sábado, 13 de março de 2021


Covid-19 : Após 42 dias em coma, homem deixa UTI e ganha na Mega-Sena


Rogério Maria, de 51 anos, é morador de Campinas, São Paulo, e foi infectado pela Covid-19 no ano passado. Dos 68 dias em que ficou internado, 42 foram em coma induzido, intubado. Após ter recebido alta hospitalar, a alegria de ter vencido a doença se dividiu com a sorte. Ele ganhou num bolão parte do prêmio da Mega-Sena da Virada em 2020. Curado da doença e com o dinheiro na conta, Rogério agradece: “Aprendi a viver mais feliz. Mesmo com todas essas sequelas, mas ainda vou superá-las. Não desisti e não desisto jamais".

 @topmidianews - @metrópoles  - @plantaocaico 


Covid-19 : 08 pacientes tiveram alta hospitalar neste sábado (13) no Hospital Regional do Seridó, em Caicó


Com muita alegria mais 08 pacientes
confirmados COVID-19 tiveram alta hospitalar neste sábado (13) do Hospital Regional Telecila Freitas Fontes.

Município de residência dos pacientes:

📍Caicó - 02
📍Cruzeta - 01
📍Ouro Branco - 01
📍Parelhas - 02
📍Equador - 01
📍Serra Negra - 01

Os pacientes ficarão em isolamento domiciliar monitorados pela secretaria de saúde do seu município.

@hrserido - @plantaocaico 

Boletim epidemiológico 13/03/21 : Caicó registra 26 novos casos de Covid-19



A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 26 novos casos de COVID-19 no município.

Com relação aos casos de hoje, foram 10 homens e 16 mulheres.

Os casos residem:

01- Alto da Boa Vista;
01- Acampamento;
02-Boa Passagem;
02- Barra Nova;
05- Centro;
01- Canutos e Filhos;
01- Castelo Branco
01- Darcy Fonseca;
02- João XXIII
01- Maynard;
01- Nova Descoberta;
03- Paraíba;
02-Paulo VI;
02- Penedo;
01- Santa Costa.

Destes, 01 foi confirmado por TR e 25 foram confirmado  por RT-PCR.

@plantaocaico 

Morre de covid deputado do MT autor de lei contra obrigatoriedade de vacina



Morreu no início da tarde deste sábado (13) o deputado estadual Silvio Antônio Fávero (PSL), aos 54 anos, por complicações da covid-19. O parlamentar estava internado desde a quinta-feira da semana passada (4). Segundo a assessoria de imprensa, o quadro de saúde se agravou nesta madrugada e o deputado teve infecção generalizada.

Silvio Fávero apresentou em fevereiro deste ano um projeto de lei estadual "para assegurar o direto de o cidadão escolher ou não pela sua vacinação". Fávaro também se manifestava a favor do uso de medicamentos que não têm eficácia comprovada contra a covid-19 e compartilhava publicações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticando medidas de isolamento social.

#UOL - @plantaocaico 


Fátima Bezerra vetou lei que permitia que deficientes e idosos fossem vacinados em casa porque gerava custo ao estado



A governadora Fátima Bezerra vetou integralmente um projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa que previa a vacinação domiciliar para pessoas que tenham deficiência física e idosos que possuam comprovada dificuldade de locomoção.

Isso facilitaria bastante a vacinação contra Covid-19 deste público alvo. Na época, o argumento utilizado pela governadora foi de que geraria custos ao Poder Executivo e que o Legislativo não pode aprovar leis que resultem em gastos ao Governo, salvo na lei orçamentária.

Apesar do veto ter ocorrido em 2019, quando ainda não vivíamos este período de pandemia, caso o projeto não tivesse sido vetado de forma integral, idosos e pessoas com deficiência física seriam beneficiados hoje e já poderiam ter sido vacinadas em casa contra a Covid-19. Atualmente, a vacinação domiciliar deste público está sendo realizada pelas equipes de saúde dos municípios.

O projeto foi de autoria do ex-deputado Dison Lisboa (PSD). O veto foi publicado na edição de 6 de fevereiro de 2019.

#BlogdoBG - @plantaocaico 


Guedes: Governo deve adotar "seguro emprego" para empresas manterem empregados


“Por que não dar R$ 500 para ter um seguro-emprego? Em vez de esperar alguém ser demitido e dar R$ 1 mil, vamos evitar a demissão pagando R$ 500 antes. Um seguro-emprego. Em vez de uma cobertura de quatro, cinco meses, como é hoje no seguro-desemprego, vamos fazer uma cobertura de 11 meses, 12 meses pela metade do custo”, declarou o ministro, sem dar mais detalhes.

@plantaocaico 

Cientistas brasileiros descrevem nova variante do coronavírus com potencial de maior transmissão


Uma nova variante do novo coronavírus, potencialmente mais transmissível, acaba de ser descrita em pesquisa de cientistas brasileiros. Especialistas temem que a N9, nome dessa cepa, também tenha capacidade maior de escapar do ataque dos anticorpos, o que poderia reduzir a eficácia das vacinas. A mutação foi identificada pela 1ª vez em novembro, em São Paulo. Com disseminação muito rápida, já chegou a quase todas as regiões do País. A exceção é o Centro-Oeste.

Aceito para publicação na revista científica Genomic Epidemiology, o trabalho foi feito a partir do sequenciamento genético e análise de 195 amostras de pacientes de covid-19. Elas foram colhidas em 39 municípios em cinco Estados – Amazonas, Bahia, Paraíba, Rio Grande do Norte e Rio. As amostras foram coletadas entre 1º de dezembro e 15 de fevereiro de 2021, em indivíduos de idades entre 11 e 90 anos.

Fiocruz diz que vai receber o dobro do previsto de insumos para fabricar vacinas contra a covid-19
Fiocruz diz que vai receber o dobro do previsto de insumos para fabricar vacinas contra a covid-19

“A identificação da nova variante foi feita em um pequeno número de amostras, mas nos causa preocupação porque já está em praticamente todo o País”, afirmou o virologista Fernando Spilki, coordenador da Rede Corona-ômica. “Ela foi identificada pela primeira vez em dezembro e continuou se espalhando.”

No 1º semestre de 2020, duas linhagens dominavam a pandemia no Brasil: a B.1.1.28 e a B.1.1.33. As variantes P1 e P2 derivaram da B.1.1.28. Atualmente, a P2 é a dominante no Brasil. Mas a P1, a variante amazônica identificada no fim do ano passado, se espalha rapidamente. A nova variante, a N9, deriva da B.1.1.33.

O trabalho que descreve a nova variante é assinado por pesquisadores da Rede Corona-ômmica, do Laboratório Nacional de Computação Científica, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Estadual de Santa Catarina e Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Em levantamento paralelo, a Fiocruz também identificou a nova variante em amostras.

Com mais de duas mil novas mortes pela covid-19 por dia, o Brasil é considerado hoje o epicentro mundial da pandemia e uma “fábrica” de novas variantes do Sars-CoV-2. Com a transmissão descontrolada da doença e vacinação extremamente lenta, a tendência é de que surjam cada vez mais novas variantes no País, alertam cientistas.

Quanto mais o vírus circula e se replica, maior a chance de apresentar uma mutação potencialmente perigosa. A única forma de deter esse processo é com a imunização em massa e a quebra da cadeia de transmissão.

@plantaocaico