terça-feira, 23 de março de 2021


Caicó : Polícia Militar age rápido e recupera moto furtada antes mesmo do proprietário perceber o furto



🚔 : Na noite desta terça-feira (23), uma moto Honda bros de cor vermelha foi furtada no Bairro Alto da Boa Vista, zona norte de Caicó.

Viaturas da Cipam,  6° BPM e CPR-II realizavam patrulhamento na região do crime e conseguiu recuperar o veículo antes mesmo do proprietário perceber que seu veículo teria sido furtado.

O ladrão abandonou o veículo e fugiu do local ao perceber a presença da Polícia.

✅@plantaocaico


Boletim epidemiológico 23/03/21 : Caicó registra 36 novos casos de Covid-19


A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 36 novos casos de COVID-19 no município.

Com relação aos casos de hoje, foram 18 homens e 18 mulheres. Destes 01 criança. 

Os casos residem:

02- Alto da Boa Vista;
01-Boa passagem;
01- Canutos e Filhos;
01- Castelo Branco;
07- Centro;
01- Darcy Fonseca;
02- João XXIII;
03- Nova Descoberta;
02- Paulo VI;
01- Paraiba;
02- Penedo;
03- Recreio;
02- Samanau;
01- Serrote Branco;
02- Soledade;
01- Vila Príncipe;
02-Walfredo Gurgel;
02- Zona Rural.

Todos foram confirmados por RT-PCR.

Informamos a recuperação de 22 pessoas na comunidade.

✅@plantaocaico 


Dr. Tadeu já sancionou a lei aprovada pela Câmara de Vereadores de Caicó para a compra de vacina por consórcio público


Os vereadores de Caicó aprovaram, por unanimidade, na sessão realizada nesta segunda-feira, 22, o PL 015 do Executivo Caicoense, enviado pelo prefeito Dr. Tadeu, que pedia a aprovação do legislativo do protocolo de intenções firmado entre municípios brasileiros com a finalidade de adquirir vacinas para a combate à pandemia do Novo Coronavírus, medicamentos, insumos e equipamentos na área de saúde. 

Desta forma, Caicó poderá participar do Consórcio Público para agilizar a vacinação e a imunização da população, como também adquirir medicamentos, equipamentos, insumos para enfrentar a Covid-19.  O consórcio é instrumento hábil a oportunizar a vantagem nas negociações dos municípios, sejam com preços ou condições contratuais e, inclusive, de prazos.

O projeto seguiu todos os trâmites internos de apreciação, onde obteve parecer de admissibilidade. Além disso, passou pelas comissões temáticas: Justiça e Redação, Finanças e Orçamento, além da comissão de Saúde e Meio Ambiente. 

O projeto de lei foi encaminhado pela Câmara nesta terça-feira (23), para a Prefeitura, onde foi imediatamente sancionado pelo prefeito Dr. Tadeu.

✔@plantaocaico 

Técnico Ubirajara Veiga morre aos 66 anos vítima de covid-19



Bira Veiga morreu após complicações da covid-19


O técnico Ubirajara Veiga morreu nesta terça-feira (23), aos 66 anos, em decorrência de complicações causadas pela covid-19. Bira, como era conhecido, estava internado em um hospital de Maceió, em Alagoas, desde o último dia 10. Na semana passada, ele teve uma piora no seu quadro clínico, precisou ser entubado e não resistiu.

Ubirajara Veiga treinou o Potiguar em 2014. Ele comandou o alvirrubro no segundo turno do Campeonato Estadual e também na Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Santa Rita/AL. Na época, ele foi contratado para suceder a Celso Teixeira.

Seu ultimo trabalho foi no FC Kariya, do futebol japonês. Ubira havia retornado ao futebol brasileiro no mês passado.

✔@plantaocaico 


RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid-19 de 97,1%; Seridó tem 97,5%



A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 97,1%, registrada no fim da manhã desta terça-feira (23). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 656.

Até o momento desta publicação são 10 leitos críticos (UTI) disponíveis e 338 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 49 disponíveis e 318 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 95,7% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 100% e a Região Seridó tem 97,5%.

@plantaocaico 


É nossa obrigação vacinar informais em até quatro meses, diz Guedes


O ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou mais uma vez a importância do avanço da vacinação em massa para o retorno do trabalho e para a retomada da atividade econômica. Para ele, é obrigação do governo vacinar os trabalhadores informais nos próximos quatro meses.

“Temos que evitar a crueldade do dilema que é: ou fica em casa com dificuldades para a manutenção da sua sobrevivência ou vão sair arriscando a vida”, argumentou.

“Mesmo com liberando esse auxílio emergencial, que deve ajudar na sobrevivência nesse período, temos a obrigação de vaciná-los nos próximos três ou quatro meses”, disse durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (22).

Ele destacou que os brasileiros no mercado de trabalho informal são considerados mais vulneráveis à disseminação do novo coronavírus, uma vez que têm maior dificuldade de cumprir o isolamento social, já que dependem de trabalhos na rua para manter uma renda mínima de sobrevivência.

“A vacinação em massa tem que ser acelerada para garantir a chance de sobrevivência e o retorno seguro ao trabalho, principalmente para as camadas mais vulneráveis”, completou.

Há algumas semanas, o ministro vem defendendo a vacinação em massa como solução para o retorno seguro ao trabalho e o fim das medidas restritivas mais rígidas, como os lockdowns, que impactam negativamente no desempenho econômico.

Guedes também admitiu que, apesar da recuperação econômica nos dois primeiros meses do ano, a atividade deve registrar nos próximos dias os impactos negativos do recrudescimento da pandemia. No ano passado, a crise econômica causada pela pandemia resultou em uma recessão de 4,1%.

“Devemos sofrer algum impacto já na segunda quinzena de março e, possivelmente, no mês de abril. Quero deixar aqui muita ênfase na necessidade de vacinação em massa”, reforçou.

CNN Brasil - @plantaocaico 


Auxílio emergencial: 1ª parcela será paga a partir de 5 de abril, diz ministro




O ministro da Cidadania, João Roma (PRB-BA), afirmou, nesta segunda-feira (22), que o novo auxílio emergencial será pago a partir dos dias 5 e 6 de abril. Segundo o ministro, a pasta ainda está elaborando  o calendário oficial de distribuição do auxílio.

Roma divulgou a data em programa da rádio Bahia Notícias na manhã desta segunda-feira. Ele diz que o benefício oferecerá três valores diferentes: de R$ 150 para beneficiários que moram só; R$ 250 para famílias e R$ 375 às mulheres que são chefes de família. O programa de quatro parcelas atingirá 46 milhões de famílias, calcula o ministro.

O ministério da Cidadania informa que os integrantes do Bolsa Família serão contemplados com o benefício conforme o calendário habitual do programa, ou seja - receberão as novas parcelas do auxílio, agora no valor de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, a partir de 16 de abril, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Em 2020, o auxílio emergencial teve parcelas de R$ 600 e foi diminuindo conforme o decorrer do ano até chegar ao valor de R$ 200 em dezembro. No total, o benefício original teve seis parcelas.

#IG - @plantaocaico