sábado, 18 de setembro de 2021


Banco alvo de ataque em Araçatuba-SP acionou mecanismo de destruição de cédulas com lâminas e tinta para inutilizar R$ 90 milhões

💰 O ataque orquestrado por um grupo de homens fortemente armados na madrugada de 30 de agosto em Araçatuba (SP) tinha como alvo principal uma central dentro de uma unidade do Banco do Brasil com ao menos R$ 90 milhões em cédulas armazenadas —uma espécie de reserva para agências bancárias.

Mas a ação, que deixou três mortos e quatro feridos, foi apontada como um fracasso por três fontes ligadas à investigação ouvidas com exclusividade pelo UOL.

Quando os criminosos que usam a tática conhecida como “novo cangaço” explodiram uma sala-cofre com cerca de 15m², foi acionado um mecanismo de destruição de cédulas com lâminas e tinta, impedindo a arrecadação total do dinheiro. Com a inutilização das notas, são emitidas novas cédulas pelo Banco Central, sem prejuízo financeiro. Foi a primeira vez que esse sistema, instalado neste ano, foi acionado após um ataque.

O grupo ainda invadiu outras duas agências bancárias. A estimativa é de que a quadrilha tenha arrecadado R$ 2 milhões em dinheiro vivo e cerca de R$ 5 milhões em joias na investida, segundo fontes ligadas à investigação ouvidas sob a condição de anonimato.

O valor arrecadado é bem inferior às estimativas do grupo, já que o investimento para esse tipo de empreitada com uso de armas de grosso calibre, explosivos e carros potentes é elevado. Um homem chegou a ser apontado como suspeito de financiar a ação com aporte de R$ 600 mil.

O caso está sendo apurado pela Polícia Federal, que cumpriu 20 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária na terça-feira (14) expedidos pela 1ª Vara Federal de Araçatuba (SP). Segundo a PF, oito pessoas já foram presas por suspeita de envolvimento no crime.

FolhaPress

@plantaocaico 


Com oito meses de sua gestão, Dr. Tadeu viabiliza a Feira da Agricultura em Caicó: “as gestões passadas não priorizaram”, disse o prefeito


➡️ Uma luta que iniciou em 2013 e não foi viabilizada pelas gestões passadas: a Feira da Mulher de Caicó. Uma feira para comercializar e viabilizar os produtos da agricultura familiar com qualidade e higiene.

“Deveria ter acontecido há oito anos atrás, mas não o foi. Quando assumi a gestão em janeiro deste ano, recebi um telefonema de Ana Aline, vice-presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Rio Grande do Norte, Fetarn, e ela me disse: prefeito, precisamos entregar a Feira de Agricultura Familiar. Eu disse a ela que era uma prioridade pra nossa gestão e a luta foi grande para chegar ao que está acontecendo hoje”, relatou o prefeito de Caicó.

Segundo Dr. Tadeu, três veículos que são do projeto estavam sucateados: dois utilitários e um caminhão baú: “estavam jogados ao relento, tanto tempo sem uso, que o óleo dos motores havia petrificado” explicou. 
Além dos veículos, foram entregues 41 barracas, além de balanças e coletes, que estavam guardados na Associação de Mulheres da Feira da Diversidade Rural do Seridó.

A ação é resultado de um projeto do Programa de Apoio a Projetos de Infraestrutura e Serviços em Territórios Rurais, através da luta da Associação de Mulheres da Feira da Diversidade Rural do Seridó. No entanto, cabia a gestão municipal viabilizar e organizar: “por pura falta de prioridade ainda não haviam feito, mas aí está: uma feira padronizada para valorizar o homem e a mulher rural na sua subsistência e agradeço a Ana Aline, aos vereadores, ao vice-prefeito Toinho, às secretarias de Agricultura, de Finanças, de Infraestrutura e as demais”, finalizou o prefeito de Caicó, Dr. Tadeu.

⏸ @plantaocaico 

Projeto de lei propõe fim de frentistas em postos de combustível



⛽ Um projeto de lei pode acabar a profissão de frentista em postos do país. A proposta é uma emenda à Medida Provisória 1.063, que permite a venda direta de etanol entre usinas e postos e da fidelidade à bandeira de postos de combustíveis.

O texto, de autoria do deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) prevê que os postos se adaptem para o autoatendimento, algo que já existe em outros países como os Estados Unidos. 

⏸ @plantaocaico 


Buraco na camada de ozônio ultrapassa tamanho da Antártica


🌍 O Serviço de Monitoramento da Atmosfera Copernicus (CAMS) anunciou, nesta quinta-feira, que o buraco na camada de ozônio no Hemisfério Sul ultrapassou o tamanho da Antártica, continente com cerca de 14 milhões de quilômetros quadrados.

"Depois de um início bastante normal, o buraco de ozônio em 2021 cresceu consideravelmente nas últimas duas semanas, e agora é maior do que 75% dos buracos de ozônio nesta época desde 1979", anunciaram os cientistas responsáveis por acompanhar o desenvolvimento do buraco da camada de ozônio sobre o Polo Sul.

Eles destacaram ainda que, no ano passado, o buraco já havia crescido de forma fora do normal, e se tornado um dos maiores já registrados pela organização. Os pesquisadores acrescentam que o dano na camada observado neste ano pode continuar a crescer nas próximas semanas.

⏸ O Globo
⏸ @plantaocaico