Governo Federal pagou R$ 156,98 milhões de dívidas do RN em 2021

💰 O Tesouro Nacional pagou, em 2021, R$ 8,96 bilhões em dívidas atrasadas de estados. O valor é 32,4% a mais que o registrado em 2019, quando a União havia desembolsado R$ 13,265 bilhões.

Desse total, a maior parte, R$ 4,18 bilhões, é relativa a atrasos de pagamento do estado do Rio de Janeiro. Em segundo lugar, vem Minas Gerais, com R$ 3,13 bilhões cobertos pela União.

A União cobriu débitos em atraso de mais três estados: Goiás (R$ 1,3 bilhão), Amapá (R$ 194,32 milhões) e Rio Grande do Norte (R$ 156,98 milhões).

▶️ @plantaocaico 

Sobe para 5 o número de mortos no desabamento de Rocha em Minas Gerais


🖤 O Corpo de Bombeiros confirmou, na tarde deste sábado (8), que subiu para cinco o número de mortos na queda de uma estrutura rochosa sobre lanchas, na região dos cânions de Capitólio, a 293 km de Belo Horizonte.

O coronel Edgard Estevo confirmou que a corporação estima que 20 pessoas estão desaparecidas. 

Ainda segundo o militar, três pessoas foram socorridas com ferimentos para um hospital de Passos, três vítimas foram levadas para São João da Barra e outras duas para Pium-í. Ao todo, 23 banhistas foram atendidos em Capitólio e liberados.

Cerca de 40 bombeiros estão empenhados nas buscas pelos desaparecidos. De acordo com Estevo, os mergulhos não devem ser feitos no período noturno por questões de segurança.

Os corpos das vítimas serão levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Passos, a 357 km da capital para a identificação. 

▶️ @plantaocaico 


Vice-presidente do PT do RN detona possível união de Fátima com Família Alves




😱 O vice-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) no Rio Grande do Norte, Daniel Valença rebateu nesta quinta-feira, (6), a fala do secretário de Fátima Bezerra e pré-candidato a deputado federal, Fernando Mineiro, sobre a política de alianças para as eleições deste ano.

“Se a gente não trouxer para o palanque do Lula e do PT quem foi contra nós, não vamos ter maioria para ganhar as eleições”, disse Mineiro em entrevista à 98 FM.  Para Valença, “o deputado Fernando Mineiro merece todo nosso respeito. É um grande nome da política de nosso estado e tem uma vida dedicada à construção de nosso partido. Mas, é notório que temos posições bem distintas no que se refere à política de alianças. Como disse recentemente a nossa governadora, professora Fátima, estas divergências fazem parte do PT. Este debate já está sendo feito com o conjunto da militância e tem de ocupar a agenda da instância partidária”, afirmou.
O vice-presidente do PT discordou do argumento de Mineiro: “Todos nós daremos nossas melhores energias para a vitória do companheiro Lula e da companheira Fátima, e nenhum de nós está de sapato algo. Porém, não está correto afirmar que se não trouxermos adversários para nosso palanque não venceremos as eleições. Na verdade, todas as pesquisas indicam a possibilidade de vitória de Lula já no primeiro turno, sem a presença dos golpistas. Já se argumento for a governabilidade, devemos lembrar que uma coligação mais coesa e ideológica será fundamental para elegermos uma grande bancada de esquerda e diminuir o peso de partidos centro nas negociações para composição do governo”.
Com relação à política potiguar, Valença continuou mantendo uma postura de contraponto:
“Com relação ao Rio Grande do Norte, devemos ressaltar que nossa vitória em 2018 foi contra as oligarquias e não com elas. Não se trata de “sapato alto”, mas de coerência ideológica e histórica. A história já mostrou que as oligarquias optam por alianças com os setores populares quando estão enfraquecidas ou em perspectivas de vitórias do campo popular. Aquele palanque do segundo turno já é bastante amplo e todas as pesquisas mostram a força do nome da professora Fátima."

▶️ Grande Ponto
▶️ @plantaocaico