quinta-feira, 29 de julho de 2021


PRF prende em Currais Novos/RN duas mulheres que furtaram joalheria em Patos/PB



🚔A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na tarde desta quarta-feira (28/07), no km 175 da BR 226, em Currais Novos/RN, duas mulheres que furtaram uma joalheria na cidade de Patos/PB.

A PRF da PB recebeu uma denúncia sobre o furto de uma joalheria ocorrido na manhã desta quarta-feira (28/07), em Patos/PB. As câmeras de segurança do local flagraram duas mulheres furtando joias diversas, enquanto as vendedoras estavam distraídas. Funcionários da loja conseguiram anotar a placa do veículo e passaram a informação para a PRF, que iniciou um trabalho de monitoramento das rodovias.

A PRF-RN recebeu um informe da PRF-PB de que o veículo provavelmente estaria indo em direção ao seridó potiguar e, de posse dessa informação, saiu em busca do veículo.

Os Policiais Rodoviários Federais do RN conseguiram realizar a abordagem no km 175, da BR 226, no município de Currais Novos/RN. A condutora do veículo, uma mulher de 37 anos, assumiu a autoria do furto e esvaziou os bolsos mostrando as joias furtadas. A passageira do veículo, mulher de 24 anos, por sua vez, disse que saiu com sua amiga para praticarem furtos na cidade de Patos/PB. Ambas já tiveram passagem pela polícia por furto a estabelecimentos comerciais diversos.

Junto a dupla foram recuperados 13 anéis dourados variados (anéis convencionais, anéis tipo chuveiro e anéis tipo aparadores, todos supostamente de ouro). As mulheres também transportavam no veículo outras  mercadorias, como faqueiros, frascos de desodorantes e frascos de perfumes, sem comprovação de procedência, que também foram entregues na DP.

Diante dos fatos, as mulheres receberam voz de prisão e foram encaminhadas para a Polícia Civil de Currais Novos/RN.

▶️ PRF/RN

▶️ @plantaocaico 


Operação conjunta CEMUTRAN e 3° DPRE no Centro de Caicó


⚠️ Na noite desta quarta-feira (28), as guarnições do 3° DPRE e da Coordenação Municipal de Trânsito de Caicó - CEMUTRAN, realizaram mais uma operação "zero álcool" no perímetro urbano da cidade de Caicó - RN.

As ações se concentraram na área central do município visando tão somente inibir a prática da direção sob efeito de álcool.

▶️ @plantaocaico 

Presídio Federal de Mossoró, recebe 12 presos transferidos de unidades prisionais federais do país



🚔 12 presos do sistema penitenciário federal, foram transferidos nesta quarta feira [28/07] para o presídio federal de Mossoró. Os prisioneiros desembarcaram de um avião da Polícia Federal no Aeroporto Dix Sept Rosado. Um forte esquema de segurança foi montado por policiais penais federais, para garantir o processo de transferência.

Após o desembarque, os presos foram encaminhados para as viaturas do Departamento Penitenciário Federal (DEPEN) e levados em comboio para a Penitenciária de Segurança Máxima da cidade, localizada na Comunidade de Riacho Grande, zona rural de Mossoró. Nenhum incidente foi registrado nesta transferência, considerada de sucesso.

De acordo com informações do site GZH Segurança, dos 12 presos transferidos, nesta quarta feira, sete são procedentes do estado do Rio Grande do Sul e têm ligações com organizações criminosas naquele estado. São eles:

Adriano de Oliveira Noronha

Conhecido por "Véio", é membro de uma organização criminosa com base no Vale do Sinos. Tem passagens pela polícia por organização criminosa, tráfico, homicídio e roubo. A principal área de atuação do apenado é em Caxias do Sul, na Serra. É a primeira vez que ele é encaminhado ao sistema federal. Tem pena de 76 anos, 8 meses e 10 dias a cumprir.

Michel Dannemberg Leivas

O "Chaulin", é ligado a uma organização criminosa da zona sul do Estado. Seu histórico policial tem denúncias de ameaça, extorsão, organização criminosa, tráfico e homicídio. Com atuação principalmente em Pelotas, Michel ainda acumula uma pena de 49 anos, 2 meses e 18 dias. Está sendo encaminhado pela primeira vez ao ao sistema federal.

Germano Rocha Lyrio

É ligado a organização criminosa do Vale do Sinos e também a outra iniciada dentro do Presídio Central. O apenado é investigado por organização criminosa, tráfico, homicídio, posse de arma de fogo, ameaça e roubo. É sua primeira passagem por uma instituição penal federal. Atua nos municípios de Jaboticaba e Lajeado do Bugre, no norte do Estado. Ainda tem 6 anos, 11 meses e 13 dias de prisão a cumprir.

▶️ @plantaocaico 

Prefeitura de Caicó e Sesc trazem Carreta Odontológica para Caicó

😬 A cidade de Caicó receberá a carreta odontológica do Sesc, uma parceria com a gestão municipal, sendo outra via para atendimentos odontológicos da nossa população, previsão para inauguração na quarta-Feira (04). Logo detalharemos mais informações sobre horários, áreas e formas para passar pelos atendimentos.

▶️ @plantaocaico 

Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher


⚠️ O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (28) o projeto de lei que cria o programa de cooperação Sinal Vermelho para combater a violência doméstica contra as mulheres. Com a medida, o governo, o Ministério Público e a Defensoria Pública poderão firmar parcerias com estabelecimentos privados para ajudar a encaminhar denúncias contra os agressores.

A sanção, realizada durante cerimônia no Palácio do Planalto, oficializa para todo o país a medida, que foi implantada inicialmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas farmácias.

Nesses casos, os estabelecimentos são treinados para ajudar vítimas de violência. Basta mostrar um X vermelho na palma da mão, pintado com batom ou tinta de caneta, para que o atendente, ou o farmacêutico, entenda tratar-se de uma denúncia e em seguida acionar a polícia.
Durante o evento, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o presidente Bolsonaro tem compromisso com o combate à violência contra a mulher.

“É uma lei que já pegou. O Brasil inteiro está fazendo um X na mão. É uma lei que está sendo sancionada, mas que já pegou no Brasil. Eu tenho recebido embaixadores, eu tenho recebido contatos de outros países para entender o que é o X na mão. A gente está fazendo história”, afirmou.

Para a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, a sanção do projeto mostra que a sociedade não tolera a violência contra a mulher e que esforços não serão poupados para ampliar a rede de conscientização.

“A violência contra a mulher é um problema de toda a sociedade, e é com coragem e seriedade que a gente tem que tratar a importância dessa pauta”, disse Flávia.

O projeto também altera a Lei Maria da Penha para criar a pena contra a violência psicológica, caracterizada por ameaças, constrangimento, humilhação, ridicularização, chantagem e limitação do direito de ir e vir da mulher. A pena vai variar entre seis meses e dois anos de prisão.

A partir de agora, juízes poderão afastar imediatamente o agressor da convivência com a vítima diante de risco à integridade psicológica da mulher. Atualmente, a restrição ocorre somente diante de risco à integridade física da vítima e dos dependentes.

▶️ Agência Brasil

▶️ @plantaocaico 


Brisanet capta R$ 1,25 bilhão em reservas; ação fica em R$ 13,92


 📈 ABERTURA DE CAPITAL ⬇️

A reserva de ações da Brisanet conseguiu captar o montante de R$ 1,25 bilhão. O valor ficou próximo aos R$ 1,5 bilhão que a empresa espera atrair com a abertura de capital. A provedora de internet cearense iniciou no último dia 16 a reserva de ações que se encerrou nesta segunda-feira (27).

A empresa abrirá capital na bolsa de valores na próxima quinta-feira (29), com o código BRIT3. Com a captação, o papel entrará no mercado com o valor de R$ 13,92. A projeção da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) era de que o valor da ação ficasse entre R$ 13,92 e R$ 17,26.

▶️ @plantaocaico