quarta-feira, 31 de março de 2021


Brasil bate novo recorde com 3.950 mortes por Covid-19 em 24 horas



O Brasil registrou 3.950 novas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, marca que representa um novo recorde diário de vítimas, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. O País tem assistido a um crescimento vertiginoso de casos, internações e óbitos pela doença ao longo do último mês. Em março, 66.868 morreram pelo novo coronavírus, 20.799 nos últimos sete dias.

A última semana foi a que mais acumulou óbitos em toda a pandemia. A marca também vale para o mês de março de 2021, o mais letal de todo o período. As mortes dos últimos 31 dias superaram a maior marca anterior, de julho, quando 32,9 mil pessoas morreram em decorrência da doença. O número de março deste ano é, portanto, mais que o dobro do pior momento da pandemia no ano passado.

📲 @plantaocaico 

Boletim epidemiológico 31/03/21 : Caicó registra 17 novos casos de Covid-19, 22 recuperados e o 104° óbito

A Secretaria Municipal de Saúde vem por meio desta divulgar o registro de 17 novos casos de COVID-19 no município de Caicó.

Com relação aos casos de hoje, foram 12 homens e 05 mulheres. Destes, 01 sendo criança.

Os casos residem:

01- Alto da Boa Vista;
02- Barra Nova;
02- Boa Passagem;
01- Centro;
02- Castelo Branco;
01- João XXIII
01- Nova Descoberta;
01- Nova Caicó;
01- Paraíba;
03- Paulo VI;
01- Recreio;
01- Soledade.    

Destes, 02 foram confirmados por TR e 15 foram confirmados por RT-PCR.

Informamos a recuperação de 22 pessoas na comunidade.

📲 @plantaocaico 

Governadora Fátima Bezerra fala que "não tem como" prorrogar decreto

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), informou, durante reunião ocorrida na manhã desta quarta-feira (31), com representantes do setor empresarial estadual, que não poderá prorrogar o decreto 30.419 assinado entre ela e o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB). O documento expira na próxima sexta-feira, dia 2 de abril. ⠀
A governadora teria levado à reunião as recomendações do Comitê Científico Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN), que a assessora na tomada de decisões referentes à pandemia. No entanto, Fátima teria alegado que, do jeito que está disposto no atual documento, o Governo “não tem como prorrogar”.⠀
A expectativa é que o Governo anuncie novas medidas sobre o Decreto atual nesta quarta-feira ou na quinta-feira (1º).

#TribunadoNorte 
@plantaocaico 

Vereador Thales Rangel, filho de José Rangel, adota a bandeira do seu pai em defesa das pessoas com autismo



O Brasil possui cerca de 3 milhões de pessoas com autismo, são cerca de 150 mil novos casos por ano (1% dos nascidos).  Existe em Caicó uma lei que garante atendimento prioritário as pessoas com TEA, Transtorno do Espectro Autista. É a lei número Nº 5.054, que está em vigor desde janeiro de 2018. A lei foi uma proposta do ex-vereador José Rangel.

Agora na Câmara Municipal, Thales Rangel, filho de José Rangel, adotou a bandeira do seu pai em defesa das pessoas com autismo. Thales falou na tribuna da câmara hoje sobre os projetos voltados para atender a causa do autismo e sobre a escolha de adesivar a parede do seu gabinete com arte de José Gabriel, desenhista austista caicoense, filho de Glória e Alexandre.

No dia de hoje o Vereador também solicitou que seja incluído no grupo prioritário de imunização contra a  Covid 19, haja vista que “(...)essas pessoas possuem alterações imunológicas importantes decorrentes, principalmente, das dificuldades alimentares e de funções de estruturas orgânicas como o trato respiratório e sistema imunológico”, justificou.

Também ficou agendado com o Prefeito de Caicó Judas Tadeu uma reunião para próxima segunda feira, onde nessa reunião será tratada sobre as demandas dessa causa que tanto necessita de uma atenção especial.

📲@plantaocaico 

Relatório da OMS conclui que pandemia de Covid-19 Provalmente teve origem animal


A missão conjunta da Organização Mundial de Saúde e da China sobre as origens da Covid-19 crê que o novo coronavírus muito provavelmente foi transmitido de morcegos para os humanos por meio de um outro animal. Apesar de inconclusivo, o relatório dá as primeiras respostas sobre o início da crise sanitária, tópico que continua a gerar tensão entre Pequim e o Ocidente.

Baseado nas conclusões de uma equipe de investigação da OMS que passou 27 dias em Wuhan, cidade no centro da China onde surgiram os primeiros casos de Covid-19, o relatório só será divulgado na terça-feira, mas jornalistas da Associated Press e do New York Times tiveram acesso antecipadamente. A análise mais completa até o momento sobre a origem da pandemia, tópico essencial para evitar crises sanitárias futuras, não traz grandes surpresas e recomenda estudos mais aprofundados sobre várias, porém pouco prováveis, teorias.

A única exceção é a hipótese de que o patógeno teria escapado do Instituto de Virologia de Wuhan — suposição promovida sem qualquer embasamento pelo ex-presidente americano Donald Trump. De acordo com a missão de especialistas é "extremamente improvável" que isso tenha acontecido.

➡️ O Globo
➡️ @plantaocaico