Covid pode reduzir tamanho do cérebro, diz estudo

março 11, 2022

😱 Um estudo da Universidade Oxford indica que a covid-19 pode reduzir o tamanho do cérebro e da massa cinzenta em zonas que controlam emoção e memória. Ainda, pode danificar áreas responsáveis pelo olfato. Segundo os pesquisadores, é preciso mais tempo para avaliar se é possível reverter, ainda que de forma parcial, os danos.


Os cientistas analisaram alterações cerebrais em 785 participantes de 51 a 81 anos durante 2 exames. Do total, 401 pessoas foram diagnosticadas com covid-19 no período médio de 141 dias entre as duas avaliações. Durante o estudo, a variante alpha era predominante no Reino Unido. “Há fortes evidências de anormalidades relacionadas ao cérebro na covid-19”, lê-se no artigo. “Os participantes infectados mostraram, em média, maior declínio cognitivo.”.

Houve redução na espessura do córtex orbitofrontal, do córtex olfativo primário e do giro para-hipocampal. Em média, verificou-se diminuição do cérebro de 0,2% a 2%. Pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) já haviam detectado déficits cognitivos em pessoas que contraíram a doença. Mais da metade (51,1%) dos 425 participantes do estudo relatou ter percebido declínio da memória depois da infecção.

Também foram verificados transtornos psiquiátricos: 13,6% desenvolveram transtorno de estresse pós-traumático e 15,5% tiveram transtorno de ansiedade generalizada.

“Um dos principais achados é que nenhuma das alterações cognitivas ou psiquiátricas observadas nesses pacientes se correlaciona com a gravidade do quadro. Também não vimos associação com a conduta clínica adotada no período de hospitalização ou com fatores socioeconômicos, como perda de familiares ou prejuízos financeiros durante a pandemia de covid-19”, declarou Rodolfo Damiano, médico residente do FM-USP (Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina) e primeiro autor do artigo.

✅ @plantaocaico 

Leia Também...

0 Comments