sábado, 20 de fevereiro de 2021


PREOCUPADA: Rosângela cobra do governo estudo para construir desvio de tráfego da parede do Açude Itans em Caicó


Preocupada, a vereadora Rosângela Maria apresentou uma indicação para que seja feito um estudo de desvio de trânsito de cima da parede do Açude Itans. Ela pediu que a Câmara encaminhe a solicitação para a governadora Fátima Bezerra e o diretor do Departamento Estadual de Rodagens (DER), cobrando a melhoria do tráfego sobre a parede, pois a mesma é muito estreita para a circulação de dois veículos de grande porte ao mesmo tempo.

Segundo a vereadora, o tráfego de veículos pesados por cima da parede do Açude Itans no município de Caicó deve ser desviado devido a precariedade nas condições que se encontra, um estudo deve ser feito para que não ocorra acidentes e não prejudicar a estrutura da parede, o tráfego de caminhões pesados é constante finalizou a vereadora.

Em sua justificativa, a vereadora explanou a importância do pleito ser atendido, uma vez que algum veículo que transporte substância ou qualquer outro tipo de material que gere danos ao meio ambiente pode tombar no espaço.

@plantaocaico

COVID: Brasil registra 1.212 óbitos e 57 mil casos nas últimas 24h


O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste sábado (20):

O país registrou 1.212 óbitos nas últimas 24h, totalizando 245.977 mortes;

Foram 57.472 novos casos de coronavírus registrados, no total 10.139.148 pessoas já foram infectadas.

O número total de recuperados do coronavírus é 9.067.939, com o registro de mais 38.780 pacientes curados. Outros 825.232 pacientes estão em acompanhamento.

@plantaocaico 


Emergência climática: extinção em massa e terra pior do que se imagina, alerta ciência


O planeta vai enfrentar um “futuro horrível de extinção em massa, saúde decadente e transtornos climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana, tudo por causa da ignorância e da falta de ação. A afirmação é de um grupo internacional de cientistas, que alertam sobre as pessoas ainda não terem percebido a urgência do cuidado com a biodiversidade e com as mudanças climáticas. Os 17 especialistas, incluindo o professor Paul Ehrlich da Universidade de Stanford, autor de The Population Bomb, além de cientistas do México, Austrália e Estados Unidos, dizem que o planeta está em um estado muito pior do que a maioria das pessoas – até mesmo dentro da área científica – entende. “A escalada das ameaças à biosfera e todas as suas formas de vida – incluindo a humanidade – é de fato tão grande que é difícil de entender até mesmo para especialistas bem informados”, escrevem eles em um relatório na Frontiers in Conservation Science que faz referência a mais de 150 estudos detalhando os principais desafios ambientais do mundo. O relatório alerta que migrações em massa induzidas pelo clima, mais pandemias e conflitos por recursos serão inevitáveis, a menos que ações urgentes sejam tomadas. Ele vem meses depois que o mundo falhou em cumprir as Metas de Aichi para a Biodiversidade da ONU, criada para conter a destruição do mundo natural. Esta é a segunda vez consecutiva que os governos falharam em cumprir suas metas de 10 anos de biodiversidade. Estima-se que um milhão de espécies estão em risco de extinção, muitas em décadas, de acordo com um relatório recente da ONU. “Nosso ponto principal é que, ao perceber a escala e a iminência do problema, fica claro que precisamos muito mais do que ações individuais, como usar menos plástico, comer menos carne ou voar menos. Precisamos de grandes mudanças sistemáticas e rápidas”, disse o professor Daniel Blumstein, da Universidade da Califórnia. Desmatamento e consumo de carne são alguns dos principais problemas. 

#DesafioMeioAmbiente - @plantaocaico 

Decreto no RN : escolas continuaram abertas, bares e restaurantes deverão fechar após 22 horas

O Governo do Estado deve anunciar nas próximas horas praticamente todas as medidas que o Governo do Ceará adotou, no enfrentamento a pandemia da covid-19, em meio ao aumento de casos. Entre os pontos principais, o fechamento de bares e restaurantes a partir de 22 horas. Por outro lado, as escolas particulares não estarão no decreto, e seguirão seus cronogramas obedecendo todos os protocolos sanitários. Sobre o que o Governo do Estado deve acompanhar o Comitê Científico: 1 – Suspensão das atividades presenciais de bares e restaurantes em todo RN após 22h por 14 dias, devendo a medida ser reavaliada após esse prazo; 2. Fortalecer os cuidados preventivos nas academias no que concerne ao uso de máscaras e distanciamento social inclusive com aplicação de multa para aqueles estabelecimentos que forem flagrados infringindo as regras. 3. Estabelecimento de barreiras sanitárias com os estados da Paraíba e Ceará, bem como nos portos e aeroportos, assim como implementação de barreiras sanitárias e intensificação do monitoramento e rastreio nos municípios sabidamente turísticos do estado do RN; 4. Busca ativa de casos e contatos, bem como monitoramento dos casos ativos pela Atenção Primária dos municípios; 5. Aplicar sanções previstas em lei a estabelecimentos de saúde públicos e privados, como clínicas, hospitais e laboratórios, que deixem de notificar os casos aos serviços de informação e de controle de leitos; 6. Ampliar a vigilância genômica no Rio Grande do Norte; 7. Suspender as atividades ambulatoriais de clínicas e consultórios e serviços públicos de rotina que não comprometam o cuidado continuado ao paciente; 8. Suspender cirurgias eletivas que demandem uso de leitos críticos na Região Metropolitana; 9. Proibir eventos em toda a orla do RN por 14 dias; 10. Abrir leitos de UTI covid-19 no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), os quais deverão ser mantidos enquanto a Taxa de Ocupação do RN estiver acima de 60%; 11. Ampliar a fiscalização do estado (Polícia Militar) nos finais de semana em bares e na orla potiguar, especialmente da região metropolitana.

@plantaocaico 

CAICÓ : ARQUITETO PROPÕE INTERVENÇÃO DO CASTELO DE ENGADY

Em seu trabalho de conclusão de curso, o arquiteto cruzetense Giovani Soares, apresentou a proposta do Centro de Cultura, Capacitação e Empreendedorismo Castelo de Engady, a partir da reconstrução do imóvel localizado na zona oeste de Caicó. O Castelo de Engady foi construído na década de 1970, pelo Monsenhor Antenor Salvino de Araújo, e logo tornou-se um cartão-postal da região do Seridó, mas, nos últimos anos, após aquisição do imóvel pelo Governo do Estado, vem sofrendo com um processo acelerado de arruinamento. “A proposta do projeto consistiu em resgatar este patrimônio caicoense, por meio de uma delicada intervenção arquitetônica, devolvendo-o à sociedade a partir da implantação de um uso social, dinâmico e sustentavelmente econômico”, destaca Giovani ao propor um equipamento de uso público, abrigando atividades de ensino profissionalizante e cultura com base nos preceitos da Economia Criativa. O projeto de intervenção defende que o Castelo receba uma nova estrutura interna para abrigar um uso museológico, um café, salas de aula, sala de artes plásticas, ateliê de bordado, laboratório de informática, midiateca e administração, toda estruturada dotada de acessibilidade. “O contraste entre o novo e o preexistente é elucidado a partir da aplicação de novos materiais: estrutura metálica, couro, madeira, vidro. A paleta de cores foi cuidadosamente pensada de forma a harmonizar com as ruínas. A cobertura do castelo também recebeu um uso específico, abrigando diferentes patamares de mirantes”, explica o arquiteto. Em contraste à paleta de cores claras nas fachadas, que vão do branco ao tom de areia, internamente o conjunto recebeu tons terrosos que remetem ao próprio Castelo, promovendo um link direto com a preexistência. 

#ArquitetoGiovani - @caicocriativo - @plantaocaico 

Criança desliga freezer e Cidade do Espírito Santo perde todas as vacinas contra Covid-19


A cidade de Rio Bananal, no Espírito Santo, deveria aplicar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 nos profissionais de saúde na quinta-feira (18). Porém, quando os primeiros funcionários chegaram à unidade de saúde, eles perceberam que o refrigerador estava com uma temperatura acima do indicado.⁣ ⁣ Após investigação, a Polícia Civil descobriu que uma criança de 9 anos desligou o relógio de energia do local durante uma brincadeira. Abaixo do equipamento, a palavra "coronavirus" foi escrita com giz branco.⁣ ⁣

#CNNBrasil  - @plantaocaico