7mm.

No período, a cidade de Mossoró, no Oeste potiguar bateu o recorde de chuva diária com 176,4 mm ocorrida em 29 de fevereiro, sendo este o maior volume diário dos últimos 63 anos. Já Natal, localizada na região Leste, registrou em maio, volumes com 426,1 mm, sendo seu segundo maior índice pluviométrico desde 1963. O primeiro ocorreu em 2011 com 447,4 mm.

Já a previsão climática para o primeiro trimestre de 2021, estação pré-chuvosa no Rio Grande do Norte, é de ocorrência de chuvas dentro da média histórica, de acordo com a análise da Unidade Instrumental de Meteorologia da EMPARN. “Estamos muito felizes com as boas previsões, com à possibilidade de termos um inverno acima da normalidade. As chuvas se iniciando agora no final do mês de janeiro, inverno se consolidado a partir da segunda quinzena de fevereiro, estamos atentos a tudo isso. A governadora professora Fátima Bezerra tem nos cobrado a questão da distribuição das sementes, de chegarem as mãos do agricultor familiar no momento certo”, afirmou o secretário da SAPE, Guilherme Saldanha.

Para a região Oeste do Estado, a estimativa é do maior volume pluviométrico médio do RN com 315 milímetros (mm) para os meses de janeiro, fevereiro e março. As regiões Leste e Central, cada uma com previsão para o período com de 250mm e o Agreste com 188mm. “Desde meados de 2020 estamos presenciando a atuação do fenômeno La Niña. O fenômeno, em oposição ao El Niño, ocasiona o resfriamento da temperatura média das águas superficiais na faixa equatorial do oceano Pacífico, aumentando os ventos alísios de leste na superfície inibindo a formação de nuvens”, disse, o chefe da Unidade, o meteorologista Gilmar Bristot.

As análises, de acordo com Bristot, sugerem que o ano de 2021 apresente características climáticas, no RN, semelhantes ao ano de 2011, quando a La Niña ocorreu pela última vez no estado em fase com a Atividade Solar em situação de mínima. “Com esse cenário espera-se um quantitativo normal de chuvas no RN, porém com de grande variabilidade temporal e espacial, característica inerente ao clima semiárido”, completou.

@plantaocaico 


Fátima anuncia início do pagamento de folhas atrasadas da gestão anterior


Em anúncio nas redes sociais no fim da manhã desta quarta-feira(13), a governadora Fátima Bezerra(PT), informa que comunicou ao fórum de servidores sobre o início do pagamento das últimas folhas herdadas da gestão anterior. Leia discurso na íntegra abaixo:

“Meus amigos e minhas amigas, colegas servidoras e servidores públicos,

Conforme disse a vocês – e palavra é cumprida no nosso Governo – acabei de comunicar ao fórum de servidores sobre o início do pagamento das últimas folhas que herdamos da gestão anterior.

Diante das dificuldades, e com um passivo que bate na casa dos 900 milhões, preservamos os princípios da ISONOMIA e da SOLIDARIEDADE, já que contemplamos ativos e inativos em uma faixa salarial única e priorizamos os servidores com salários menores.

Nossa proposta beneficiará 54% dos servidores o que representa mais da metade do funcionalismo, que receberá a integralidade do 13º salário de 2018 no próximo dia 30 de janeiro.

Com os recursos que temos disponíveis, começaremos o pagamento para quem ganha até 3.500, líquido.

Os que ganham até 3.500 e que são da Segurança Pública receberão nesta sexta-feira, dia 15, juntamente com a integralidade do salário de janeiro, como já vem sendo feito.

Isso foi possível graças aos recursos oriundos do Super Refis, ou seja, são fruto de esforço do nosso Governo.

Uma força-tarefa admirável da Secretaria de Tributação e PGE, que proporcionou aos cofres do estado 90 milhões.

Queridos servidores,

Eu gostaria de chegar aqui e dizer: vamos quitar agora as folhas que herdamos da gestão anterior. Mas não é simples.

Catamos moedas todos os dias para juntar recursos e dar a vocês o que lhes é de direito.

Além do pagamento sagrado do salário de vocês, que venho honrando desde que assumi, dentro do mês, temos também o compromisso com o custeio das funções sociais básicas do estado.

E ainda mais uma pandemia no meio do caminho!

Sem falar no descontrole financeiro e orçamentário brutal que encontramos o RN!

Estamos iniciando agora o pagamento da terceira das quatro folhas que herdamos.

E reafirmo: não sossegaremos e, até o final do mês de janeiro, o Comitê de Negociação Permanente – que inclui Governo e representações de servidores – se reunirá novamente para definir novas datas para os que recebem acima de 3.500 reais.

Neste Governo, palavra se cumpre!

Fiquem com Deus”.

🔵 @plantaocaico 🔵


Banco do Brasil fechará 3 agências no RN, mas empregos estão garantidos


Três agências do O Banco do Brasil (BB) serão fechadas – em Natal, Parnamirim e Mossoró – e um posto de serviço em Tangará, com a absorção dos serviços em outras agências e correspondentes bancários. O anúncio gerou preocupação à governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

Ao receber a visita da nova superintendente da instituição no Estado, Priscila Requejo Simões de Araújo, nesta terça-feira 12, Fátima obteve a resposta de que os servidores estaduais não serão prejudicados por que o banco investirá em correspondentes bancários, com previsão de três unidades em cada município. “Na condição de Governo, temos a obrigação de acompanhar essa situação, pois são serviços muito importantes para os servidores públicos, a população em geral e a economia do nosso estado”, afirmou a governadora.

Sobre as demissões, a nova superintendente do banco no RN explicou que apenas os servidores que aderirem ao Plano de Demissão Voluntária serão afastados, pois os que trabalham nas agências a serem fechadas serão realocados para as 15 novas carteiras que a instituição passará a operar.

Na reunião, na sede da Governadoria, Fátima Bezerra destacou a parceria do estado com o banco que opera a folha de pagamento dos servidores nos 167 municípios.

Além da folha de pessoal, a gestão estadual opera com o banco na cobrança da dívida ativa por meio de um acordo inédito para a gestão estadual. Desde 2019, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) enviou dois lotes de cobranças da dívida ativa e recuperou R$ 7,6 milhões de créditos “podres”, considerados de difícil recuperação em condições normais.

@plantaocaico 


Governo do Ceará e Ford vão buscar empresa para assumir fábrica da Troller em Horizonte


Governo do Ceará e Ford vão buscar empresa para assumir fábrica da Troller em Horizonte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), participou de reunião com executivos da Ford na América Latina e no Brasil para tratar sobre o fechamento da fábrica da Troller no município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, no fim deste ano.

No encontro virtual, ficou acertado que serão formados grupos de trabalho, tanto pelo Estado quanto pela Ford, para encontrar uma empresa que possa dar continuidade às atividades e preservar os empregos na cidade. Detalhes de como seria essa sucessão ainda não foram definidos.

A informação é do titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Júnior. Em entrevista ao O POVO, ele se disse confiante de que o fechamento da fábrica será evitado. "A Troller é uma marca forte, muito bem aceita no Brasil na área de aventura e entretenimento. É, digamos, o segundo veículo de muitas famílias. Sou otimista, vamos trabalhar a tranquilidade dos funcionários da fábrica", afirma.

A planta da Troller no Ceará, que existe desde 1995 e foi reinaugurada em 2014, não vai mais operar porque a Ford deixará de produzir veículos no Brasil após um século de operação no País, conforme anúncio feito pela montadora norte-americana nessa segunda-feira, 11.

Confira a entrevista com Maia Júnior, secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará
Como a notícia sobre o fechamento das fábricas da Ford no Brasil foi recebida pelo Governo do Ceará?

É uma notícia triste, mas, mesmo assim, estamos numa situação mais confortável do que a Bahia e São Paulo, onde as fábricas vão fechar de forma imediata. Aqui, no Ceará, a previsão é para o fim deste ano. No entanto, é um prazo em que nós achamos ser possível encontrar um sucessor para assumir a fábrica.
O senhor acredita que isso será possível?

Sim. Vamos empenhar todos os nossos esforços para encontrar essa empresa sucessora, por meio da criação de grupos de trabalhos, tanto deles quanto nossos. Isso ficou acertado entre os representantes da Ford e com o governador Camilo Santana.
A fábrica é atraente a possíveis investidores?

Claro. Nós estamos falando de um veículo como o Troller. A Troller é uma marca forte muito bem aceita no Brasil na área de aventura e entretenimento. É, digamos, o segundo veículo de muitas famílias. Sou otimista, vamos trabalhar a tranquilidade dos funcionários da fábrica.
E caso isso não se concretize?

Será um impacto muito grande para a economia de Horizonte, com muita gente sem opção imediata de trabalho formal. Mesmo a empresa falando que a fábrica emprega 470 pessoas, dados de novembro, do Caged (Cadastro Geral de Empregador e Desempregados), apontavam 570 empregos. Pode ser que tenha ocorrido demissões, mas estou me baseando pelos dados oficiais do Ministério da Economia. A Troller é a única indústria automobilística que nós temos, no Ceará, e isso tem um grande simbolismo.
O que Horizonte representa para a economia cearense?

Tem um peso muito significativo. Nos últimos anos, trabalhamos muito na atração de investimentos para Horizonte. A gente cita a Troller, mas temos outras empresas no município, como a Vestas, que emprega em torno de 1.600 pessoas. Isso sem falar em outras fábricas, como a da Klabin. Horizonte é um polo econômico bem consolidado, inclusive, atraindo trabalhadores de outras cidades do Ceará, como Quixadá.

@plantãonatal