NBR anuncia construção de fábrica de veículos na cidade de Araripina, no sertão de Pernambuco

maio 02, 2022


🚘 O Grupo Novo Brasil (NBR) fez o anúncio do lançamento da pedra fundamental de sua nova fábrica de automóveis na quinta-feira (24). De acordo com a empresa, a nova linha de produção vai ser construída na cidade de Araripina, no sertão de Pernambuco, dentro de uma área de aproximadamente 29 hectares. A estimativa é de que as obras comecem ainda nesse primeiro semestre. Segundo a empresa NBR, na fase inicial da obra haverá um investimento em torno de R$ 260 milhões.

De acordo com a NBR, o objetivo é utilizar plataformas modulares para a criação de sua nova linha de carros. A NBR planeja ter como primeiro modelo da fábrica um carro compacto, com espaço para até cinco pessoas, que pode também ser transformado em um buggy, totalmente aberto. Com a estrutura modular, o chassi será feito de fibra de carbono ou fibra de vidro, de acordo com a NBR.

De acordo com informações cedidas pela NBR, a nova fábrica de veículos, localizada em Araripina, no sertão de Pernambuco, prevê iniciar a fabricação dos veículos a partir do segundo semestre do ano de 2023. A capacidade total instalada será de 1.600 carros produzidos por mês, mas no início atingirá somente uma margem mensal de 1.200 veículos.

Com a fábrica já em operação, cerca de 450 pessoas estarão inicialmente divididas em dois turnos, mas a estimativa total é que mais de 3 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados.

Já se tratando do funcionamento da venda dos carros montados na fábrica de veículos da NBR, a empresa afirmou que todos os carros fabricados serão vendidos em lojas próprias da marca, além das revendas homologadas, nas capitais Recife, Natal, Fortaleza, Florianópolis e São Paulo.

Os veículos poderão ter tração 4×2 ou 4×4, e a suspensão será independente em todas as rodas. Dentre os mais variados equipamentos, direção hidráulica e sistema de iluminação em LED estão inclusos na lista.

Inicialmente, a empresa prometeu que os carros terão um preço em torno de R$ 66 mil, valor bem próximo do empregado aos carros considerados mais baratos do Brasil nos dias atuais, que são o Fiat Mobi e o Renault Kwid.  

➡️ @plantaocaico

Leia Também...

0 Comments