domingo, 21 de março de 2021


3 em cada 10 mortes de Covid-19 no Brasil são de jovens e adultos, alta de 35%

O percentual de pessoas jovens e adultas abaixo de 60 anos que morrem de covid-19 cresceu de forma considerável no mês de março, o pior da pandemia até agora no Brasil. Neste mês, o percentual de pessoas que morreram sem atingir os 60 anos saltou 35% em relação ao registrado no ano passado. Em 2020, os óbitos entre a faixa etária até 59 anos representavam 22,9% do total pela covid-19. Em março, passaram a representar 31% do total. A tendência é de alta, o que deve se ampliar com o avanço da vacinação entre os idosos.

@plantaocaico 

Governo do RN não vai cobrar conta de água de consumidores de baixa renda por 90 dias



Serão 20 mil famílias beneficiadas, cerca de 80 mil pessoas. Além disso, ficará suspenso por três meses o corte, por atraso de pagamento, do fornecimento de água desses consumidores. As medidas, que envolvem um volume total de recursos de R$ 114,5 milhões, têm como foco proteger a vida dos cidadãos e compensar micro e pequenos empreendedores de eventuais prejuízos decorrentes da pandemia. Os setores de bares e restaurantes terão R$ 11,5 milhões em isenção das tarifas de água e concessão de crédito via Agência de Fomento (AGN). Confira várias outras medidas do Governo para amenizar a crise.

@MossoróHoje - @plantaocaico 

Secretário de Educação de Caicó esclarece mudanças na composição dos kits de merenda escola


O Secretário de Educação, Cultura e Esportes de Caicó, Sérgio André de Araújo, emitiu nota para esclarecer sobre a mudança na composição do kit de merenda escolar para os alunos da rede municipal de ensino para o ano letivo de 2021. Inclusive, será apresentada na próxima segunda-feira (22), a proposta de constituição do referido kit, junto ao Conselho de Alimentação Escolar – CAE. Nessa reunião, também será discutido o dia da entrega e em seguida, emitidas as ordens de compra.

A atual gestão alterou o critério de distribuição dos kits de merenda escolar e vai propor ao Conselho de Alimentação Escolar a entrega de um kit por aluno, independente da quantidade de filhos que venha a ter uma família. “Isso quer dizer que sairemos de algo em torno de 4.300 kits que foram entregues no passado, para alguma coisa em torno de 5.100 kits, beneficiando mais crianças em nossa cidade e no campo”, afirmou Sérgio Araújo.

A alteração foi feita por causa da gravíssima crise financeira em que se encontra o município.

Na segunda-feira, será apresentada ao CAE, a proposta para o primeiro kit ser composto de:

✓ 01 kg de coxa/sobrecoxa de frango;
✓ 01 kg de feijão;
✓ 01 kg de arroz;
✓ 01 pacote de macarrão;
✓ 02 pacotes de flocos de milho;
✓ 01 pacote de biscoito cream craker
✓ 10 pães franceses

O valor final, será de R$ 28,75 importando num montante final de R$ 146.625,00.

“Com isso, queremos dizer que estamos na fase final do planejamento para a entrega do primeiro kit referente a este ano. Esse esclarecimento, é respeito à verdade, à transparência, à honestidade, ao zelo pelo bem público e de forma especial, ao povo do município de Caicó e a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes”, disse.

REPASSES FEDERAIS

Na nota assinada pelo Secretário, Sérgio Araújo, ele também divulgou dados referentes ao repasse financeiro para aquisição da merenda escolar pelo Governo Federal. Segundo ele, “é um valor ínfimo perante as necessidades de nossa população estudantil”.

Confira os números:

✓ Creche = R$ 1,07 (dividido por 4 refeições) – 0,26 por cada refeição/dia
✓ Pré-escola = R$ 0,53 (dividido por 2 refeições) – 0,26 por cada refeição/dia
✓ Ensino Fundamental = R$ 0,36 por cada refeição/dia
✓ EJA = R$ 0,32 por cada refeição/dia
✓ Média do valor por refeição = 0,30

O governo federal repassou para essa finalidade duas parcelas extras que totalizaram R$ 132.434,40, o que significa um complemento da gestão Municipal de Caicó, de algo em torno de R$ 14.190,60.

“É importante adicionar a esse raciocínio financeiro, que os setores competentes da Prefeitura Municipal de Caicó, já contabilizaram dívidas deixadas pela gestão passada quanto a merenda/refeições escolares na ordem de R$ 69.849,27”, afirma.

O ano letivo de 2021, ainda não começou porque o de 2020, encerrou-se no dia 12 de março. Isso significa que os recursos que entraram na conta da merenda escolar para fevereiro e março, da ordem de R$ 61.017,40 cada parcela, serão usados para aquisição de gêneros alimentícios para a merenda escolar do ano letivo de 2021, previsto para começar no próximo mês de abril.

✔@plantaocaico