terça-feira, 8 de junho de 2021


Governo do RN prorroga atual decreto até dia 23 de junho



A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, anunciou no final da tarde desta terça-feira (8), que irá prorrogar o atual decreto em combate à pandemia de Covid-19 por mais duas semanas, as medidas valem até o próximo dia 23. O documento, que já foi prorrogado uma vez, perderia a validade nesta quarta-feira (9). De acordo com Fátima, o quadro epidemiológico do Estado não permite pensar em maiores alterações. O anúncio foi feito pela governadora através das redes sociais.

Segue permitido o consumo de bebidas em bares e restaurantes e o funcionamento de igrejas, academias e estabelecimentos comerciais em geral. Os locais devem apenas respeitar o limite de 50% da capacidade. O toque de recolher em tempo integral aos domingos e feriados segue suspenso, mas a medida fica valendo das 22h às 5h em todos os dias da semana.

“O quadro epidemiológico atual do Rio Grande do Norte não nos permite pensar em maiores alterações nesse momento. Portanto, iremos prorrogar a vigência do decreto atual por mais 2 semanas, até o dia 23/06, para posterior avaliação”, escreveu Fátima no Twitter

O novo decreto será publicado na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado. Fátima reforçou a necessidade das medidas de distanciamento social e o uso de máscara.

A Secretária Municipal de Saúde vem por meio deste divulgar o registro de 16 novos casos de COVID-19 no município de Caicó


Com relação aos casos de hoje, foram 07 homens e 09 mulheres.

Os casos residem ⤵️

01- Boa Passagem;
05- Centro;
01- Darcy Fonseca;
02-Maynard;
02- Nova Descoberta;
02-Paraíba;
01- Recreio;
01- Vila Altiva;
01-Walfredo Gurgel.

Deste 16 foram confirmados  por RT-PCR. Informamos a RECUPERAÇÃO de 33 pessoas da comunidade.

Comunicamos o 133° óbito da cidade de Caicó-RN, ocorrido no dia 08 de Junho de 2021, no Hospital Regional do Serido. Trata-se de a Mulher de  51 anos com comorbidade, residente no bairro Centro.

📲 @plantaocaico 

💉Caicó dará início a vacinação de pessoas sem comorbidades nesta quarta-feira



A Secretaria Municipal de Saúde do município de Caicó, informa que, nesta quarta-feira, 9, dará início a vacinação de pessoas sem comorbidade: “vamos iniciar vacinando a faixa de 59 anos, sem comorbidade, basta ter essa idade”, informa a coordenadora da SMS, Jardênia Noronha. 

As pessoas sem comorbidades serão vacinadas, das 09h 15h, na Prefeitura Antiga, no centro.

No Centro Administrativo, a vacinação acontecerá também das 9h às 15h, para os seguintes públicos ⤵️

💉Gestantes e puérperas;

💉Pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades de 18 anos acima;

💉Trabalhadores da saúde que não se vacinaram ainda (incluindo rede pública, privada, farmácias, estagiários de ensino superior dos serviços de saúde de Caicó e médicos veterinários).

💉Pessoas que estão na data de tomar a segunda dose da Coronavac e Astrazeneca.

📲 @plantaocaico 


Caixa anuncia redução das parcelas de financiamento habitacional em até 75% para auxiliar clientes na crise


O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou nesta segunda-feira (7) que o banco irá oferecer redução de até 75% no valor das parcelas de financiamento habitacional, por prazo limitado, para auxiliar os clientes em meio à atual crise financeira.

Além disso, beneficiários do Auxílio Emergencial ou do Seguro Desemprego poderão contar com uma “pausa” no pagamento das parcelas.

De acordo com Guimarães, a solicitação de redução da parcela deverá ser feita pelo App Habitação Caixa. O desconto será concedido por prazo determinado, conforme o percentual concedido:

redução de até 25% da prestação por até 6 meses;

redução de 25% a 74,99% da prestação por até 3 meses;

e redução acima de 75% da prestação, mediante comprovação da perda de renda e avaliação pela Caixa.

Para ter acesso a até 74,99% de desconto por até 3 meses não será necessário qualquer tipo de comprovação ou análise.

Já os clientes que desejarem mais de 75% de desconto precisarão comprovar que perderam renda e serão submetidos a uma avaliação.

Ao final do prazo estabelecido, a cobrança volta ao valor normal e os desconto concedidos serão cobrados, proporcionalmente, até o final do contrato.

O banco enfatizou que “a taxa de juros e o prazo contratados inicialmente não sofrem alteração” mediante a concessão do desconto nas parcelas.

Suspensão de parcelas

Já a suspensão do pagamento das parcelas para quem estiver recebendo o Auxílio Emergencial em 2021 ou o Seguro Desemprego deverá ser solicitada pelo App Habitação Caixa ou por meio do telefone 0800-104-0104.

A pausa da cobrança será feita pelo prazo de até 6 meses.

“Essas medidas proporcionam às famílias a possibilidade de se reorganizarem para voltar a pagar integralmente a prestação mensal”, destacou a Caixa em comunicado à imprensa.

📲 G1 

📲 @plantaocaico