29 acusados de integrar facções criminosas no Ceará são soltos por falta de denúncia no MPCE

agosto 03, 2022


😱 A Justiça Estadual decidiu soltar 29 acusados de integrar duas facções criminosas e de tráfico de drogas, em Crateús (a cerca de 350 km de distância de Fortaleza), no Interior do Ceará, que haviam sido presos em uma operação da Polícia Civil do Ceará (PC-CE) deflagrada em maio deste ano. Na decisão proferida no último dia 26 de julho, a Vara de Delitos de Organizações Criminosas justificou, para relaxar as prisões, que os suspeitos estão "custodiados há mais de 60 dias e até o presente momento sequer há denúncia oferecida". Esse é o segundo caso recente de soltura coletiva de acusados de integrar facção criminosa, na Justiça Estadual do Ceará. 138 suspeitos devem ter a prisão relaxada, beneficiados com a decisão judicial de extinguir um processo com 219 denunciados. O motivo foi a decisão do Poder Judiciário de considerar ilegal uma busca realizada pela Polícia Civil na casa de um dos suspeitos e a varredura no aparelho celular dele. Em nota, o Ministério Público do Ceará (MPCE) elenca nove pontos para justificar a ausência da denúncia. Dentre eles, o órgão ministerial cita a data da operação da Polícia Civil: 18 de maio de 2022. Em seguida, afirma que no dia 30 de maio, o Poder Judiciário solicitou a manifestação do MP nos autos, o que foi feito no dia seguinte. "O Ministério Público afirma que continua trabalhando no caso e, em breve, vai se manifestar formalmente. É importante destacar a complexidade do caso, que envolve 29 indiciados e vários períodos de interceptações telefônicas no curso da investigação", 


🟦 Diário do Nordeste ;
🟦 @plantaocaico 

Leia Também...

0 Comments