sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021


COVID: Brasil registra 1.337 óbitos e 65 mil casos nas últimas 24h



O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (26):

O país registrou 1.337 óbitos nas últimas 24h, totalizando 252.835 mortes;

Foram 65.169 novos casos de coronavírus registrados, no total 10.455.630 pessoas já foram infectadas.

O número total de recuperados do coronavírus é 9.355.974, com o registro de mais 32.278 pacientes curados. Outros 846.821 pacientes estão em acompanhamento.

@plantaocaico 


Governadora anuncia toque de recolher em todo o Rio Grande do Norte


A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta sexta-feira (26), um novo decreto com medidas mais rígidas para o enfrentamento da Covid-19 no Rio Grande do Norte. O novo decreto valerá inicialmente por 15 dias e terá recomendação para toque de recolher das 22 horas às 05:00 horas. 

@plantaocaico 

Covid-19 : é grave o estado de saúde do servidor público de Caicó conhecido por Júnior Negão


De acordo com as últimas informações, o quadro de saúde do funcionário público do município de Caicó conhecida por, "Júnior Negão" é grave e o mesmo encontra-se intubado em um leito de UTI para Covid-19 no Hospital Regional do Seridó, na noite desta sexta-feira (26).

Júnior é uma pessoa bastante conhecido em Caicó, o mesmo trabalhou por muitos anos como representante de vendas em algumas empresas da região.

@plantaocaico 



Brasil já é o 5º país que mais vacinou contra o coronavírus no mundo


A chegada e distribuição de 2 milhões de vacinas da Índia somadas às primeiras 3,8 milhões de doses produzidas no Butantan levaram o Brasil ao posto de 5º país que mais vacinou sua população no planeta, segundo levantamento da prestigiada plataforma Our World in Data.

O Brasil aplicou cerca de 8 milhões de doses e a expectativa é ultrapassar a marca de 10 milhões de vacinados na semana que vem, superando inclusive o total de casos confirmados de Covid-19 no país, até agora. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ao contrário de outros países, o Brasil decidiu manter reserva para garantir a segunda dose para aqueles que já receberam a primeira. Essa estratégia refuta os negativistas que difundem fake news do tipo “acabaram as vacinas”. Ao contrário.

Os estados utilizaram apenas metade das doses enviadas pelo governo. Com a nova remessa, a taxa diária de 250 mil vacinados deve disparar.

DIÁRIO DO PODER - @plantaocaico 



Ministério da Saúde assina contrato para compra de 20 milhões de doses da Covaxin


O Ministério da Saúde informou ter assinado nesta quinta-feira (25) um contrato para compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin, desenvolvida pela empresa indiana Bharat Biotech. Segundo a pasta, o investimento total deve ser de R$ 1,6 bilhão. Apesar do acordo, a vacina ainda não tem aval da Anvisa, necessário para que as doses sejam ofertadas à população. ⠀ ⠀ 

A previsão é que 8 milhões de doses do imunizante comecem a chegar já no mês de março, em dois lotes de 4 milhões a serem entregues entre 20 e 30 dias após a assinatura do contrato. O restante seria entregue em abril (8 milhões) e maio (4 milhões). 

#DiáriodoNordeste - @plantaocaico