MOEDAS DE R$ 1 REAL QUE VALEM UMA BOA GRANA

abril 05, 2022

💰 Quem coleciona e gosta de saber mais sobre moedas é chamado de numismata. E esse grupo de pessoas pode pagar uma boa quantia em dinheiro para quem colocar à venda uma simples moeda de R$ 1. O item valioso tem proporcionado pequenas fortunas para algumas pessoas.

Estamos falando das moedas de R$ 1 em comemoração às Olimpíadas do Rio de Janeiro, lançadas entre os anos de 2014 e 2016. Caso você tenha todos esses itens ou alguns deles, saiba que você pode ter uma boa fonte de dinheiro extra nas mãos.

Ao todo, 16 modelos compõem a coleção de moedas Jogos Rio 2016, cada qual com uma estampa de modalidade olímpica ou paralímpica. Saiba mais sobre elas a seguir!

Moedas de R$ 1 podem valer milhares de reais 

O clássico hobby de colecionar moedas pode proporcionar bons rendimentos. Isso porque quem adquiriu as moedas de R$ 1 das Olimpíadas do Rio, por exemplo, pode fazer hoje alguns milhares de reais hoje em dia.

E a mais valiosa dentre as demais da coleção dos Jogos é sem dúvida a chamada “moeda da entrega da bandeira”. Sua estampa é uma clara referência ao momento do encerramento das Olimpíadas de Londres de 2012 e passagem da bandeira olímpica ao Brasil, que sediaria os jogos 4 anos depois.

Portanto, apesar de ter a cifra de R$ 1 estampada, essas moedas podem valer muito para diversos colecionadores.

Qual o valor de mercado das moedas olímpicas de R$ 1 atualmente?

O valor das moedas comemorativas das Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016 pode variar conforme a estampa da moeda. O fato é que a coleção completa com todos os itens pode ultrapassar a faixa dos R$ 7 mil reais.

Em contrapartida, também é possível vender as moedas de R$ 1 separadas e conseguir quantias menores, mas que também podem oferecer uma boa remuneração. No caso da moeda da entrega da bandeira, por exemplo, seu valor de mercado pode facilmente atingir os R$ 300.

Já as outras moedas, com as estampas das modalidades esportivas, podem garantir recursos entre R$ 8 e R$ 80 a quem as tiver. Tudo, vale ressaltar, vai depender do estado de conservação dos itens, que tendem a ficar ainda mais raros ao longo do tempo.

➡️ @plantaocaico 

Leia Também...

0 Comments